Início » São Paulo » Mongaguá


Mongaguá - São Paulo



Mongaguá é um município do estado de São Paulo, na Região Metropolitana da Baixada Santista. A população recenseada em 2010 era de 46310 habitantes e a área é de 137km², o que resulta numa densidade demográfica de 323,45 hab/km².

Mongaguá é um dos 15 municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Balneária, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. O nome do município origina-se da denominação dada pelos indígenas que na região viviam e batizaram o local de Mongaguá - que em tupi significa "Aguas Pegajosas". Pela proximidade da Serra do Mar junto ao Oceano Atlântico, a cidade registrava grande quantidade de chuvas.

O município pertence à Diocese de Santos.

História da cidade de MONGAGUá SãO PAULO

Mongaguá, é palavra indígena que quer dizer (água pegajosa). Sua origem deve-se aos índios guaranis que acampavam junto ao rio Aguapeú.

Com a intensificação das viagens dos colonizadores através da praia, surgiram as primeiras cabanas de pessoas hábeis no lidar com os índios e brancos.

Emissários de Martim Afonso de Souza, capitães de mato e jesuítas, encontravam em Mongaguá um lugar de descanso ideal para as suas viagens colonizadoras.

Os primeiros moradores, entretanto, não se fixaram. Aos poucos, com o domínio lusitano, o litoral tornou-se habitável surgindo, então, as primeiras propriedades.

Na época haviam morros de divisa de capitanias, situando-se Mongaguá, parte na Capitania de São Vicente e parte na Capitania de Itanháem, limites que eram considerados com grande rigidez.

Em 1776, em leilão público, foi arrematado o sítio de Mongaguá, tornando-se seu proprietário o coronel Bonifácio José de Andrada, pai do Patriarca da Independência, José Bonifácio de Andrada e Silva, surgindo "cortes de terras"com pequenas metragens de frente para o mar. Iam esses terrenos até os espigões da serra.

Mongaguá, iniciou-se contudo com a formação da Companhia de Melhoramentos da Praia Grande, empreendimento que não logrou êxito e, somente após a II Guerra Mundial, o núcleo começou a se desenvolver.

Tomou impulso com a construção da Estrada de Rodagem Manoel da Nóbrega, ligando-o a São Paulo, por intermédio das Rodovias Pedro Taques e Anchieta.

GENTíLICO: MONGAGUANO

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Mongaguá, por Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, no Município de Itanhaém.

Fixado o quadro territorial para vigorar em 1949-1953, o Distrito permanece no Município de Itanhaém.

Permanece no Município de Itanhaém no quadro fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII1953 para 1954-1958.

Elevado à categoria de município com a denominação de Mongaguá, por Lei Estadual nº 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembrado de Itanhaém, com Sede no Distrito de Mongaguá. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 01 de janeiro de 1960.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Mongaguá: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Mongaguá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: