Início » Tocantins » Miranorte


Miranorte - Tocantins



Miranorte faz parte do estado do Tocantins. Encontra-se a uma latitude 09º31′46" sul e a uma longitude 48º35′24" oeste, estando a uma altitude de 222 metros às margens da BR 153. A população avaliada em 2008 era de 12.200 habitantes, sendo a 15ª maior do estado.

Tudo começou em 1934, quando o senhor Job Lima formou uma fazenda à margem direita do Ribeirão Providência, chamada Sucupira (este nome foi usado, devido à influência de uma espécie de árvore nativa que predominava suas matas), para trabalhar com agricultura e pecuária. Estas riquezas efetuaram o desbravamento da região e, até hoje, são as principais atividades econômicas do município.

A Fazenda Sucupira era um lugar panorâmico, bonito e desenhado pelas curvas do Ribeirão Providência, sem esquecer as suas matas e que ainda virgem formavam uma linda paisagem que só a natureza tem condições de oferecer para deliciar os olhos humanos. Bonita e com terras férteis, porém, um pouco difíceis de serem exploradas, por causa das espécies animais que habitavam aquela região e o acesso por terra sem qualquer estrada. Em 1952, Antônio Alexandrino Ribeiro, popularmente conhecido por Antônio Valentim, adquiriu a Fazenda Sucupira de Job Lima.

História da cidade de Miranorte

Os primórdios da história do atual município de Miranorte prendem-se, indiscutivelmente, a toda região de Miracema do Norte, hoje Miracema do Tocantins, principalmente no que concerne ao seu desbravamento. Efetivamente, não se pode negar, a região recebeu um crescente desenvolvimento após ligar-se ao sul e ao norte pela rodovia BR-14 (atual BR- 153). Antes, porém, o desbravamento da região se processava com vistas à agricultura e à pecuaria.

Estas riquezas básicas fizeram com que Job Lima organizasse uma fazenda à margem direita do ribeirão Providência, dando-lhe o nome de Sucupira, àrvore predominante no local.

Tal fazenda foi adquirida pelo Sr. Antonio Alexandrino Ribeiro, mais conhecido por Antonio Valentim, onde em 12/08/1958 foi encontrado pelo Sr. Antonio Pereira de Souza, conhecido por Antonio Saudoso, na companhia de 15 homens chefiado pelo mesmo que prestava serviço à firma Jorge Iumes-Engenharia de Construção.

Estabeleceram-se nas proximidades da fazenda, à margem direita do ribeirão Providência, com o objetivo da construção da ponte sobre o ribeirão Providência, e possibilitando assim a continuidade dos trabalhos da Rodovia Br-14 cujo projeto estabeleceria a sua passagem pelo local.

Enquanto eram executados os trabalhos, Antonio Saudoso planejou, em 1959, a execução da planta de um um novo povoado que surgiria à margem da rodovia Belém Brasilia, nome que foi logo dado ao incipiente povoado.

A previsão de Antonio Saudoso estava se concretizando em ritimo bastante acentuado e, dentro de pouco tempo, ao lado do acampamento foram surgindo casas de forasteiros.

De início radicou-se ali Frutuoso Vieira que fornecia mantimentos ao pessoal do acampamento e ali posteriomente, dedicou-se à agricultura. A agricultura, a extração da amêndoa do babaçu e a exploração do comércio tornaram-se, então, os principais fatores que incentivaram muita famílias de imigrantes a fixar-se no local, dentre as quais destacamos as famílias de Felipe Facundes, Abdoral Fonseca, Mamedes Bucar e Noé Luiz.

Gentílico: miranortense

Formação Administrativa

Recebeu o povoado os nomes de Providência, tomado pelo ribeirão que o banha, e Sucupira, que seus habitantes não aprovoram.

Em 31/12/1962, foi o mesmo elevado à categoria de vila com o nome de Miranote pela Lei n°104.

O distrito foi instalado em 1° de janeiro de 1963, e seu nome tomou duas sílabas iniciais da palavra Miracema e as adicionou à palvara Norte.

Apenas um ano depois, foi instalado o município de Miranorte; mais precisamente em 1° de janeiro de 1946, em cumprimento da Lei Estadual n° 4.820 de 08/11/1963.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: Raquel Lima Silva

Código do Município

1713304

Gentílico

miranortense

Prefeito

ANTÔNIO CARLOS MARTINS

População
População estimada [2018]13.375 pessoas  
População no último censo [2010]12.623 pessoas  
Densidade demográfica [2010]12,24 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,7 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.294 pessoas  
População ocupada [2016]9,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]39,7 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,6  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.200 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]440 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]121 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]24 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]10 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]16.415,52 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]87 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,662  
Total de receitas realizadas [2017]31.025,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]26.608,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]22,99 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]2,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]6 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.031,624 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]2,1 %  
Arborização de vias públicas [2010]60,8 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0,6 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Miranorte: Imagens da cidade e Região

imagem de Miranorte+Tocantins n-1
imagem de Miranorte+Tocantins n-2
imagem de Miranorte+Tocantins n-3
imagem de Miranorte+Tocantins n-4
imagem de Miranorte+Tocantins n-5
imagem de Miranorte+Tocantins n-6
imagem de Miranorte+Tocantins n-7
imagem de Miranorte+Tocantins n-8
imagem de Miranorte+Tocantins n-9
imagem de Miranorte+Tocantins n-10
imagem de Miranorte+Tocantins n-11
imagem de Miranorte+Tocantins n-12
imagem de Miranorte+Tocantins n-13
imagem de Miranorte+Tocantins n-14
imagem de Miranorte+Tocantins n-15
imagem de Miranorte+Tocantins n-16
imagem de Miranorte+Tocantins n-17
imagem de Miranorte+Tocantins n-18
imagem de Miranorte+Tocantins n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Miranorte e arredores.


Você conhece a cidade de Miranorte? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: