Início » Tocantins » Brejinho de Nazaré


Brejinho de Nazaré - Tocantins



Brejinho de Nazaré faz parte do estado do Tocantins. Encontra-se a uma latitude 11º00′00" sul e a uma longitude 48º33′56" oeste, estando a uma altitude de 247 metros. A população avaliada em 2004 era de 4.407 habitantes e em 2007 de 5.295. Possui uma área de 1728,9km².

A cidade é a terra natal do jogador Antônio Flávio, que já atuou no futebol sueco e atualmente atua no futebol chinês.

História da cidade de BREJINHO DE NAZARé

A cidade de Brejinho de Nazaré, está situada à margem esquerda do rio Tocantins e à direita do córrego Brejinho que deu origem à seu nome.

O início do povoamento do lugar se deu quando em meados do século XIX, Francisco Perna, vindo do Estado do Maranhão, fixou residência no local com uma pequena fazenda de criação de gado bovino e equino.

Anos depois sua filha Erminia Perna contraiu núpcias com Joaquim Jerônimo Aires da Silva, que recebeu como dote, de seu sogro, a referida fazenda com todos os seus pertences. Em 1885, venderam as terras da Fazenda ao Cel. José Aires da Silva e a casa de telha ao Bravo e conhecido Sabino Piloto, que conduzia botes a remo para Belém do Pará; em uma de suas viagens a Belém, Sabino trouxer uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré, que foi na época aclamada padroeira do local, mandando então o Cel. José Aires da Silva, construir uma pequena Capela em homenagem a Padroeira, da qual serviam os missionários Dominicanos em suas desobrigas pelo sertão.

Em 1896, por morte do Cel. José Aires da Silva, passou as terras por herança ao seu filho Diomédio Aires da Silva. Em 1922, quando a povoação já contava com 45 casas e aproximadamente 300 habitantes e estando a capela em estado de ruinas, foi construido novo templo por Frei Gregório Aleixo, frade Dominicano de Porto Nacional e auxiliado pelos religiosos da localidade.

Em 1927, por morte de Diomédio Aires da Silva, as terras da fazenda couberam por herança a sua esposa Dona Adelina Fernandes Aires quem em 22/12/1931, vendeu 200 alqueires à Prefeitura Municipal de Porto Nacional para a formação de seu patrimônio.

A povoação foi elevada a distrito do município de Porto Nacional em 27/09/1930, tendo sido instalado somente em 31/12/1931.

Por ato do Sr. Governador do Estado, Lei nº 2.124, de 14/11/1958 foi elevado a categoria de município e instalado a 01/01/1959.

Dentre os vultos que se destacaram podemos citar em primeiro lugar os seus fundadores. Dentre outro o Cel. José Aires da Silva, Diomédio Aires da Silva, Joaquim da Silva Braga, esposo da 1ª professora pública da localidade Dona Alzira Pereira Braga, Antônio Cezar Nogueira, Felicíssimo do Espírito Santo Braga e Januário Dias dos Reis que muito contribuiram para o desenvolvimento da povoação.

O Santo padroeiro da localidade é Nossa Senhora de Nazaré, cujos festejos são realizados anualmente no último domingo do mês de julho, com novenário, leilões e missa.

O primeiro prefeito de Brejinho de Nazaré foi o senhor Juraci Cezar Nogueira, nomeado pelo Governador do Estado em 01/01/1959, data de sua emancipação política. O primeiro prefeito eleito foi o Sr. Jonas Pereira Lima, em 1960. A Câmara Municipal composta de 7 vereadores. Constituido-se têrmo da Comarca de Porto Nacional. Seus habitantes tem o gentílico de Brejinienses.

Brejinho de Nazaré, 15 de dezembro de 1982.

Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL/IBGE

Autor do Histórico: MARIA FRANCISCA PEREIRA DOS SANTOS PAOLINI

Código do Município

1703701

Gentílico

brejinense

Prefeito

MIYUKI HYASHIDA

População
População estimada [2018]5.475 pessoas  
População no último censo [2010]5.185 pessoas  
Densidade demográfica [2010]3,01 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,7 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]556 pessoas  
População ocupada [2016]10,2 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]42,6 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,7 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,3  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,3  
Matrículas no ensino fundamental [2017]838 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]160 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]49 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]16 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]5 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]16.361,10 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]90,9 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,686  
Total de receitas realizadas [2017]15.174,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]14.058,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]3 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.724,450 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]10,2 %  
Arborização de vias públicas [2010]67,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Brejinho de Nazaré: Imagens da cidade e Região

imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-1
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-2
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-3
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-4
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-5
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-6
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-7
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-8
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-9
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-10
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-11
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-12
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-13
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-14
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-15
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-16
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-17
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-18
imagem de Brejinho+de+Nazar%C3%A9+Tocantins n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Brejinho de Nazaré e arredores.


Você conhece a cidade de Brejinho de Nazaré? Então deixe seu comentário!


Comentários (2)

  1. aldaciron s dos santos's avataraldaciron s dos santos

    sou nascido em brejinho de nazare mas vivo a mais de trinta anos em brasilia, mais amo muito esta cidade, a minha intencao e de aposentar e voltar a viver e relembrar os melhor momento que passei na minha infancia nesta cidade.

    #2 – 29/11/2015 - 01:03

  2. aldaciron s dos santos's avataraldaciron s dos santos

    sou nascido em brejinho de nazare mas vivo a mais de trinta anos em brasilia, mais amo muito esta cidade, a minha intencao e de aposentar e voltar a viver e relembrar os melhor momento que passei na minha infancia nesta cidade.

    #1 – 29/11/2015 - 01:00

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: