Início » São Paulo » Potim


Potim - São Paulo



Potim faz parte do estado de São Paulo, na microrregião de Guaratinguetá. Encontra-se a uma latitude 22º50′34" sul e a uma longitude 45º15′05" oeste, estando a uma altitude de 535 metros. A população avaliada em 2009 era de 20.668 habitantes.

O povoamento desenvolveu-se lentamente. Tounou-se uma vila de pescadores e de trabalhadores rurais. Na época da independência do Brasil, o bairro foi o maior produtor de Beterraba de Guaratinguetá.

Neste período, além do café, produzia-se ainda açúcar, rapadura, milho, feijão e a famosa farinha de mandioca.

História da cidade de POTIM SãO PAULO

ASPECTOS HistóricoS

A origem do nome da cidade de Potim, localizada no Estado de São Paulo, remota aos idos de mil setecentos e setenta e dois, quando foi benzida e oficializada a capela construída pelo piedoso casal de fazendeiros Miguel Corrêa dos Ouros e Dona Izabel Pereira dos Ouros, mais especificamente no dia seis de agosto de mil setecentos e setenta e dois.

Miguel Corrêa dos Ouros possuía uma imagem do Senhor do Bom Jesus, trazida de Portugal, a qual o povo do lugar tinha muita devoção e atribuía milagres. O casal resolveu edificar uma Igreja para colocar a imagem e para isso, fez doação de cem braças de terras de testada pôr seiscentas braças de sertão, como era costume da época, em escritura datada de vinte e dois de junho de mil setecentos e setenta e um, recebida pelo Padre Antonio Ramos Barbasm, da Paróquia de Guaratinguetá, São Paulo.

Essa área doada compreende, atualmente, parte das ruas Antonio de Oliveira Portes e antiga Massaguaçu, hoje Rua Adriano Galvão de Castro além do centro da cidade, onde está construída a Matriz do Senhor Bom Jesus de Potim, que tornou-se o padroeiro da cidade.

Construída a capela de taipa e pau-a-pique, em seis de agosto de mil setecentos e setenta e dois, foi celebrada a primeira missa no local, pelo Padre Firmino Dias Xavier.

A origem do nome Potim está ligada a língua indígena Nheengatu, língua geral dos tupis-guaranis, que comporta o significado "camarão". Supõem-se a existência de um grande número de camarões de água doce, existentes no ribeirão denominado Potim.

Inicialmente o povoado que surgiu aos poucos em volta da Capela, recebeu o nome de povoado da Capela do Senhor Jesus da Cana Verde de Ribeirão de Potim.

O povoamento desenvolveu-se lentamente. Tornou-se uma vila de pescadores e de trabalhadores rurais. Na época da independência do Brasil, o bairro foi o maior produtor de café de Guaratinguetá.

GENTíLICO: POTINENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

No dia 23 de dezembro de 1981 foi criado o Distrito de Potim, pela lei nº 3198.

No dia 30 de dezembro de mil novecentos e noventa e um, o Governador do Estado de São Paulo Dr. Luiz Antonio Fleury Filho, sancionou a Lei nº 7664/91, que oficializou legalmente a emancipação do antigo Distrito de Potim do Município de Guaratinguetá.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Potim: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Potim? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: