Início » Rio Grande do Sul » Segredo


Segredo - Rio Grande do Sul



Segredo faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

O nome do município está relacionado ao assassinato do Sr. Abel Batista da Silva, casado com Dna. Maria Francisca da Silva, e proprietário de uma quantia considerável de terras na região. O aparecimento de um corpo jogado num arroio da localidade, atribuído ao Sr. Abel, nunca foi comprovado. A morte dele implicou no julgamento de um empregado, Salvador Carvalho, e do escravo Benjamin que, a mando de Dna. Chica teriam assassinado o patrão. O empregado foi condenado a 12 anos de prisão e o escravo morreu açoitado.

O arroio onde apareceu o corpo ficou denominado de arroio do Segredo, dando origem ao nome da localidade. Ficção ou realidade, o certo é que ficou marcado na memória do povo, corroborada pela tradição oral.

História da cidade de SEGREDO

Recentemente, despontou, no vale do Rio Pardo, o Município de Segredo. Parte da localidade estava ligada político-administrativamente a Sobradinho e, outra, pertencia a Soledade. Aí, está oculto um processo histórico, rico em fatos, guardados na lembrança do povo.

Segredo é uma sociedade de base tradicional agrícola, onde se trabalha de sol a sol, como se costuma dizer na região. O trabalho é árduo e o tempo marcado pela safra, plantio, colheita e entressafra.

A sociedade marca fatos, os quais se podem destacar: sua organização inicial em torno de 1920, o seu cotidiano árduo (de um trabalho difícil), o movimento messiânico dos Monges Barbudos e o processo de emancipação com suas fases de lutas do povo segredense pela autonomia político administrativa. A emancipação é um marco inicial, sintoma do progresso do Município de Segredo, onde seguem destacando vários cidadãos, conscientes da causa pública. Com a emancipação, vieram as melhorias nas áreas da construção de escolas, postos de saúde, bancos, abertura e ampliação de estradas, bem como realização de estudos, a fim de melhor aproveitar o solo.

A origem do nome de nossa cidade se deu pelo assassinato do Sr. Abel Batista da Silva, casado com D. Maria Francisca da Silva e proprietário de uma quantia considerável de terras na região. O aparecimento de um corpo, atirado num arroio da localidade atribuído ao do Sr. Abel, nunca foi comprovado. A morte dele implicou no julgamento de um empregado, Salvador Carvalho, e do escravo Benjamim. O empregado foi condenado a doze anos de prisão, e o escravo morreu açoitado.

O arroio, onde apareceu o corpo, ficou cognominado de ARROIO SEGREDO, dando origem ao nome da localidade. Ficção ou realidade, o certo é que o fato ficou marcado na memória do povo, corroborada pela tradição oral.

Pelas informações colhidas, conclui-se que a região foi colonizada por açorianos, italianos e os alemães, a partir da década de 1920. Os colonos proviam de outras localidades do Rio Grande do Sul, como Nova Palma, Nova Treviso, Faxinal do Soturno, São João do Polêsine e Arroio do Tigre.

A população do Município é basicamente de origem Alemã e Italiana, sendo que as religiões predominantes são, as Católicas Apostólicas Romanas, Evangélicas de Confissão Luterana, Igreja Assembléia de Deus Gideões Missionários e Assembléia Universal do Reino de Deus.

2 - ASPECTOS FíSICOS DE SEGREDO

2.1- Localização

O Município de Segredo está localizado na região centro oeste do estado, pertencendo a região do Vale do Rio Pardo e Fazendo parte da Associação dos Municípios do Centro Serra (AMCSERRA).

Emancipou-se de Sobradinho em 05 de maio de 1988. Distante 280 Km da capital de estado, e possui 04 distritos: Bela Vista, Tamanduá, Serrinha Velha e Sede.

Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL

Autor do Histórico: NEI OLIVEIRA PEREIRA

Código do Município

4320263

Gentílico

segredense

Prefeito

VALDIR JOSE RODRIGUES

População
População estimada [2018]7.399 pessoas  
População no último censo [2010]7.158 pessoas  
Densidade demográfica [2010]28,93 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,3 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]571 pessoas  
População ocupada [2016]7,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]38,4 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,5 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]-  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]-  
Matrículas no ensino fundamental [2017]912 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]179 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]86 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]17 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]8 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]15.893,00 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]78,4 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,659  
Total de receitas realizadas [2017]25.045,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]20.376,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]17,24 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]6 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]245,809 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]8,2 %  
Arborização de vias públicas [2010]79,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]55,3 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  10. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  11. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  15. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  16. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  17. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  18. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  19. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  20. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  21. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  22. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  23. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  24. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  25. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Segredo: Imagens da cidade e Região

imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-1
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-2
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-3
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-4
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-5
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-6
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-7
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-8
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-9
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-10
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-11
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-12
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-13
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-14
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-15
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-16
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-17
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-18
imagem de Segredo+Rio+Grande+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Segredo e arredores.


Você conhece a cidade de Segredo? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. mauricio dos santos pimenta's avatarmauricio dos santos pimenta

    eu morei no interior da cidade rincao nosasenhora a paresida e fui registrado no cartorio da cidade oge moro em porto alegre mas sinto muita fauta da i por que e uma cidade muito lindo de morar

    #1 – 21/12/2015 - 02:45

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: