Início » Santa Catarina » Pinhalzinho


Pinhalzinho - Santa Catarina



Pinhalzinho, município brasileiro do estado de Santa Catarina. Encontra-se a uma latitude 26º50′53" sul e a uma longitude 52º59′31" oeste, estando a uma altitude de 515 metros. A população avaliada em 2010 era de 16.335 habitantes.

O município conta com um parque industrial diversificado, com destaque para o setor de agro-indústrias, madeireiro, têxtil e mecânico.

Um dos pontos fortes do município de Pinhalzinho é a educação. Conta hoje com cinco instituições de Ensino Superior, entre elas, a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), curso de Engenharia de Alimentos,a Universidade do oeste de Santa Catarina (UNOESC) e a Horus Faculdades. Em 2006, recebeu o prêmio de Melhor Gestão da Merenda Escolar, atribuído a poucos municípios do Brasil. No Estado de Santa Catarina obtém a 19ª colocação em qualidade do ensino.

História da cidade de Até 1931, o nome de Pinhalzinho era desconhecido. No local onde hoje se ergue à cidade, só havia mato. Predominavam pequenas matas de pinheiro, que futuramente designaria o surgimento do nome Pinhalzinho que hoje denomina o município.

Os primeiros moradores que habitaram a Região, conhecendo a fertilidade desta terra, vieram à procura de novas fontes de renda. Sua grande maioria era originária do Estado do Rio Grande do Sul.

Sob todos os aspectos, fizeram logo a divulgação entre seus familiares ainda residentes no Estado vizinho, começando assim a corrente imigratória trazendo grande leva de colonizadores, advindos dos mais diversos pontos. Deve-se também o início do povoamento à boa localização geográfica, sendo considerada como coração da Região Oeste Catarinense, devido à sua centralização.

Pinhalzinho, inicialmente era pertencente ao município de Chapecó, cuja jurisdição abrangia todo o Oeste de Santa Catarina. Posteriormente, seu território passou a pertencer ao município de São Carlos - SC, até então centro urbano mais próximo.

Devido a sua centralização, constituía-se como ponto intermediário aos visitantes e, aos poucos, foi tomando impulso, logo sendo elevado à categoria de distrito do município de São Carlos - SC, em 1956.

TURISMO

Pinhalzinho possui condições naturais favoráveis: clima ameno, topografia plana e predomínio da natureza. O município é conhecido pela hospitalidade, de seu povo simples e unido, por isso recebeu o nome de Capital da Amizade... é um ótimo lugar para se investir, principalmente em turismo de negócios. A tradição de crescimento traz para Pinhalzinho, empresas que procuram espaço para a sua instalação. O município também conta com recursos naturais como: rios, cascatas, matas nativas, oferecendo um potencial para o turismo ecológico e de lazer.

Em Pinhalzinho a etnia predominante é de origem alemã e italiana, e seu gentílico Pinhalense. O município está localizado no centro da microrregião Oeste do Estado de Santa Catarina, situando-se entre dois grandes centros, Chapecó e São Miguel do Oeste. Possui um território de 128,7 Km2 e população estimada de 14.410 habitantes, segundo dados do Sistema de Informação de Atenção Básica (SIAB) em 01 de junho de 2006. Num raio de 12 km, Pinhalzinho engloba outros 11 (onze) municípios comercialmente dependentes.

Cada vez mais as grandes soluções para gerar o desenvolvimento, passam pela cooperação e parceria. O Governo Municipal juntamente com a Associação Comercial e Industrial buscam parcerias e alternativas viáveis que visam o desenvolvimento econômico, social e político.

Nos últimos anos, Pinhalzinho desenvolveu-se muito no ramo industrial, esse crescimento ocorreu com o ritmo acelerado da globalização. A abertura econômica proporcionou as empresas o início das exportações, trazendo significativo crescimento para o setor econômico regional.

Hoje a administração do município está investindo na área do conhecimento, lazer e cultura, acreditando ser este mais um referencial de Pinhalzinho para os próximos ANOS.

CARACTERíSTICAS

Data de fundação - 30 de dezembro de 1961.

Data festiva - Primeiro fim de semana de maio (Rodeio Interestadual), junho (Festa de Santo Antônio), dezembro (Choppfest e aniversário da cidade).

Principais atividades econômicas - Graças ao trabalho de sua gente, Pinhalzinho é hoje um município em desenvolvimento. Sua economia distribui-se entre os setores da indústria, agricultura e comércio, predominando o setor industrial. Possui um comércio moderno e competitivo, prestação dos serviços básicos de qualidade, profissionais capacitados e grandes empreendedores. A agricultura, mesmo reduzida, possui boa produtividade. Conta ainda com serviços de segurança, saúde e educação, todos de boa qualidade, oferecendo aos pinhalenses, boas condições de vida. é por estas razões que o povo de Pinhalzinho gosta de viver aqui.

População - 12.300 habitantes.

Colonização - Italiana e alemã.

Principais etnias - Italiana e alemã.

Localização - Extremo oeste, a 670km de Florianópolis.

área - 152km2.

Clima - Mesotérmico úmido, com temperatura média 18°C.

Altitude - 660m acima do nível do mar.

Cidades próximas - Modelo, Sul Brasil, Nova Erechim, Saudades, águas Frias, União do Oeste.

RELAçãO DE TODOS OS PREFEITOS DE PINHALZINHO

Nome do Prefeito

Período

Guilherme Edgar Werlang (Provisório)

30/12/1961 a 30/01/1963

José Bruno Weber (1º Prefeito Eleito)

07/10/1962 a 31/01/1968

Alexandre Grando

21/02/1968 a 31/01/1969

Gabriel Schaff

31/01/1969 a 31/01/1973

Paulo Junqueira da Silva

31/01/1973 a 01/02/1977

Neuro Isidoro Bugnotto

01/02/1977 a 01/02/1983

José Wolschick Neto

31/12/1979 a 01/02/1983

Darci Fiorini

01/02/1983 a 01/01/1989

Clênio José Razera

01/01/1989 a 01/01/1993

10º

Remi João Stroher

01/01/1993 a 01/01/1997

11º

Darci Fiorini

01/01/1997 a 01/01/2001

12º

João Rodrigues

01/01/2001 a 06/04/2002

13º

Anecleto Galon

06/04/2002 a 01/01/2005

14º

Anecleto Galon

01/01/2005 a 01/01/2009

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Pinhalzinho, pela lei municipal nº 30, de 1205-1956. Desmembrado do distrito de Saudade, subordinado ao município de São Carlos. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Pinhalzinho figura no

município de São Carlos.

Elevado à categoria de município com a denominação de Pinhalzinho, pela lei estadual nº 780, de 07-12-1961, desmembrado de São Carlos. Sede no antigo distrito de Pinhalzinho ex-Povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-12-1961.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI- 1995. Pela lei municipal nº 1079, de 12-10-1995, é criado o distrito de Linha Machado e anexado ao município de Pinhalzinho. Pela lei municipal 1145, de 09-05-1997, o distrito de Linha Machado passa a denominar-se simplesmente Machado. Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 2 distritos: Pinhalzinho e Machado. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE -Histórico MUNICIPAL - www.pinhalzinho.sc.gov.br

Código do Município

4212908

Gentílico

pinhalense

Prefeito

MARIO AFONSO WOITEXEM

População
População estimada [2018]19.906 pessoas  
População no último censo [2010]16.332 pessoas  
Densidade demográfica [2010]127,44 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,2 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]7.875 pessoas  
População ocupada [2016]41,2 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]20,8 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]99,2 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6.2  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.9  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.222 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]533 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]122 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]58 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]5 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]3 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]49.338,21 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]75,5 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.783  
Total de receitas realizadas [2017]67.858,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]53.171,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]11,32 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,7 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]3 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]128,159 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]94,9 %  
Arborização de vias públicas [2010]66,1 %  
Urbanização de vias públicas [2010]29,4 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Pinhalzinho: Imagens da cidade e Região

imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-1
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-2
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-3
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-4
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-5
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-6
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-7
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-8
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-9
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-10
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-11
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-12
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-13
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-14
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-15
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-16
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-17
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-18
imagem de Pinhalzinho+Santa+Catarina n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Pinhalzinho e arredores.


Você conhece a cidade de Pinhalzinho? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: