Início » São Paulo » Araçatuba


Araçatuba - São Paulo



Araçatuba é uma cidade no interior do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 21º 12′32" sul e a uma longitude 50º 25′58" oeste, estando a uma altitude de 390 m. Sua população é de 183.441 habitantes. É a sede da nona região administrativa do Estado de São Paulo, além de ser a 2ª maior cidade do oeste paulista.

Seu nascimento remonta a expansão cafeeira e na passagem para o atual século sua economia era caracterizada pelo crescimento das lavouras de cana-de-açúcar. Este quadro, inclui também a pecuária, atividade que a tornou conhecida no país como Capital do Boi Gordo devido às negociações da arroba do boi realizadas na Praça Rui Barbosa, além da inclusão de outras criações de animais como a ovinocultura. De economia diversificada, o setor de serviços é o predominante na cidade. Araçatuba caracteriza-se também por ser um polo universitário e gastronômico da região noroeste do estado de São Paulo. Seus pratos típicos são o cupim casqueirado e o caldo do artista Ainda está servida pelo Gasoduto Brasil-Bolívia e a hidrovia Tietê-Paraná.

Próxima do rio Rio Tietê que é considerado limpo na região, é a primeira cidade não ribeirinha do estado de São Paulo a captar água diretamente deste rio. Ainda está sobre o Aquífero Guarani, a maior reserva de água doce do mundo e é cortada pelo Ribeirão Baguaçú que abastece parte do município. Em Araçatuba, 100% do esgoto é tratado antes de ser lançado nos cursos de água.

História da cidade de ARAçATUBASãO PAULO

Em princípios deste século o Governo Federal lançou, partindo de Bauru, rumo de Mato Grosso, os trilhos da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil. A região surpreendeu, pela fertilidade do solo, atraindo milhares de pessoas, em busca de riqueza.

A origem de Araçatuba remonta a essa época. A 02 de dezembro de 1908, foi inaugurando uma estação ferroviária, ainda em plena floresta. Numa clareira, erigiram-se as primeiras moradas, em ranchos simples, cobertos de sapé. à direita do leito da via Férrea se instalou Miguel Caputi, e à esquerda Vicente Franco ou Machado Melo. Essa data é considerada como da fundação do patrimônio e comemorada, anualmente, com grandes festejos.

Em 1911, de Jardinópolis, chegou uma caravana, cujos integrantes adquiriram terras a Elisio de Castro Fonseca. No entanto, o desbravamento era dificultado pelos silvícolas, que dominavam essa área, defendendo-a em arremetidas cruentas. Nem sempre os desbravadores levavam a melhor, e, em 1916, um grupo, chefiado pelo engenheiro Cristiano Olsen, foi massacrado, quando procedia ao levantamento das terras do rio Feio.

Com o crescimento do povoado, e graças aos esforços do engenheiro José Cândido, o ânimo belicoso dos indígenas foi apaziguado, retirando-se eles para a serra do Diabo, no pontal da confluência dos rios Paraná e paranapanema.

Como grandes proprietários figuravam, já então, Joaquim Machado de Melo, Augusto de Morais, Manoel Bento da Cruz e Elísio de Castro Fonseca. Como fundadores da cidade apontam-se, entre outros, João Máximo de Carvalho, Manoel da Silva Prates, Paulo Bim, Paulo Biagi, Pedro Storti, Manoel Inácio, Antônio Pacheco, João Vasconcelos e Aprígio Cardoso.

Hoje Araçatuba figura entre as comunas paulistas de maior desenvolvimento, graças à sua posição privilegiada, solo fértil, magnífico traçado e labor de sua gente.

GENTíLICO : ARAçATUBENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Araçatuba, por Lei Estadual nº 1580, de 20 de dezembro de 1917, no Município de Santana de Parnaíba (ex-Parnaíba).

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 01-IX-1920, figura como Distrito do Município de Penápolis.

Elevado à categoria de município com a denominação de Araçatuba, por Lei Estadual nº 1812, de 8 de dezembro de 1921, desmembrado do Município de Penápolis. Constituído do Distrito Sede. Sua Instalação verificou-se no dia 19 de fevereiro de 1922.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Araçatuba, se compõe de 2 Distritos: Araçatuba e Diabase.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o Município de Araçatuba compreende o único termo judiciário da comarca de Araçatuba e se divide em 4 Distritos: Araçatuba, Diabase, Guararapes e Valparaiso.

Lei estadual no 2833, de 05 de Janeiro de 1937, desmembra do Município de Araçatuba o Distrito de Guararapes.

Lei Estadual no 2859, de 08 de Janeiro de 1937, desmembra do Município de Araçatuba o Distrito de Valparaíso.

Em divisão territorial de 31-XII-1937 e no anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Araçatuba compreende o único termo judiciário da comarca de Araçatuba e se divide nos seguintes Distritos: Araçatuba, Diabase e Rinópolis.

Pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o Município de Araçatuba adquiriu o Distrito de Major Prado, do Município de Monte Aprazível.

Perdeu parte do território para o novo Município de Pereira Barreto, o Distrito de Alto Pimenta (ex-Diabase) para o Município de Valparaiso, e Rinópolis para o novo Município de Tupã. Em 1939-1943, o Município de Araçatuba é composto dos Distritos de Araçatuba e Major Prado, e é termo da comarca de Araçatuba , formada de 1 único termo, Araçatuba; e o termo de Araçatuba é formado por três Municípios: Araçatuba, Guararapes e Pereira Barreto.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Araçatuba ficou composto dos Distritos de Araçatuba e Major Prado, e constitui o único termo judiciário da comarca de Araçatuba, a qual é formada pelos Municípios de Araçatuba e Guararapes.

Permanece composto dos Distritos de Araçatuba e Major Prado, comarca de Araçatuba nos quadros fixados pelas Leis Estaduais nos 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30-XII-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Lei Estadual no 8092, de 28 de fevereiro de 1964 alterada a denominação do Distrito de Major Prado para Santo Antônio do Aracanguá (mudança de sede).

Em Divisão Territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 2 Distritos: Araçatuba e Santo Antônio do Aracanguá (Ex-Major Prado).

Lei Estadual no 7644, de 30 de dezembro de 1991, desmembra de Araçatuba o Distrito de Santo Antônio de Aracanguá (Ex-Major Prado).

Em Divisão Territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em Divisão Territorial datada de 15-VI-1997.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Araçatuba: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Araçatuba? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: