Início » Rio Grande do Sul » São Valentim


São Valentim - Rio Grande do Sul



São Valentim é um município do estado brasileiro do Rio Grande do Sul. Localizado na Serra Geral do estado, possui uma população de 3.996 habitantes. Pertence à Mesorregião do Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião de Erechim.

Foi por volta de 1920 que registraram-se os primeiros moradores à colonizarem São Valentim, são eles as famílias de Pedro Meneghetti e João Sarolli. Registra-se também que por volta dessa época, Reinaldo Ducatti comprara as diversas benfeitorias de um tal de Venuto, antigo morador local. Somados à algumas famílias de caboclos que já moravam na região e à família de Setembrino Alves que tinha suas terras próximas a atual localidade de Vista Alegre, o município começou a tomar forma. Em 1920 foi construída a primeira capela dedicada ao santo Valentim, e em 1924 realizou-se a primeira aula particular, patrocinada pelo município, foi regida pela professora Marieta Padoin Durante a década de 20, São Valentim começou a desenvolver-se com a chegada das famílias dos irmãos Ártico e Nulli Faé, Antônio Moro, José Rampanelli, Ângelo Baldissera e os comerciantes Irmãos Sonda e Irmãos Zaffari.

Em 2008 foi encontrado um grande círculo em uma área rural do município, supostamente tal símbolo fora feito por OVNIs, o que gerou uma forte especulação e curiosidade local, ainda tendo repercussão em mídia nacional.

História da cidade de São Valentim Rio Grande do Sul - RS

A área emancipada de São Valentim em 06 de junho de 1959 era de 550 km quadrados, com abrangência pelas regiões hoje pertencentes aos municípios de Entre Rios do Sul, Faxinalzinho e Benjamim Constant. A colonização e povoamento da sede convergiu dos dois extremos da área pertencente a São Valentim até o ano de 1988. Na faixa norte, região do Votouro, indígenas das tribos Kainganges e Guarani, migraram da região central da América do Sul, ocupam 100 colônias e ali se estabeleceram ainda no século 18.

Na segunda metade do século passado o Votouro e adjacências passou a receber migrantes da região de Nonoai, onde o Passo do Goio-En servia de passagem para os tropeiros de mulas que se deslocavam entre o Rio Grande do Sul e feira de Sorocaba em São Paulo. A região mais próxima de Erechim foi acessada através da região da Vila Ungre (Campinas do Sul) e Floresta ( Barão de Cotegipe).

Os primeiros moradores do primitivo núcleo habitacional localizado a beira da estrada que liga Erechim a Nonoai, na linha sete, II Secção Cravo - atual São Valentim, foram João Saroli, Pedro Meneghetti. Já existiam algumas famílias de caboclos, entre eles, Setembrino Alves, que tinha terras na região de Vista Alegre. Setembrino era gaiteiro e se orgulhava de tocar um instrumento que garantia ter recebido das mãos do empresário Túlio Veronese, fabricante de acordeon em Bento Gonçalves.

O povoado de São Valentim começou a se desenvolver com a chegada dos irmãos,ártico e Nulli Marcos Faé; Antônio Moro, Alberto Deboni, Antônio Pascoal, JoséRampenelli, ongelo Baldissera; os comerciantes irmãos Zaffari e irmãos Sonda. Em 1920 foi construída a primeira capela dedicada a São Valentim. Em 1924, a escola particular subvencionada pelo município de Erechim, atendida pela professora Marieta Padoin. O Dr. Salim Farret foi o primeiro médico, chegando em 1930.

Em 1923 o Rio Grande do Sul vivia mais uma revolução e o território de São Valentim foi palco de alguns confrontos. Os moradores assistiram muitas vezes a passagem de forças revolucionárias (de Assis Brasil) e governistas (de Borges de Medeiros) . Em Votouro foi organizado um contigente revolucionário comandado pelo capitão José (Zeca) Ferreira. Num confronto que manteve com forças legalistas dia 3 de março de 1923, Zeca Ferreira derrotou o capitão Jaime José Machado. Em 19 de setembro, novamente em Votouro, o coronel rebelde João Bento de Souza foi derrotado pelo governista Tenente Coronel Edmundo Dalmacio de Oliveira, que após a vitória rumou para Erechim onde ocupou a vila. Mais tarde São Valentim voltaria a sediar movimentos revolucionários. Desta vez envolvendo Gaudêncio dos Santos e João Inácio, no Tapir e Vau Feio, respectivamente.

Gentílico: valentinense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de São Valentim, por ato municipal nº 242, de 12-04-1930, subordinado ao município de Erechim.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de São Valentim figura no município de Erechim.

Pelo decreto estadual nº 7199, de 31-03-1938, o município de Erechim passou a denominar-se José Bonifácio.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de São Valentim figura no município de José Bonifácio.

Pelo decreto-lei estadual nº 720, de 29-12-1944, o município de José Bonifácio voltou a denominar-se Erechim.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de São Valentim figura no município de Erechim.

Elevado à categoria de município com a denominação de São Valentim, pela lei estadual nº 3724, de 17-02-1959, desmembrado de Erechim. Sede no antigo distrito de São Valentim. Constituído do distrito sede. Instalado em 06-06-1959.

Pela lei municipal nº 4, de 28-07-1959, são criados os distritos de Benjamin Constant e Faxinalzinho e anexados ao município de São Valentim.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: São Valentim, Benjamin Constant e Faxinalzinho.

Pela lei municipal nº 67, de 04-10-1963, é criado o distrito de Vila Alegre e anexado ao município de São Valentim.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: São Valentim, Benjamin Constant, Faxinalzinho e Vila Alegre.

Pela lei estadual nº 8624, de 12-05-1988, alterada pela lei estadual nº 9011, de 1101-1990, desmembra de São Valentim o distrito de Faxinalzinho. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 8614, de 09-05-1988, desmembra de São Valentim o distrito de Entre Rios do Sul ex-Vila Alegre. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 2 distritos: São Valentim e Benjamin Constant.

Pela lei estadual nº 10645, de 28-12-1995, desmembra do município de São Valentim o distrito de Benjamim Constant. Elevado à categoria de município com a denominação de Benjamim Constant do Sul.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


São Valentim: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de São Valentim? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: