Início » Rio Grande do Sul » Farroupilha


Farroupilha - Rio Grande do Sul



Farroupilha faz parte do estado do Rio Grande do Sul. Está localizado na região metropolitana de Caxias do Sul.

Farroupilha é caracterizada por ser o berço da colonização italiana no Rio Grande do Sul e em Imigração italiana em Santa Catarina. As primeiras famílias de imigrantes desembarcaram na localidade que posteriormente passaria a chamar-se Nova Milano (atual distrito de Farroupilha) em maio de 1875, vindas da região de Milão, ao norte da Itália.

A estrutura do município de Farroupilha começou a tomar forma quase que imediatamente à instalação das primeiras famílias de imigrantes em Nova Milano. Segundo dados históricos, entre 1885 e 1886, na Colônia Sertorina, que ficava em parte dentro do atual território farroupilhense, entre Linha Palmeiro (Bento Gonçalves) e a 1ª e 2ª Léguas (Caxias do Sul) Feijó Junior, dono das terras, instalou uma comunidade habitada por imigrantes italianos, principalmente trentinos e trevisanos.

História da cidade de FARROUPILHA RIO GRANDE DO SUL Monografia - n° 522 Ano: 1972

ASPECTOS HistóricoS: o território do atual Município de Farroupilha começou a ser povoado em 1875, quando as primeiras famílias de colonos italianos, oriundas de Olmate Monza, se estabeleceram a cerca de 8 km para o sul da cidade, na localidade que posteriormente passaria a chamar-se Nova Milano (atual distrito de Farroupilha). Estevão Crippa, Luiz Sperafico e Thomaz Radaelli, com seus familiares, só encontraram nessas terras um índio semicivilizado a quem passaram a chamar Luís Bugre.

Os gêneros alimentícios necessários à manutenção dos colonos, custeados por verbas governamentais, tinham de ser adquiridos na povoação de Feliz, Município de Caí, a 30 km do local. A região era ainda inexplorada e as dificuldades que os colonos enfrentavam levava a maioria dos que ali arribavam a desistir e recuar para regiões mais amenas.

Aquelas três famílias pioneiras, porém, não se atemorizaram e apesar de terem, não raro, como único alimento o pinhão nativo, empreenderam a brava tarefa de vencer a natureza bruta e iniciar uma agricultura regular.

A estrutura do município de Farroupilha começou a tomar forma quase que imediatamente à instalação das primeiras famílias de imigrantes em Nova Milano. Segundo dados históricos, entre 1885 e 1886, na Colônia Sertorina, que ficava em parte dentro do atual território farroupilhense, entre Linha Palmeiro (Bento Gonçalves) e a 1ª e 2ª Léguas (Caxias), Fiejó Junior, dono das terras, instalou uma comunidade habitada por imigrantes italianos, trentinos e trevisanos.

Em 1876, o propósito de prosseguir na colonização levava as autoridades a construírem um barracão para abrigo de novos imigrantes, no local que ficou primeiramente chamado Barracão e mais tarde passou denominar-se Nova Milano. Nesse ano, novo grupo de colonos, procedente de Vicenza, Itália, instalou-se a 12 km ao norte do povoado de Barracão, em local a que deram o nome de Nova Vicenza.

O núcleo de Nova Vicenza prosperou com rapidez, favorecido pela circunstância de situar-se no entroncamento das estradas que conduziam às colônias de Caxias, Conde D′Eu e Santa Izabel.

A população, organizada e cheia de vontade, fez logo prosperar o lugarejo. Conseguiram um padre permanente e a instalação de uma escola, sob a responsabilidade das irmãs da congregação de São Carlos. Não havia ainda estradas na Colônia Sertorina. Era utilizada a estrada Caxias do Sul - Bento Gonçalves, que corria junto à linha do limite Norte da Colônia Sertorina. Enquanto isso, Nova Milano, situada fora da Colônia Sertorina, localizada a cerca de 8 Km ao Sul de Nova Vicenza, também progredia.

Em 1º de junho de 1910 foi inaugurada a ferrovia Montenegro-Caxias do Sul. A linha férrea passou entre as duas localidades, tendo sida construída a estação de trem e o armazém da ferrovia onde hoje é área central de farroipilha. A estação foi denominada "Nova Vicenza" e em torno da mesma começou a surgir um novo núcleo habitacional.

O surgimento de casas comerciais às margens do seu leito, determinou a mudança do núcleo central de Nova Vicenza mais para o sul e a transferência consolidou-se no ano seguinte, graças à construção da rodovia estadual Júlio de Castilhos que iniciava em São Sebastião do Caí, passava por Nova Milano, estação Nova Vicenza, pela Nova Vicenza original, seguindo até Antônio Prado, dando mais força à expansão do novo núcleo urbano, esvaziando populacional e economicamente Nova Milano e a outra comunidade, a primeira Nova Vicenza.; atravessando o povoado ainda em formação e atraindo intenso movimento de tráfego, a estrada transformou Nova Vicenza em centro comercial da região, escoadouro de toda a produção da zona.

Em 1927, Nova Vicenza passou a sede do 2.° distrito de Caxias do Sul. A 11 de dezembro de 1934, o Interventor Federal José Antônio Flores da Cunha elevava os 2.º e 6.° distritos de Caxias (Nova Vicenza e Nova Milano), o 3.° de Bento Gonçalves (Jansen), e o 9.° de Montenegro (Nova Sardenha) à categoria de Município, com a denominação de Farroupilha.

Formação Administrativa

O DISTRITO foi criado pelo Ato municipal n.° 38, de 25 de setembro de 1902, no Município de Caxias,

com o nome de Nova Milano. Quando da transferência de sua sede para a povoação de Nova Vicenza,

determinada pelo Ato municipal n.° 84, de 21 de dezembro de 1917, o distrito passou a denominar-se

Nova Vicenza, continuando como integrante do Município de Caxias.

O Decreto estadual n.° 5.779, de 11 de dezembro de 1934, criou o Município, com território desmembrado dos de Caxias, Bento Gonçalves e Montenegro. Ao ser baixado o Decreto estadual n.°

7.199 de 31 de março de 1938, compunha-se o Município dos 4 distritos: Farroupilha (sede), Flores da Cunha (mais tarde Jansen), Nova Sardenha e Nova Milano (posteriormente Nova Milão). O Decreto estadual n.° 7.842, de 30 de junho de 1939, alterou os topônimos Nova Sardenha, que passou a Cajuru, e Nova Milão a Emboaba.

Pelo disposto no Decreto-lei estadual n.° 720, de 29 de dezembro de 1949, o Município adquiriu para o distrito de Emboaba parte do território do de Nova Palmira, do Município de Caí, continuou com 4 distritos, mas sofreu nova modificação toponímica, passando o distrito de Cajuru a denominar-se Caruara.

Por força de Lei municipal n.° 36, de 4 de julho de 1949, Emboaba retorna ao antigo nome de Nova Milano, e, pela Lei municipal n.° 578, de 10 de agosto de 1962, o distrito de Caruara volta à denominação de Nova Sardenha.

Atualmente, o Município se constitui dos distritos de Farroupilha, Jansen, Nova Milano e Nova Sardenha.

FARROUPILHA era termo judiciário da Comarca de Caxias que, a partir de 1944, passou a denominar-se Caxias do Sul. Atualmente é sede de Comarca de 2.ª entrância.

Fonte: IBGE

Código do Município

4307906

Gentílico

farroupilhense

Prefeito

CLAITON GONÇALVES

População
População estimada [2018]71.570 pessoas  
População no último censo [2010]63.635 pessoas  
Densidade demográfica [2010]176,57 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]30.888 pessoas  
População ocupada [2016]44,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]20,5 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,5 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,8  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5,3  
Matrículas no ensino fundamental [2017]7.777 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]2.086 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]527 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]137 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]40 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]8 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]44.752,07 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]67,7 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,777  
Total de receitas realizadas [2017]258.342,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]212.321,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,83 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,4 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]16 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]361,683 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]91,3 %  
Arborização de vias públicas [2010]85,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]34,9 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Farroupilha: Imagens da cidade e Região

imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-1
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-2
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-3
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-4
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-5
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-6
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-7
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-8
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-9
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-10
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-11
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-12
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-13
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-14
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-15
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-16
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-17
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-18
imagem de Farroupilha+Rio+Grande+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Farroupilha e arredores.


Você conhece a cidade de Farroupilha? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: