Início » Rio Grande do Sul » Gramado


Gramado - Rio Grande do Sul



Gramado é um município do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. Encontra-se na Serra Gaúcha, mais precisamente na Região das Hortênsias, a uma latitude 29º 22′ 44" sul e a uma longitude 50º 52′ 26" oeste, estando a uma altitude de 830 metros. A população avaliada em 2009 é de 33 706 habitantes. Possui uma área de 237,019 quilômetros quadrados. Seu principal acesso se dá através da RS-115, embora também seja atendida pelas rodovias RS-235 e RS-373.

Sua demografia é etnicamente variada, com forte influência alemã e italiana, o que se reflete especialmente na culinária e na arquitetura urbana e rural.

História da cidade de GRAMADO RIO GRANDE DO SUL Monografia - n.º 555 Ano: 1973

ASPECTOS HistóricoS CORRIA O ano de 1875 quando chegaram as terras do atual Município os primeiros colonizadores, José Manoel Corrêa e cinco filhos homens, que se estabeleceram onde hoje assenta a Cidade, e Trintão José Francisco de Oliveira e Leonor Gabriel de Souza, que se fixaram no local chamado Linha 28.

Com o decorrer do tempo, descendentes dos primitivos imigrantes alemães e italianos se estabeleceram na região. Ate 1904, era o território parte integrante do Município de Taquara, então Taquara do Mundo Novo, do qual veio a tornar-se o 5.° distrito, com sede em Linha Nova. No mesmo ano era criado um Cartório de Notas e Registro Civil. Entre os habitantes que mais contribuíram para o desenvolvimento do Distrito, figuram João Leopoldo Lied, escrivão, José Nicoletti Filho, 1.° subintendente do Município, Pedro Benetti, comerciante, e outros.

Em 17 de janeiro de 1913, verificou-se a transferencia da sede distrital para o local onde hoje se ergue a Cidade. A princípio, fora escolhida a denominação de Dinizópolis, em homenagem a Diniz Martins Rangel, na época chefe político e Intendente de Taquara. A opção pelo novo sitio devia-se à notícia de que uma ferrovia iria passar por ali.

Prevaleceu o topônimo Gramado, inspirado na existência de um terreno recoberto de grama e com frondosas árvores, utilizado como local de parada e repouso de viajantes. Em 1914, concluiu-se a construção de uma capela, e a 7 de maio de 1917 era criada a paróquia de São Pedro.

Era já então evidente o progresso, tornado manifesto pela instalação de uma Agência do Correio e de um escritório do Banco Nacional do Comércio em 1918; de iluminação elétrica, dois anos depois, fornecida por usina própria, e pela chegada, em 1919, dos trilhos da Viação Férrea do Rio Grande do Sul, facilitando o intercâmbio comercial com outras praças do Estado.

A 6 de fevereiro de 1 926, inaugurava-se a Exatoria Estadual. Compunham a população do Distrito cerca de 60 famílias, com 3.500 pessoas, nos povoados de Caracol, Linha Nova, Linha Bonita, Pedra Branca, Várzea Grande, Renania, Tapera, Morro Redondo, Linha ávila, Marcondes, São Roque, Linha Araripe, Linha 15, Linha 28, Serra Grande, Moreira Mascarenhas, Furna, Canelinha, Picada, Quilombo, Moleque, Campestre, Caboclos, destacando-se o de Canela, ponto terminal da linha férrea.

Com o correr do tempo, novos melhoramentos se sucedem: em 1930, cinema; em 1933, inauguração de um educandário católico; em 1935, construção da igreja-matriz; em 1937, instalação do Hospital Santa Terezinha; em 1948, outro hospital, e em 1951 o asfaltamento da principal rua da Cidade. Algumas industrias iniciam suas atividades e o comercio desenvolve-se. Contribui para maior projeção de Gramado o fato de ser procurado o Distrito como estação de veraneio.

Em 1948, frustra-se uma tentativa de emancipação. Em 1951, organiza-se uma comissão Pró-Melhoramentos de Gramado, constituída de três membros: Wartel Bertolucci, presidente, Hugo Daros secretario e Eusebio Balzaretti, tesoureiro. A 15 de dezembro de 1954, a Lei Estadual n.º 2.522 cria o Município de Gramado, acentuando-se o desenvolvimento, em todos os setores, e passando a formar entre as mais importantes cidades turísticas do Estado, famosa por suas belezas naturais.

Formação Administrativa EM Divisão administrativa referente ao ano de 1911 o Distrito de Linha Nova, criado segundo atos municipais nº 72 e 80-A, de 19 de abril e 10 de novembro de 1904, pertencia ao Município de Taquara do Mundo Novo - atual Taquara.

Já em 1933, o Distrito de Linha Nova deixava de figurar no quadro territorial, surgindo o de Gramado, criado com sede em Linha Bonita (Ato municipal 80-A, de 10 de novembro de 1904), transferido para a sede de Gramado, segundo Ato municipal n.° 139 de 17 de janeiro de 1913.

Pelas divisões territoriais de 1936/37 e segundo quadro anexo ao Decreto estadual n.° 7.199, de 31 de marco de 1938, o Distrito de Gramado integrava ainda o Município de Taquara. A situação não se alterou ao ser fixado novo quadro territorial pelo Decreto estadual n.° 7.842, de 30 de junho de 1939 para vigorar no quinquênio 1939-43. Esse Decreto baixado em virtude de autorização contida no Decreto-lei federal n.º 1.307, de 31 de maio de 1939, confirmou o disposto pelo Decreto estadual n.° 7.643, de 28 de dezembro de 1938. No quinquênio 1944-48 e na divisão territorial de 1.° de julho de 1950 não houve modificação.

Por Lei estadual n.° 2.522, de 15 de dezembro de 1954, o Distrito de Gramado foi elevado a categoria de Município. Segundo divisão territorial de 1.° de julho de 1955, constituía-se do distrito único do mesmo nome, formando o termo também único da Comarca de Gramado, de 1.ª entrância, com jurisdição estendida ao Município de Nova Petrópolis.

Fonte: IBGE

Código do Município

4309100

Gentílico

gramadense

Prefeito

JOÃO ALFREDO DE CASTILHOS BERTOLUCCI

População
População estimada [2018]35.875 pessoas  
População no último censo [2010]32.273 pessoas  
Densidade demográfica [2010]135,70 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,4 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]22.621 pessoas  
População ocupada [2016]64,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]20,6 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]96,9 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5.7  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]4.521 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.113 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]286 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]79 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]23 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]5 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]51.082,22 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]40,6 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.764  
Total de receitas realizadas [2017]233.602,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]216.721,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]9,33 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]13 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]237,827 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]91,5 %  
Arborização de vias públicas [2010]76,3 %  
Urbanização de vias públicas [2010]23,5 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Gramado: Imagens da cidade e Região

imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-1
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-2
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-3
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-4
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-5
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-6
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-7
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-8
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-9
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-10
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-11
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-12
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-13
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-14
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-15
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-16
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-17
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-18
imagem de Gramado+Rio+Grande+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Gramado e arredores.


Você conhece a cidade de Gramado? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: