Início » Tocantins » Aragominas


Aragominas - Tocantins



Aragominas faz parte do estado do Tocantins. Encontra-se a uma latitude 07º09′35" sul e a uma longitude 48º31′39" oeste, estando a uma altitude de 345 metros. A população avaliada em 2004 era de 7 645 habitantes. Possui uma área de 1067,1km².

História da cidade de Araguaína

Foram os silvícolas da tribo Carajá os primitivos habitantes da região compreendida entre os rios Andorinhas e Lontra, afluentes, pela margem direita, do Rio Araguaia. Essa extensa área constituíria mais tarde, a maior parte do atual município. Remanescentes dos silvícolas, já aculturados, habitam ainda reduzida reserva, às margens do rio, sob a orientação de um posto da Fundação Nacional do índio - FUNAI.

O início do desbravamento ocorreu em 1876, com a chegada de João Batista da Silva e família, procedentes do Piauí. Estabeleceram-se à margem direita do Rio Lontra, em local que denominaram Livre-nos Deus, pelo temor permanente do ataque de índios e de animais selvagens.

O primeiro desbravador trouxe em sua companhia sua esposa, Rosalina de Jesus Batista e seus filhos do primeiro matrimônio. Do segundo casamento vieram dez filhos entre os quais, Tomáz Batista, na época com nove anos de idade, ao qual muitos atribuem, erroneamente, a fundação do município. Poucos meses após a chegada da primeira família, ainda no mesmo ano, outras começaram a chegar e foram fixando-se no mesmo local formando um povoado ao qual denominaram Lontra, por localizar-se à margem do rio do mesmo nome.

Os primeiros colonizadores dedicaram-se inicialmente ao cultivo de cereais para subsistência, e com objetivos mais lucrativos, iniciaram a implantação da cultura do café, como atividade predominante. Essa cultura foi abandonada posteriormente por dificuldades de escoamento da produção, decorrente da ausência total de vias terrestres para transporte. O povoado Lontra pertenceu inicialmente ao Município de São Vicente do Araguaia, atual Araguatins; anos mais tarde, o Povoado Lontra passou a pertencer ao Município de Boa Vista do Tocantins, hoje Tocantinópolis.

Em razão do isolamento imposto pela ausência de estradas, condições geográficas e insalubridasde do clima, o povoado passou por um longo período de estagnação, que durou até o ano de 1925, quando chegaram as famílias de Manuel Barreiro, João Brito, Guilhermino Leal e José Lira.

As famílias recém-chegadas injetaram novo entusiasmo aos antigos povoadores. Sob a liderança dessas famílias foi erigido no povoado, no mesmo ano, o primeiro templo católico dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. A primeira professora nomeada para o povoado, foi Josefa Dias da Silva. Em 1936 chega o primeiro destacamento policial.

Ainda na mesma data foram realizadas as primeiras eleições municipais.

O autêntico desenvolvimento econômico-social do município começou na realidade a partir de 1960, com a construção da rodovia Belém-Brasília. No período de 1960 a 1975, Araguaína atingiu um estágio de desenvolvimento sem precedentes na história do Estado de Goiás. A repercussão desse desenvolvimento ultrapassou fronteiras do Estado e do País, despertando interesse até no exterior.

Araguaína era a quarta maior cidade do Estado de Goiás, de 1980 a 1986, perdendo somente para Luziânia, Anápolis e Goiânia. Com a criação do Estado de Tocantins em 1989, Araguaína tornou-se a maior cidade do Estado e pretensa capital do Estado que estava nascendo, não foi escolhida devido a fatores geográficos, sociais e políticos, mas ganhou o carinhoso título de Capital Econômica do Estado.

Gentílico: araguainense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Araguaína, pela Lei municipal nº 86, de 30-09-1953, com terras desmembradas do Distrito de Iviti, subordinado ao município de Filadélfia.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Araguaína, figura no Município de Filadélfia.

Elevado à categoria de município com a denominação de Araguaína, pela Lei estadual nº 2125, de 14-11-1958, desmembrado de Filadélfia. Sede no atual distrito Araguaína (ex-povoado). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1959.

Pela Lei municipal nº 54, de 15-12-1963, é criado o Distrito de Araguanã e anexado ao Município de Araguaína.

Pela Lei municipal nº 55, de 15-12-1963, é criado o Distrito de Murucilândia e anexado ao Município de Araguaína.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Araguaína, Araguanã e Muricilândia.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1983.

Pela Lei estadual nº 10510, de 11-05-1988, é criado o Distrito de Aragominas e anexado ao Município de Araguaína.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 4 distritos: Araguaína, Aragominas, Araguanã e Muricilândia. .

Pela Lei estadual nº 251, de 20-02-1991, alterada pela Lei estadual nº 498, de 21-12-1992, foram desmembrados do Município de Araguaína os distritos de Aragominas, Araguanã e Muricilândia, elevando-os à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Prefeitura Municipal de Araguaína; IBGE

Código do Município

1701309

Gentílico

aragominense

Prefeito

ELIETE ALVES DE MELO

População
População estimada [2018]5.786 pessoas  
População no último censo [2010]5.882 pessoas  
Densidade demográfica [2010]5,01 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]232 pessoas  
População ocupada [2016]3,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]46,9 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,2 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,2  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,3  
Matrículas no ensino fundamental [2017]1.089 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]261 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]71 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]37 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]4 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]10.849,37 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]95,7 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,593  
Total de receitas realizadas [2017]14.165,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]13.383,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]3 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.173,035 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]12,6 %  
Arborização de vias públicas [2010]55,8 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Aragominas: Imagens da cidade e Região

imagem de Aragominas+Tocantins n-1
imagem de Aragominas+Tocantins n-2
imagem de Aragominas+Tocantins n-3
imagem de Aragominas+Tocantins n-4
imagem de Aragominas+Tocantins n-5
imagem de Aragominas+Tocantins n-6
imagem de Aragominas+Tocantins n-7
imagem de Aragominas+Tocantins n-8
imagem de Aragominas+Tocantins n-9
imagem de Aragominas+Tocantins n-10
imagem de Aragominas+Tocantins n-11
imagem de Aragominas+Tocantins n-12
imagem de Aragominas+Tocantins n-13
imagem de Aragominas+Tocantins n-14
imagem de Aragominas+Tocantins n-15
imagem de Aragominas+Tocantins n-16
imagem de Aragominas+Tocantins n-17
imagem de Aragominas+Tocantins n-18
imagem de Aragominas+Tocantins n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Aragominas e arredores.


Você conhece a cidade de Aragominas? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. armando-rodrigues's avatararmando-rodrigues

    PRECISAMOS DE PESSOAS QUE POSSAM TRABALHAR A PARTIR DE CASA,

    ### http://bit.ly/wppsenfrpromotora

    PERÍODO INTEGRAL,PARCIAL OU EM SUAS HORAS LIVRES.OFERECEMOS GANHOS SEMANAIS, GANHOS MENSAIS E ÓTIMOS BENEFÍCIOS.SOMOS UMA EMPRESA EM ATIVIDADE DESDE 1998. TRABALHAMOS COM SERVIÇOS FINANCEIROS E SOLUÇÕES DE INTERNET.MAIS INFORMAÇÕES/CADASTRO ACESSE

    copie esse endereço e cole no seu navegador -->http://bit.ly/wppsenfrpromotora

    copie esse endereço e cole no seu navegador -->http://bit.ly/wppsenfrpromotora

    CONHEÇA ESSA OPORTUNIDADE JA

    #######################

    CONTATO SUPORTE:

    SKYPE: armando1224house

    *********************************

    SEU SUCESSO PODE ESTAR AQUI!

    #1 – 18/02/2015 - 21:28

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: