Início » São Paulo » Ouro Verde


Ouro Verde - São Paulo



Ouro Verde faz parte do estado de São Paulo. Localizado na Mesorregião de Presidente Prudente e na Microrregião de Dracena. Sua população segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística é de 7 794 habitantes.

Fundada em 23 de março de 1953. A origem, do nome do município, se dá a antiga agricultura cultiva em meados de 1950, o café. Devido à sua grande valiosidade e ao grande cultivo no município, deu-se o nome Ouro Verde. Fundada por Olavo Ribeiro do Val, o seu patrono. O mesmo já se destacou na educação, tendo repercussão nacional. A escola municipal "Julia Roseira Jerônimo" foi considerada a melhor escola do estado de São Paulo, e a quarta melhor do país. (SESI, 2008). Foi classificada, ainda, com base em estudo realizado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), entre os sete municípios, que se destacaram pelo bom desempenho no IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – dentre os mais de 5.500 municípios brasileiros analisados, considerados os anos de 2005, 2007 e 2009. Ouro Verde, ainda, é conhecida na região pelo destaque na área musical, com a formação de corais, bandas e fanfarras ao longo de sua história. Atualmente são mais de 300 alunos no Projeto Guri, nascido na cidade. O município ainda possui banda marcial, banda mirim e curso de luteria, que ensina os alunos a fabricarem seus próprios instrumentos musicais.(Portal Regional) Cabe ressalvar, no entanto, que o índice do IDEB alcançado pela escola foi ascendente de 2005 à 2007. A partir desse ano passou a percorrer uma trajetória descendente, embora ainda permaneça acima do valor de referência. (IDEB, 2011)

Encontra-se a uma latitude 21º29′22" sul e a uma longitude 51º42′01" oeste, estando a uma altitude de 350 metros. A população avaliada em 2010 era de 7.794 habitantes.

História da cidade de Fundação: 23 de março de 1945, Olavo Ribeiro do Val, no intuito de fundar um povoado, adquiriu 800 alqueires de terra na conhecida regão Zona da Mata, na comarca de Lucélia.

O lugar escolhido, marginando o espigão do Rio do Peixe e Marrecas, passou a chamar Ouro Verde, em virtude de suas terras prestarem ao plantio do café (Ouro Verde do Brasil).

A princípio tudo foi muito difícil, pois não havia comunicação de espécie alguma. Como não havia acesso, foram abertas várias picadas que iam ter ao local onde iniciaram as derrubadas de matas e lotearam terras afim de abrirem o futuro povoado.

Devido a falta de comunicação, tornava-se quase impossível o povoamento do lugar. Para acabar essa dificuldade, abriram-se estradas ligando o povoamento às cidades vizinhas.

Começa então a progredir o novo núcleo.

Os esforços, para o melhoramento do município foram intensos e arduos, pois havia na época cidades que começaram a atrapalhar o ritmo de progresso acelerado que Ouro Verde estava tomando.

A iluminação na época era precária, mas havia o fornecimento de energia por um motor de propriedade do Sr. João Peão, que mais tarde passou para o Sr. Olavo Ribeiro do Val, que adaptou um dinamo num trator.

A população já aumentava. Fazia-se necessário um clube onde realizariam-se bailes e passassem filmes.

Com o desenvolvimento da agricultura principalmente do café, teve início o grande surto econômico da população.

Em fase do grande e rápido progresso, foi Ouro Verde elevado a categoria de Distrito de Paz, com terras desmembradas do Distrito de Gracianópolis (hoje Tupi Paulista), a 21 de dezembro de 1948.

Foi elevado a município da comarca de Dracena a 30 de dezembro de 1953, sendo instalado a 1º de janeiro de 1954. Como município, ficou constituído Arabela, distrito de Ouro Verde.

Teve seu primeiro prefeito, o Sr. Antonio Ortega Criado.

Fonte: Agência do IBGE em Dracena

Autor do Histórico: HéLIO RODRIGUES

Código do Município

3534807

Gentílico

ouro-verdense

Prefeito

JOSÉ VALENTIM FERRARI

População
População estimada [2018]8.503 pessoas  
População no último censo [2010]7.800 pessoas  
Densidade demográfica [2010]29,15 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,0 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]819 pessoas  
População ocupada [2016]9,8 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]32,9 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,3 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,6  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5,6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]984 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]272 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]60 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]18 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]3 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]11.853,79 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]91,4 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,692  
Total de receitas realizadas [2017]25.262,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]22.785,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]17,7 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,8 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]3 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]266,778 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]65,5 %  
Arborização de vias públicas [2010]29,2 %  
Urbanização de vias públicas [2010]4,2 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Ouro Verde: Imagens da cidade e Região

imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-1
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-2
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-3
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-4
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-5
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-6
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-7
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-8
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-9
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-10
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-11
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-12
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-13
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-14
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-15
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-16
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-17
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-18
imagem de Ouro+Verde+S%C3%A3o+Paulo n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Ouro Verde e arredores.


Você conhece a cidade de Ouro Verde? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: