Início » São Paulo » Itararé


Itararé - São Paulo



Itararé faz parte do estado de São Paulo.

Itararé situa-se em uma área conhecida como Campos de São Pedro, que vai do rio Verde até o rio Itararé, que dá o nome ao município.

Itararé em tupi-guarani significa "pedra que o rio cavou", pois o rio Itararé corre em um leito rochoso que foi sendo desgastado pela correnteza formando altos paredões, grandes cachoeiras e belas grutas.

História da cidade de ITARARé SãO PAULO

Os caminhos dos campos de São Pedro de Itararé já eram conhecidos dos tropeiros e condutores de gado, desde 1693, e era aí o ponto obrigatório de trânsito e pouso, daqueles que se dirigiam para alcançar São Pedro do Rio Grande do Sul ou aqueles que procuravam a feira anual de animais que se realizava em Sorocaba. Os campos foram também cortados no bandeirantismo e constituíam passagens para os predadores dos índios guaianazes.

A primeira sesmaria concedida nos Campos de São Pedro, foi a Luiz Pedroso de Barros, em 1725,coube a esse sesmeiro a segunda sesmaria, também no mesmo ano. á D.ª Maria de Almeida Leite foi cedida em 1788, a terceira sesmaria. Estas, reunidas, constituíram a fazenda São Pedro que, por herança e venda, passou a outros proprietários, entre eles Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar e sua mulher, D.ª Domitila de Castro Canto e Melo Aguiar - Marquesa de Santos.

Paralelamente a aquisição de Tobias de Aguiar, iniciava José Fructuoso Pimentel, mineiro de freguesia de Sant′Ana do Sapucaí (atual Silvianópolis - MG), acompanhado de mulher e filhos, entrou nos sertões do Rio Verde, ao norte das sesmarias. Próximo à confluência do Rio Verde, a família Pimentel assentou sua fazenda e, auxiliado pelo Cel. João da Silva Machado, Barão de Antonina, foi a primeira a plantar café na região. Iniciou-se assim o povoamento dos Campos de São Pedro de Itararé.

Em 1820, foi constatado por Saint Hilaire, naturalista Francês, a existência de um pequeno povoado, chamado Itararé, à margem esquerda do córrego da Prata e a direita da estrada que naquele tempo seguia rumo as regiões do Sul - Vila de Curitiba. A aldeia de Itararé tinha o mesmo nome do rio que passa em sua vizinhança o Rio Itararé, que segundo Ruiz de Montoya, é topônimo de origem tupi, que significa " pedra que o rio escavou" ( de fato o Rio Itararé se apresenta com seu leito subterrâneo escavado pelas águas do rio, tendo seu curso, vorazes sumidouros).

A formação histórica de Itararé data de 1879, com a primeira doação da terras para a construção da capela, quando ainda era apenas um povoado.

A construção da capela de Nossa Senhora da Conceição, na colina em cuja vertente estava o povoado, foi iniciada pelos fundadores de Itararé, Major João de Almeida Queiroz e Cônego Sizenado, vigário de Itapeva da Faxina, de comum acordo entre os habitantes do lugar, em maio de 1880. Em janeiro seguinte foi rezada a primeira missa da capela, que logo foi elevada a curato. Foi traçado o primeiro arruamento e, aos poucos, foram construídas as primeiras casas na colina.

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora da Conceição do itararé por Lei Provincial no 36, de 10 de março de 1885.

GENTíLICO: ITARARENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Freguesia criada com a denominação de Itararé, por Lei Provincial no 36, de 10 de março de 1885, no Município de Pederneiras.

Elevado a categoria de vila com a denominação de São Pedro do itararé por Lei Estadual no 197, de 28 de agosto de 1893, desmembrado de Faxina. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 30 de novembro de 1893.

Cidade por Lei Municipal de 7 de setembro de 1901.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Itararé se compunha do Distrito Sede.

Lei Estadual no 1887, de 08 de dezembro de 1922, o município simplificou sua denominação para Itararé.

Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decretolei Estadual n.º 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Itararé compreende o único termo judiciário da comarca de Itararé e figura com Distrito Sede.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para vigorar 1939-1943,

o Município de Itararé é composto de 1 único Distrito: Itararé e é termo da comarca de Itararé, formada de 1único termo, Itararé.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Itararé ficou composto de 1 Distrito, Itararé e constitui o único município e o único termo judiciário da comarca de Itararé.

Permanece composto apenas de 1 Distrito, Itararé, comarca de Itararé, nos quadros territoriais fixados pelas Leis Estaduais nºs 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30-XII-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Lei Estadual no 4954, de 27 de dezembro de 1985, cria os Distritos de Pedra Branca do Itararé e Santa Cruz dos Lopes e incorpora ao Município de Itararé.

Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituido de 3 Distritos: Itararé, Pedra Branca de Itararé e Santa Cruz dos Lopes.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

ALTERAçõES TOPONíMICAS MUNICIPAIS

São Pedro do Itararé para Itararé, teve sua denominação alterada por força da Lei Estadual nº 1887, de 08 de dezembro de 1922.

Fonte: IBGE

Código do Município

3523206

Gentílico

itarareense

Prefeito

HELITON SCHEIDT DO VALLE

População
População estimada [2018]50.360 pessoas  
População no último censo [2010]47.934 pessoas  
Densidade demográfica [2010]47,76 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]9.265 pessoas  
População ocupada [2016]18,4 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]38,5 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,3  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]6.119 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.584 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]339 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]151 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]23 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]10 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]18.374,14 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]83,4 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,703  
Total de receitas realizadas [2017]113.322,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]100.270,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]16,98 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]18 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.003,860 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]86,9 %  
Arborização de vias públicas [2010]60 %  
Urbanização de vias públicas [2010]31,1 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itararé: Imagens da cidade e Região

imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-1
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-2
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-3
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-4
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-5
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-6
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-7
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-8
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-9
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-10
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-11
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-12
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-13
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-14
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-15
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-16
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-17
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-18
imagem de Itarar%C3%A9+S%C3%A3o+Paulo n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Itararé e arredores.


Você conhece a cidade de Itararé? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: