Início » Santa Catarina » Itá


Itá - Santa Catarina



Itá faz parte do estado de Santa Catarina. Encontra-se a uma latitude 27º17′26" sul e a uma longitude 52º19′23" oeste, estando a uma altitude de 385 metros. A população avaliada em 2004 era de 6 829 habitantes. Possui uma área de 166,17km².

A cidade de Itá foi fundada em 1919, em 7 de Janeiro de 1924 foi elevada á categoria de Distrito, e em 13 de dezembro de 1956 adquiriu sua emancipação político-administrativa tornando-se município. Situada no vale do Rio Uruguai, um dos principais rios de Santa Catarina, a cidade sobrevivia de um pequeno comércio local, produtos como a uva, a cachaça e em consequência da cachaça o açúcar, rapadura, marmelada, melado e o bagaço da cana.

A cidade nova foi construída devido a criação da Usina Hidrelétrica de Itá, aproveitando um desnível de 105 metros, a usina teria uma capacidade instalada de 1.450 MW. A água represada do rio Uruguai cobriria toda a área da cidade então a prefeitura e a estatal (Eletrosul) responsáveis pela obra da usina indenizaram as famílias e começaram as obras para a construção da nova cidade de Itá, ao lado da velha cidade mas a uma altitude maior. Quando as águas do rio Uruguai inundaram a cidade velha, restaram visíveis apenas as torres da velha igreja, que hoje serve como ponto turístico para a cidade.

História da cidade de Itá

Os primeiros colonizadores partiram através de uma picada de 60 kilômetros da ferroviária de Barros, hoje cidade de Gaurama, Rio Grande do Sul, atravessaram os povoados de Santo Antônio, Três Arroios e Dourados e seguiram até as margens do Rio Uruguai.

Em 1919, a Empresa Colonizadora Luce Rosa & Cia. Ltda da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, instalou-se nessas terras para a colonização. O Senhor Theodoro Scheuble e sua esposa Helga (ambos de nacionalidade alemã) juntamente com seus filhos vieram de São Paulo, localizando-se em 21 de maio de 1919 nas proximidades da futura povoação tornado assim a família Schauble o pioneiro na colonização deste Município.

Ainda em 1919, aos 31 de Setembro, os Senhores Valentin Bernardi, Pedro e ongelo Paludo, juntamente com seus familiares estabeleceram-se e lotearam o local, e o caboclo Luis de Campos batizou este lugar com o nome de Itá, que em língua Tupi Guarani quer dizer Pedra.

De 1947 a 1951 foi construída e primeira Usina Hidrelétrica em Itá, que se chamava Cooperativa Força e Luz Itaense de Representação Ltda. A Usina entrou em operação no dia 08 de Maio de 1952, e foi inaugurada oficialmente na data de 02 de outubro de 1952 com a presença do Governador Irineu Bornausen. Ficava localizada a 9 quilômetros da Sede Itá e operou até os meados de 1967/68, quando a Celesc ofereceu energia estadual.

Em 1967, a população de Itá assustou-se quando pousou na olaria do Sr. João Martini um helicóptero, na ocasião a população não sabia o motivo mas vazou uma informação de que era para avaliação do Rio Uruguai para a construção de uma Usina. Em 1977 a Eletrosul firmou contrato com CNES (Consórcio Nacional de Engenheiros S.A), sobre novos estudos para o aproveitamento do Rio Uruguai. Em 1978, a população de Itá recebia a notícia da construção de uma Usina, onde a Cidade iria desaparecer.

Em 1979 os estudos de revisão feitos pela Eletrosul sobre o Rio Uruguai eram concluídos para a construção da Usina Hidrelétrica. Como a cidade de Itá seria completamente submersa pelas águas do reservatório da Usina, uma nova sede municipal teve de ser pensada e planejada.

No ano de 1981, em 13/12 acontece a visita do governador do Estado, Jorge Konder Bornhhausen e do Presidente da ELETROSUL, Telmo Tompson Flores. Neste ano, foi feito lançamento do marco fundamental da cidade nova.

No final da década de 80, em virtude na redução do aporte de recursos federais houve uma diminuição no ritmo das obras. Em função da diminuição dos recursos, ocorre a coexistência de duas cidades.

Em 1994 foi realizada a última missa na Paróquia São Pedro (cidade velha). Em 13 de dezembro de 1996 foi inaugurada a cidade nova.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Itá, pela Lei Municipal n.º 62, de 07-01-1925, subordinado ao município de Cruzeiro.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Itá figura no município de Cruzeiro.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 635 de 12-07-1934, transfere o distrito de Itá do município de Cruzeiro para o novo município de Concórdia.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Itá figura no município de Concórdia.

Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o distrito de Itá figura no município de Concórdia.

Pela Lei Estadual n.º 133, de 30-12-1953, desmembra do município de Concórdia o distrito de Itá. Para forma o novo município de Seabra.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o distrito de Itá figura no município de Seabra.

Elevado à categoria de município com a denominação de Itá, pela Lei Estadual n.º 268, de 13-11-1956, desmembrado de Seabra. Sede no antigo distrito de Itá. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-12-1956.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de distrito sede.

Pela Lei Estadual n.º 776, de 1-12-1961, é criado o distrito Paial e anexado ao município de Itá.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Itá e Paial.

Pela Lei Estadual n.º 9.862, de 04-07-1995, desmembra do município de Itá o distrito de Paial. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

Fonte: Prefeitura Municipal

Código do Município

4208005

Gentílico

itaense

Prefeito

JAIRO LUIZ SARTORETTO

População
População estimada [2018]6.209 pessoas  
População no último censo [2010]6.426 pessoas  
Densidade demográfica [2010]38,75 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,7 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.776 pessoas  
População ocupada [2016]28,1 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]23,4 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,4 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,5  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,5  
Matrículas no ensino fundamental [2017]827 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]200 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]71 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]31 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]4 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]2 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]34.909,53 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]87,6 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,771  
Total de receitas realizadas [2017]47.397,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]39.172,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]22,73 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]9 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]6 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]165,869 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]65,7 %  
Arborização de vias públicas [2010]84,9 %  
Urbanização de vias públicas [2010]30,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itá: Imagens da cidade e Região

imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-1
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-2
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-3
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-4
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-5
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-6
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-7
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-8
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-9
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-10
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-11
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-12
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-13
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-14
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-15
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-16
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-17
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-18
imagem de It%C3%A1+Santa+Catarina n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Itá e arredores.


Você conhece a cidade de Itá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: