Início » Pesquisa por Morte de policial paraquedista

Resultados para "Morte de policial paraquedista"


Últimas Buscas


Denunciar Conteúdo
  • Escreva para o Brasil

    Se você gosta de escrever e quer divulgar os seus textos para todo Brasil, entre em contato conosco agora mesmo! Escreva sobre sua cidade, seu estado ou qualquer outro assunto que você gosta falar.

    Não aceitamos textos de cunho comercial.
  • Fonte: SÁBADO em 10/01/2019

    Paraquedistas portugueses envolvem-se em tiroteio na República Centro-Africana
    Do ataque protagonizado pelo grupo UPC ( sigla para União para a paz na República Centro-Africana) resultaram pelo menos duas mortes na polícia local e, de acordo com os Médicos Sem Fronteiras, outros ...

  • Fonte: G1 em 21/01/2019

    Corpo de sargento que morreu por 'provável exaustão' após teste de aptidão física será velado no interior de SP
    O CML garantiu que já instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM ... mas trabalhava na 21ª Bateria de Artilharia Antiaérea Paraquedista, na Vila Militar do Rio de Janeiro.

  • em 21/07/2012 Via Youtube
    Polícia divulga vídeo da morte de paraquedista

    A Polícia Civil de Sorocaba prendeu na noite de quinta-feira em Boituva o guarda municipal Américo Meneguetti, de 33 anos, depois de encontrar em sua ...

  • em 24/11/2016 Via Youtube
    SOLDADO FILMA SUA PROPRIA MORTE!!! GoProCam

    SOLDADO FILMA SEU PROPRIA MORTE!!! GoProCam SOLDADO FILMA SEU PROPRIA MORTE!!! GoProCam.

  • A Wikipédia em Língua Portuguesa está de luto.

    Leia o texto completo de nosso comunicado.

    Página semiprotegida
    Jair Bolsonaro
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
    Disambig grey.svg Nota: "Bolsonaro" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Bolsonaro (desambiguação).
    Jair Bolsonaro

    Deputado Federal pelo Rio de Janeiro
    Período 1 de fevereiro de 1991
    até a atualidade
    Vereador do Rio de Janeiro
    Período 1 de janeiro de 1989
    até 1 de fevereiro de 1991
    Dados pessoais
    Nome completo Jair Messias Bolsonaro
    Nascimento 21 de março de 1955 (63 anos)
    Glicério, São Paulo
    Nacionalidade brasileiro
    Progenitores Mãe: Olinda Bonturi[2]
    Pai: Geraldo Bolsonaro[2]
    Alma mater Academia Militar das Agulhas Negras
    Esposa Michelle Firmino
    Rogéria Nantes Nunes Braga (divorciado)
    Partido
    expandir lista:[Expandir]
    Religião Católico apostólico romano[1]
    Profissão Militar da reserva do Exército brasileiro e político
    Assinatura Assinatura de Jair Bolsonaro
    Website bolsonaro.com.br
    Serviço militar
    Lealdade Exército do Brasil[3]
    Anos de serviço 1971-1988
    Graduação Capitão.png Capitão
    Unidade 9º Grupo de Artilharia de Campanha
    8º Grupo de Artilharia de Campanha Paraquedista
    Jair Messias Bolsonaro (Glicério,[4] 21 de março de 1955) é um militar da reserva e político brasileiro. Cumpre atualmente o seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista (PP).[3]

    Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado federal mais votado do estado do Rio de Janeiro, com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos).[5] Em 2017, foi considerado pelo instituto FSB Pesquisa o parlamentar mais influent...(Continuar Lendo)

    Jair Messias Bolsonaro
  • em 23/08/2018 Via Youtube
    Desabafo de um Militar Reportagem Militares Mortos Em Operação Exército Brasileiro

    Desabafo Reportagem Militares Mortos Em Operação Exército Brasileiro Paraquedista Exercito Brasileiro PQD , Quartel, Hoje no Mundo Militar Exército ...

  • em 24/09/2012 Via Youtube
    Cães Heróis Morrem no Combate ao Crime

    Dois cães da raça pastor alemão que pertenciam ao Canil da Policia Militar do Estado de Minas Gerais, morrem ao tentar capturar dois bandidos. Os cachorros ...

  • MEMORIAL 1964
    VEJAM AQUI UMA LISTA COM OS NOMES DE VÁRIAS PESSOAS ASSASSINADAS PELOS TERRORISTAS COMUNISTAS-SOCIALISTAS DA TURMA DA DILMA... ELA AJUDOU A MATAR...
    O clamor das manifestações públicas e sociais do início de 1964 desaguou no Movimento Democrático de 31 de março, marco imorredouro da evolução política nacional, quando as forças democráticas, lideradas pelas Forças Armadas e em defesa da nossa Soberania, impediram que o comunismo internacional tomasse o poder. Eterna homenagem aos que lutaram em prol da Democracia e da Liberdade.

    Ao deixarmos seus nomes lembrados no MEMORIAL, torna-se oportuno transcrever alguns textos sobre o assunto, publicados, em janeiro de 2010, pelo Jornalista Reinaldo Azevedo, em seu Blog.

    “O que é que os livros de história e boa parte da imprensa escondem de você, leitor? Apenas a verdade.

    As esquerdas alegam que o Regime Militar, ao longo de 21 anos, matou 424 dos seus militantes. É um número provavelmente inflado. Mortos comprovados são 293 - os outros constam como “desaparecidos” e se dá de barato que tenham sido mortos por “agentes do regime”. Nessa conta, diga-se, estão quatro militantes da ALN-Molipo que foram mortos pelos próprios “companheiros”. Ela também inclui os que morreram de arma na mão no Araguaia - já lembro a lista total. Este post tem outro objetivo. E, antes que prossiga, uma questão de princípio: não deveria ter morrido uma só pessoa depois de rendida pelo Estado. Ponto final. Não há o que discutir sobre este particular.

    O que não se diz é que o terrorismo de esquerda matou nada menos de 119 pessoas, muitas delas sem qualquer vinculação com a luta política. Quase ninguém sabe disso. Também se consolidou uma outra brutal inverdade histórica, segundo a qual as ações armadas da esquerda só tiveram início depois do AI-5, de 13 de dezembro de 1968. É como se, antes disso, os esquerdistas tivessem se dedi...(Continuar Lendo)


  • Alerta do Google - ISTOÉ DINHEIRO: ISTOÉ DINHEIRO Atualização diária ⋅ 25 de novembro de 2018 NOTÍCIAS Desmatamento na Amazônia aumenta 13,7% em um ano IstoÉ Dinheiro ... pela Polícia Federal mais de 820 procedimentos contra crimes relacionados ao desmatamento ilegal, como lavagem de dinheiro, tráfico de armas, ... Sinalizar como irrelevante Rio: Morte de crianças e adolescentes por intervenção policial aumenta IstoÉ Dinheiro Em 2017, 365 crianças e adolescentes foram mortos no estado do Rio de Janeiro, sendo 104 em ações das forças de segurança, o que corresponde ... Sinalizar como irrelevante Nova cirurgia de Bolsonaro será realizada após posse IstoÉ Dinheiro O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), passará pela cirurgia de retirada da bolsa de colostomia somente no ano que vem, após a posse, segundo ... Sinalizar como irrelevante Ataque contra consulado chinês no Paquistão deixa quatro mortos IstoÉ Dinheiro Quatro pessoas – dois policiais e dois civis – morreram nesta sexta-feira em um ataque contra o consulado chinês em Karachi, a maior cidade do ... Sinalizar como irrelevante Indicado para Ministério da Educação defende valores tradicionais IstoÉ Dinheiro Em carta aberta divulgada hoje (23), o filósofo Ricardo Vélez Rodríguez, confirmado para o Ministério da Educação, defende "valores tradicionais" na ... Sinalizar como irrelevante Programa de desinvestimentos está de acordo com o programado, diz BRF IstoÉ Dinheiro O programa de desinvestimento da BRF continua de acordo com o programado e "não há nenhum sinal amarelo", comentou nesta sexta-feira, 23, ... Sinalizar como irrelevante Jungmann: envolvimento de poderosos na morte de Marielle é certeza IstoÉ Dinheiro O ministro da Segurança Pública, Raul Jugmann, declarou ter certeza do envolvimento de pessoas poderosas nas mortes da vereadora Marielle ... Sinalizar como irrelevante Cresce consumo de vinhos orgânicos franceses IstoÉ Di...(Continuar Lendo)
  • em 26/12/2016 Via Youtube
    Capitão da PMERJ desrespeita Sgto Paraquedista em Bangu Rio de Janeiro

    Congresso Brasil Paralelo: http://mon.net.br/bai6 Essa capitão com certeza foi autuado, e vai sofrer pelo cometimento do crime. Anos sub judice e sem ...

  • Santayana, a extrema-direita
    e os atentados na França



    O Conversa Afiada republica artigo de Mauro Santayana extraído do JB online:





    A extrema direita e os atentados na França
    Mauro Santayana

    A polícia francesa se encontrava, na noite de ontem, mobilizada a fim de identificar o homem que matou quatro pessoas, entre elas três crianças, e feriu outras, em uma escola judaica de Toulouse. Houve, tanto em França, como em Israel, preocupação em culpar os demônios do momento, ou seja, os “terroristas muçulmanos”. Antes de qualquer manifestação das testemunhas, os meios de comunicação e os porta-vozes oficiais quiseram inculpar os islamitas. Coube aos próprios policiais relacionar o atentado contra a escola judaica de Toulouse à morte de dois paraquedistas franceses, e graves ferimentos em dois outros, na mesma região, nestes mesmos dias, e de forma semelhante.
    O detalhe que Tel Avive esqueceu: os dois paraquedistas mortos em Montauban, a 40 quilômetros ao norte de Toulouse, quinta-feira passada, eram muçulmanos, do norte da África: Abel Chenouf e Mohamed Legouard. Um terceiro muçulmano, Imad Ibn Ziaten também militar e igualmente paraquedista, fora alvejado na mesma cidade de Toulouse, no domingo anterior. Em todos os atentados, o assassino usava uma motocicleta. A arma que matou os soldados franceses é do mesmo calibre da que foi usada na escola judaica, ontem pela manhã. Apesar disso, há ainda quem tente atribuir os dois atentados aos muçulmanos. Quando examinamos os fatos com ódio, ou com leniência, é difícil ver as coisas em sua clareza. E há quem atribua os crimes aos muçulmanos em razão de seu próprio e calculado interesse.
    Tudo é possível, em atos semelhantes, mas os primeiros indícios relacionam a brutalidade do matador de crianças judaicas à rearticulação da extrema direita racista na Europa de hoje. O atentado de Toulouse le...(Continuar Lendo)
  • Divulgue e compartilhe!

    PORQUÊ A MÍDIA E A COMISSÃO DA "VERDADE NÃO DIVULGA ISSO??? Lista dos heróis nacionais, assassinados pelos comunistas
    1) 12/11/64 – Paulo Macena, Vigia – RJ

    Explosão de bomba deixada por uma organização terrorista, em protesto contra a aprovação da Lei que extinguiu a UNE e a UBES. No Cine Bruni, Flamengo, com seis feridos graves e 1 morto.

    2) 27/03/65- Carlos Argemiro Camargo, Sargento do Exército – Paraná

    Emboscada de um grupo de militantes da Força Armada de Libertação Nacional (FALN), chefiado pelo ex-coronel Jeffersom Cardim de Alencar Osorio. Camargo foi morto a tiros. Sua mulher estava grávida de sete meses.

    3) 25/07/66 – Edson Régis de Carvalho, Jornalista – PE

    4) 25/07/66 – Nelson Gomes Fernandes, almirante – PE

    Explosão de bomba no Aeroporto Internacional de Guararapes, com 17 feridos e 2 mortos. Além das duas vítimas fatais, ficaram feridas 17 pessoas, entre elas o então coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva. Além de fraturas expostas, teve amputados quatro dedos da mão esquerda. Sebastião Tomaz de Aquino, guarda civil, teve a perna direita amputada.

    5) 28/09/66 – Raimundo de Carvalho Andrade – Cb PMGO

    Morto durante uma tentativa de desocupação do Colégio Estadual Campinas, em Goiânia, que havia sido ocupado por estudantes de esquerda. O grupo de soldados convocado para a tarefa era formado por burocratas, cozinheiros etc. Estavam armados com balas de festim. Andrade, que era alfaiate da Polícia Militar, foi morto por uma bala de verdade disparada de dentro da escola.

    6) 24/11/67 – José Gonçalves Conceição (Zé Dico) – Fazendeiro – SP

    Morto por Edmur Péricles de Camargo, integrante da Ala Marighella, durante a invasão da fazenda da Bandeirante, em Presidente Epitácio. Zé Dico foi trancado num quarto, torturado e, finalmente, morto com ...(Continuar Lendo)

    Divulgue e compartilhe! PORQUÊ A MÍDIA E A COMISSÃO DA "VERDADE NÃO DIVULGA ISSO??? Lista dos heróis nacionais, assassinados pelos comunistas 1) 12/11/64 – Paulo Macena, Vigia – RJ Explosã
  • em 01/12/2014 Via Youtube
    Corpo de militar morto durante operação no Rio de Janeiro é enterrado

    Foi enterrado neste domingo (30), em Vinhedo, o corpo do cabo do exército morto durante uma operação na favela da Maré no Rio de Janeiro. Ele foi baleado ...

  • Resposta À Rede Globo: Os Crimes Cometidos Pelos Terroristas Durante O Regime Militar
    11/05/2018
    por moema póvoas e paulo eneas
    Os veículos de comunicação da Rede Globo decidiram avançar na guerra política contra a direita pautando o período do regime militar, trazendo novamente a público a narrativa mentirosa e falsificadora produzida pela esquerda a respeito daquele período da história brasileira. Reportagem divulgada ontem nas emissoras da rede falam de um suposto documento da CIA que supostamente comprovaria práticas de crime por parte do regime militar contra aqueles que a emissora descreve como opositores do regime.

    Em primeiro lugar os opositores políticos do regime que de fato existiam na época, estavam no Congresso Nacional no antigo MDB e exerciam sua oposição política no Congresso Nacional, inclusive disputando e ganhando eleições, que ocorriam regularmente com cédula de papel e sem urnas eletrônicas e sem riscos de fraude generalizada.

    Muitos desses opositores políticos do regime de então encontram-se hoje atuando na vida pública do País normalmente. Portanto, a afirmação feita pela reportagem mentirosa e desonesta da Rede Globo de que o regime militar matava seus opositores é rigorosamente falsa e deturpadora da história.

    O regime militar enfrentava comunistas terroristas e assassinos
    O período do regime militar foi marcado pela necessidade imperiosa de fazer o enfrentamento não a opositores do regime. Havia isso sim a necessidade de fazer o enfrentamento aos comunistas que adotavam a prática de terrorismo, de guerrilha urbana e rural, sequestros, atentados por explosões de bomba e assassinatos de inocentes para tentar impor à força um regime de ditadura comunista inspirado no modelo dos regimes cubano e soviético, que financiavam essas ações criminosas em território brasileiro.

    Foram esses mesmos comunistas terroristas e assassinos que ao final do reg...(Continuar Lendo)
  • em 13/08/2014 Via Youtube
    Policial grava própria morte!! Inacreditável

  • Fonte: Globo.com em 17/01/2019

    Bom Dia SP
    Médico Augusto César Barreto Filho, acusado de abuso por dezenas de mulheres, tem prisão decretada. Por unanimidade, júri condena um dos PMs acusados de matar jovem de 17 anos em SP. Eldorado, no Vale ...

  • em 20/08/2018 Via Youtube
    Paraquedista morre após cair em rodovia e ser atingido por carreta em Boituva

    A polícia investiga a morte de um paraquedista no dia 19 de agosto em Boituva. Ele pode ter passado mal assim que saltou do avião.

  • em 25/08/2018 Via Youtube
    Exército, PM e policia civil fazem grande apreensão durante operação na Penha - BCN News

    PROIBIDO O USO DESTAS IMAGENS SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR PROPRIETÁRIO - LEI 9610-98 / TODOS OS DIREITOS RESERVADOS) Homens da ...

  • ICYMI: Alerta do Google - ISTOÉ DINHEIRO: ISTOÉ DINHEIRO Atualização diária ⋅ 25 de novembro de 2018 NOTÍCIAS Desmatamento na Amazônia aumenta 13,7% em um ano IstoÉ Dinheiro ... pela Polícia Federal mais de 820 procedimentos contra crimes relacionados ao desmatamento ilegal, como lavagem de dinheiro, tráfico de armas, ... Sinalizar como irrelevante Rio: Morte de crianças e adolescentes por intervenção policial aumenta IstoÉ Dinheiro Em 2017, 365 crianças e adolescentes foram mortos no estado do Rio de Janeiro, sendo 104 em ações das forças de segurança, o que corresponde ... Sinalizar como irrelevante Nova cirurgia de Bolsonaro será realizada após posse IstoÉ Dinheiro O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), passará pela cirurgia de retirada da bolsa de colostomia somente no ano que vem, após a posse, segundo ... Sinalizar como irrelevante Ataque contra consulado chinês no Paquistão deixa quatro mortos IstoÉ Dinheiro Quatro pessoas – dois policiais e dois civis – morreram nesta sexta-feira em um ataque contra o consulado chinês em Karachi, a maior cidade do ... Sinalizar como irrelevante Indicado para Ministério da Educação defende valores tradicionais IstoÉ Dinheiro Em carta aberta divulgada hoje (23), o filósofo Ricardo Vélez Rodríguez, confirmado para o Ministério da Educação, defende "valores tradicionais" na ... Sinalizar como irrelevante Programa de desinvestimentos está de acordo com o programado, diz BRF IstoÉ Dinheiro O programa de desinvestimento da BRF continua de acordo com o programado e "não há nenhum sinal amarelo", comentou nesta sexta-feira, 23, ... Sinalizar como irrelevante Jungmann: envolvimento de poderosos na morte de Marielle é certeza IstoÉ Dinheiro O ministro da Segurança Pública, Raul Jugmann, declarou ter certeza do envolvimento de pessoas poderosas nas mortes da vereadora Marielle ... Sinalizar como irrelevante Cresce consumo de vinhos orgânicos franceses Is...(Continuar Lendo)
  • CUNHA EXPÕE AS GARRAS 
    DA CONDOR (E DE GEISEL)
    O Conversa Afiada reproduz importante palestra do jornalista Luiz Claudio Cunha na Câmara dos Deputados sobre a Operação Condor


    O Conversa Afiada reproduz importante palestra do jornalista Luiz Claudio Cunha na Câmara dos Deputados sobre a Operação Condor (não deixe de ler tembém “Geisel armou Pinochet“).




    Seminário Internacional sobre a Operação Condor
    Câmara dos Deputados – Brasília, Brasil – 5/julho/2012

    As garras do Brasil na Condor

    Luiz Cláudio Cunha *

    A mais longa ditadura da maior nação do continente não poderia ficar de fora do clube mais sinistro dos regimes militares da América do Sul. O Brasil dos generais do regime de 1964 estava lá, de corpo e alma, na reunião secreta em Santiago do Chile, em novembro de 1975, que criou a Operação Condor.
    Nascia a mais articulada e mais ampla manifestação de terrorismo de Estado na história mundial. Nunca houve uma coordenação tão extensa entre tantos países para um combate tão impiedoso e sangrento a grupos de dissensão política ou de luta armada, confrontados à margem das leis por técnicas consagradas no submundo do crime.
    Tempos depois, em 1991, as democracias renascidas da região construíram um difícil pacto de integração política e econômica batizado de Mercosul. Dezesseis anos antes, contudo, os generais das seis ditaduras do Cone Sul — Chile, Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai e Bolívia — tinham conseguido realizar, a ferro e fogo, uma proeza ainda mais improvável: um secreto entendimento pela desintegração física, política e psicológica de milhares de pessoas.
    A Operação Condor trouxe para dentro do Estado ilegítimo das ditaduras as práticas ilegais da violência de bandos paramilitares, transformando agentes da lei em executores ou cúmplices encapuzados de uma dissimulada política oficial d...(Continuar Lendo)

    Cunha expõe as garras da Condor (e de Geisel) | Conversa Afiada
  • Fonte: portocanal.sapo.pt em 17/01/2019

    Tancos: Degradação das instalações e redes eram sobejamente conhecidos
    Lisboa, 16 jan (Lusa) -- O coronel de infantaria Alves Pereira, ex-comandante do Regimento de Paraquedistas ... Jovem de 19 anos morre em colisão no IC2 Uma jovem de 19 anos morreu num acidente ...

  • em 22/08/2017 Via Youtube
    Preso soldado que vazava informações no Rio de Janeiro

    Mateus Ferreira Lopes foi preso suspeito de vazar informações sobre operações da polícia e forças nacionais de segurança no Jacarezinho, Mandela e ...

  • As vítimas do terroristas comunistas durante o regime militar:
    • Paulo Macena. Morto em 12/11/64 em Vigia – RJ
    Explosão de bomba deixada por uma organização comunista nunca identificada, em protesto contra a aprovação da Lei Suplicy, que extinguiu a UNE e a UBES. No Cine Bruni, Flamengo, com seis feridos graves e 1 morto.

    • 27/03/65 – Carlos Argemiro Camargo, Sargento do Exército – Paraná
    Emboscada de um grupo de militantes da Força Armada de Libertação Nacional (FALN), chefiado pelo ex-coronel Jeffersom Cardim de Alencar Osorio. Camargo foi morto a tiros. Sua mulher estava grávida de sete meses.

    • 25/07/66 – Edson Régis de Carvalho, jornalista e Nelson Gomes Fernandes, almirante
    Explosão de bomba no Aeroporto Internacional de Guararapes, com 17 feridos e 2 mortos. Além das duas vítimas fatais, ficaram feridas 17 pessoas, entre elas o então coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva. Além de fraturas expostas, teve amputados quatro dedos da mão esquerda. Sebastião Tomaz de Aquino, guarda civil, teve a perna direita amputada.

    • 24/11/67 – José Gonçalves Conceição (Zé Dico) – Fazendeiro – SP
    Morto por Edmur Péricles de Camargo, integrante da Ala Marighella, durante a invasão da fazenda Bandeirante, em Presidente Epitácio. Zé Dico foi trancado num quarto, torturado e, finalmente, morto com vários tiros. O filho do fazendeiro que tentara socorrer o pai foi baleado por Edmur com dois tiros nas costas.

    • 15/12/67 – Osíris Motta Marcondes, bancário – SP
    Morto quando tentava impedir um assalto terrorista ao Banco Mercantil, do qual era o gerente.

    • 10/01/68 – Agostinho Ferreira Lima – (Marinha Mercante – Rio Negro / AM)
    No dia 06/12/67, a lancha da Marinha Mercante “Antônio Alberto” foi atacada por um grupo de nove terroristas, liderados por Ricardo Alberto Aguado Gomes “Dr. Ramon”, o qual, posteriorme...(Continuar Lendo)

    Resposta À Rede Globo: Os Crimes Cometidos Pelos Terroristas Durante O Regime Militar
  • Fonte: Expresso em 17/01/2019

    Fechados para ganhar balanço
    Já se esqueceu de Tancos? O Parlamento não. A comissão parlamentar de inquérito ao furto de material de guerra, que ocorreu em junho de 2017, ouviu ontem o coronel de infantaria Alves Pereira. O ex-co...

  • PARA NÃO CAIR NO ESQUECIMENTO

    Em 1999, enquanto lia uma edição da Revista Veja, me deparei com uma entrevista que me marcou e nunca esqueci. Não consegui encontrar novamente, até o dia de hoje quando me lembrei de procurar pelo nome do Coronel do Exército élber de Mello Henriques. Ao ver a imagem desse senhor no início da reportagem me veio a pergunta: porque Coronel? Porque não chegou pelo menos a General de Brigada ou a General de Divisão? Depois que terminei de ler a entrevista, eu entendi o motivo e você também entenderá. E vai entender também porque essa entrevista nunca saiu da minha memória.


    REVISTA VEJA - Edição 1 662 - 3/11/1999 (http://veja.abril.com.br/031199/p_011.html)

    Por Consuelo Dieguez

    "EU VI A TORTURA"

    Coronel que salvou a vida de preso político admite ter assistido a ações de tortura durante o regime militar. Durante trinta anos o coronel do Exército Élber de Mello Henriques manteve segredo das cenas bárbaras que presenciou no quartel da Polícia do Exército, PE, no Rio de Janeiro. O quartel da Rua Barão de Mesquita, como era conhecido, ficou macabramente famoso por ter sido um local onde se torturavam e matavam presos políticos. Agora, Henriques, de 82 anos, resolveu falar. "Pedi para ver um preso que eu teria de interrogar. O homem estava pendurado no pau-de-arara, totalmente destruído", afirma. O "homem" era Roberto Cieto, do grupo esquerdista Armada Revolucionária, que,  segundo a versão oficial, se teria suicidado. É a primeira vez que um militar vem a público confirmando ter presenciado atos de tortura nos porões da ditadura militar. Incumbido pelo então I Exército (atual Comando Militar do Leste) de fazer o inquérito policial-militar, IPM, de alguns dos presos da PE, o coronel revoltou-se contra as atrocidades ali cometidas e as levou ao conh...(Continuar Lendo)

    Veja 3/11/99
  • Fonte: G1 em 21/01/2019

    Corpo de sargento que morreu após teste de aptidão física por 'provável exaustão' é velado em Itu
    O CML garantiu que já instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM ... mas trabalhava na 21ª Bateria de Artilharia Antiaérea Paraquedista, na Vila Militar do Rio de Janeiro.


AVISO: O conteúdo de cada postagem é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.



Compartilhe Esta Página: