Início » Rio Grande do Sul » Barão de Cotegipe


Barão de Cotegipe - Rio Grande do Sul



Barão de Cotegipe é uma cidade do interior do estado do Rio Grande do Sul. Diferente de sua região, que apresenta um clima subtropical úmido, Barão de Cotegipe possui um clima quente e seco.

Barão de Cotegipe está localizado na região do Alto Uruguai e seu território foi desmembrado do município de Erechim, do qual era Distrito.

Sua área é de 309 km2 e compreende parte das secções Paiol Grande, Mocambo, Tapir, Rio Azul, Palomas e 2a. secção Cravo. Em 1 de junho de 1964, teve sua emancipação decretada pela Lei 4737 O Município de Barão de Cotegipe iniciou seu povoamento por volta do ano de 1911, quando, aos poucos, foram chegando os colonizadores italianos, poloneses, ucranianos, lituanos e caboclos; surgia na Região do Alto Uruguai um novo povoado que se chamou primeiramente Floresta, e com o trabalho persistente dos colonizadores, teve sua emancipação no dia 23 de janeiro de 1965, levando o nome de Barão de Cotegipe em homenagem ao Estadista João Maurício Wanderley, braço direito do imperador Pedro I do Brasil, que visitou a localidade na época.

História da cidade de Barão de Cotegipe Rio Grande do Sul - RS

O Município de Barão de Cotegipe iniciou seu povoamento por volta do ano de 1911, quando, aos poucos, foram chegando os colonizadores italianos, poloneses, ucranianos, lituanos e caboclos; surgia na Região do Alto Uruguai um novo povoado que se chamou primeiramente Floresta, e com o trabalho persistente dos colonizadores, teve sua emancipação no dia 23 de janeiro de 1965, levando o nome de Barão de Cotegipe em homenagem ao Estadista Maurício Vanderlei, braço direito do imperador D. Pedro I, que visitou a localidade na época.

O município de Barão de Cotegipe. encontra-se ao Norte do Estado do Rio Grande do Sul, dentro da Região do Alto Uruguai, Micro - Região 326. Limita-se com os Municípios de Erechim (10Km), São Valentim (18 Km), Itatiba do Sul (35km), Barra do Rio Azul (28Km), Ponte Preta (15 Km), Paulo Bento (6Km). Em relação à Capital Porto Alegre distancia-se 290.4569 Km. tendo como rodovia de acesso a RS 480.

Possui uma população de 6.519 habitantes de acordo com a Contagem polupalcional 2007, sendo

3.697 na zona urbana e 2.822 na zona rural. Possui uma área de 259.91 Km.

A cidade é cortada por três rios principais: Rio Jupirangaba, Lajeado Paiol Grande e

Lajeado Barbaquá.

Barão de Cotegipe está a uma altitude de 687 m. acima do nível do mar. Com um clima temperado, com chuva anual de 1422 mm.(média). A vegetação é de mata nativa com arbustos, árvores frutíferas e pastagens nativas.

Quanto ao perfil dos setores produtivos, Barão de Cotegipe caracteriza-se pela predominância do Setor Primário. Os principais produtos agrícolas cultivados são milho, trigo, soja e feijão. Além desses produtos, há um expressivo cultivo de erva-mate. A economia está baseada na agricultura familiar, sendo que esta representa 66% da renda do município, com aproximadamente 900 propriedades de agricultores familiares, possuindo diversas agroindústrias. O município possui a maior produção de frangos da região e também destaca-se na produção de leite, suínos, erva-mate, uva, grãos e fruticultura. Como potencialidade na geração de emprego e renda urbana destacam-se as industrializações da erva-mate, distribuidoras de medicamentos, fábricas de jóias, indústrias moveleiras, malharias, serralherias, fábrica de balanças e facas, artefatos de vime e artefatos de concreto.

O comércio conta com 84 estabelecimentos, entre lojas, mercados, farmácias e outros. O setor de prestação de serviços atua com escritórios de contabilidade, salões de beleza, oficinas mecânicas e outros.

No setor da Saúde há três postos de saúde, sendo dois na zona rural e um na zona urbana, um Hospital Filantrópico, várias clínicas dentárias e um laboratório de exames clínicos. Há também serviço de Correios, Telégrafos, EMATER/ASCAR-RS, Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL; Sindicato dos Trabalhadores Rurais; Inspetoria Veterinária, Bancos: Banrisul, Sicredi, Cresol e Crehnor e um Conselho Tutelar.

Barão de Cotegipe dispõe de igrejas de diversas confissões religiosas divididos em católicos e evangélicos/protestantes. A comunidade conta com o apoio das pastorais da saúde, da terra, da família e setores de liturgia. Todos os setores religiosos desempenham seu papel na comunidade de forma conjunta, procurando valorizar o ser humano, promovendo sua realização pessoal e social, a fim de tornar nossa sociedade mais justa, fraterna e igualitária.

No que tange aos atrativos culturais e turísticos, o município conta com: a Igreja Nossa Senhora do Rosário, Igreja Nossa Senhora Monte Claro, Primeira Floresta Demonstrativa do Alto Uruguai(Arboreto Povoado Sérvia) cuja estrutura serve de subsídio para estudos interdisciplinares, Piscina Campestre, Balneário Malysz. Como Grupos Artísticos étnicos e Culturais e esportivos, existe o Coral Italiano I Baronesi, Braspol, Sociedade Esportiva e Recreativa Internacional, Palmeiras Futebol Clube e o Centro de Tradições Gaúchas CTG Rancho Amigo. As festividades culturais e gastronômicas mais divulgadas são: Semana do Município (Janeiro); Baile do Chopp (Janeiro); Festa do Frango (último fim de semana de Janeiro); Festa do Suíno (Maio); Festa Italiana (Julho); Festa do Colono e do Motorista (Julho); Semana da Pátria (Setembro); Semana Farroupilha (Setembro); Festa das Capelinhas (Outubro); Festa do Leite (Novembro); Todos os anos (Maio) Expo Barão Feira Comercial, Industrial, Agropecuaria e de Artesanato de Barão de Cotegipe.

Gentílico: cotegipense

Formação Administrativaé criado o Município de Barão de Cotegipe, através da Lei nº 4.737 de 1º de Junho de 1.964, com sede na localidade do mesmo nome, constituído dos territórios de Barão de Cotegipe, parte de Paulo Bento e parte de Erechim, pertencentes ao Município de Erechim; parte de Rio Azul, pertencente ao Município de Aratiba; e parte de São Valentim, pertencente ao Município de São Valentim.

Instalado em 23.01.1965

Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal de Barão de Cotegipe

Código do Município

4301701

Gentílico

cotegipense

Prefeito

VLADIMIR LUIZ FARINA

População
População estimada [2018]6.627 pessoas  
População no último censo [2010]6.529 pessoas  
Densidade demográfica [2010]25,10 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,9 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.752 pessoas  
População ocupada [2016]25,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]27,6 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,1  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,8  
Matrículas no ensino fundamental [2017]644 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]173 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]51 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]16 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]4 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]28.220,57 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]86 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,719  
Total de receitas realizadas [2017]22.423,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]18.699,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]29,85 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,7 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]5 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]260,212 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]61 %  
Arborização de vias públicas [2010]93,1 %  
Urbanização de vias públicas [2010]21,9 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Barão de Cotegipe: Imagens da cidade e Região

imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-1
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-2
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-3
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-4
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-5
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-6
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-7
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-8
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-9
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-10
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-11
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-12
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-13
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-14
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-15
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-16
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-17
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-18
imagem de Bar%C3%A3o+de+Cotegipe+Rio+Grande+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Barão de Cotegipe e arredores.


Você conhece a cidade de Barão de Cotegipe? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: