Início » Rio Grande do Sul » Áurea


Áurea - Rio Grande do Sul



Áurea é um município do estado brasileiro do Rio Grande do Sul.

O povoamento do município de Áurea se iniciou de 1906, com a vinda de imigrantes poloneses. Os primeiros colonizadores desejavam melhores condições de vida e dedicaram-se à agricultura. Porém, muitos deles não tinham como obter terras e trabalharam para o governo na abertura de estradas.

A localidade de Áurea ficou conhecida primeiramente como "Rio Marcelino". Por volta de 1918, mudou seu nome para "Treze de Maio"; em 1938, tornou-se "Princesa Isabel", em homenagem à Princesa Isabel do Brasil; em 1944, passou a se chamar "Vila Áurea", em razão da Lei Áurea, que pôs fim à escravidão no País.

História da cidade de Áurea Rio Grande do Sul - RS

O povoamento de áurea teve início em 1906, com a vinda de poloneses e descendentes desses. Os primeiros colonizadores vieram em buscas de melhores condições de vida. Dedicaram-se ao desbravamento das matas e ao cultivo do solo. Impossibilitados de pagarem suas terras, muitos trabalharam para o Governo, na abertura de estradas.

Neste período a localidade denominava-se Rio Marcelino. Por volta de 1918 passou a denominar-se treze de Maio; em 1938 passou a chamar-se Princesa Isabel e em 1944passou a denominar-se Vila áurea. Os nomes até agora citados referem-se a um dado histórico brasileiro, a Abolição da Escravatura.

Áurea é um município formado por diversos grupos étnicos, entre eles contribuem italianos com 5%, alemães com 2%, negros com 3% e poloneses com 92%.

A idéia da emancipação surgiu com a chegada do Pe. Josef Wojnar, vigário da paróquia Nossa Senhora do Monte Claro de Vila áurea, em 1980. A primeira reunião para escolha da comissão pró-emancipação dos distritos de Vila áurea e Vila Centenáriorealizada no dia 10 de agosto de 1981, na sede do clube princesa Isabel de Vila áurea. Mas, a autorização para a realização de consulta plebiscitária só viria na legislatura seguinte, através da lei estadual nº 8226 de 12 de novembro de 1986.

Ao longo do processo emancipatório, entretanto, houve dificuldades e percalços que, com diálogo de conciliação, foram um a um superados.

Finalmente, por determinação do Tribunal Regional Eleitoral Vila áurea e Vila Centenário realizaram a consulta plebiscitária no dia 20 de setembro de 1987, quando 3390 dos 4053 eleitores inscritos, manifestaram-se favoravelmente a emancipação.

Ato contínuo, a assembléia legislativa criou o município de áurea, consagrada na lei estadual nº 8419, de 24 de novembro de 1987.

Áurea possui uma área de 152,3 km2 , a distância de áurea a Capital do Estado é de 389km, 30km de Erexim e 18 de Guarama, fazendo parte da Região do Alto Uruguai.

Sua altitude é de 740, acima do nível do mar.

Limita-se ao norte com o município de Guarama, ao sul com Getúlio Vargas e Centenário ao leste com viadutos e Carlos Gomes e ao Oeste com Erexim.

A economia do município de Aurea é essencialmente agrícola, com destaque para a produção de grãos como soja, milho, trigo e feijão e também tem destaque no município o cultivo e produção de erva-mate. O municipio conta com 10 industrias ervateiras, as quais atendem o mercado local, regional e de Estados vizinhos.

Além da culinária típica, outros traços culturais poloneses permanecem vivos de forma bastante expressiva no cotidiano desta comunidade, quer seja através das danças folclóricas, onde o município conta com o grupo da danças folclóricas Polonesas AURESOVIA, além das inúmeras tradições religiosas, principalmente com a realização da missa em idioma polonês, a qual é realizada todos os sábados ás 15:00 horas.

Também o município de áurea tem vários pontos turísticos na cidade como o Museu Jõao Modtkowski, Casa do Imigrante, Igreja Matriz Nossa Senhora do Monte Claro a Praça João Paulo II e a Capelinha do Morro da Salete.

O município de áurea é sem duvida nenhuma, um grande referencial da cultura polonesa em nosso pais e, em virtude deste fato, o município registrou oficialmente, em Novembro de 1999, o título de CAPITAL POLONESA DOS BRASILEIROS.

Respeito, admiração e orgulho são os principais valores expressados pelos poloneses aurenses com relação às suas raízes, à sua história e à sua cultura, sendo que é muito grande o interesse destes em preservar e perpetuar a cultura polonesa local.

O municipio também possui a Banda Marcial Municipal criada pelo Decreto Municipal nº 669/03, de 19 de Agosto de 2003, composta por 54 compenentes.

População contagem 2007

Total - 3.715

Urbana - 1.362

Rural - 2.353

Gentílico: aurense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Treze de Maio, por ato municipal nº 85, de 29-10-1924, subordinado ao município de Erechim.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Treze de Maio figura no município de Erechim.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII- 1936 e 31-XII1937.

Pelo decreto estadual nº 7199, de 31-03-1938, o distrito de Treze de Maio passou a denominar-se princesa Isabel e o município de Erechim a denominar-se José Bonifácio.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Princesa Isabel ex-Treze de Maio figura no município de José Bonifácio ex-Erechim.

Pelo decreto-lei estadual nº 720, de 29-12-1944, o distrito de Princesa Isabel passoua denominar-se áurea o município de José Bonifácio voltou a denominar-se Erechim.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de áurea ex- Princesa Isabel permanece no município de Erechim ex-José Bonifácio.

Pela lei estadual nº 2530, de 15-12-1954, o distrito de áurea passou a pertencer ao novo município de Gaurama.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de áurea permanece no município de Gaurama.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de áurea, pela lei estadual nº 8419, de 24-11-1987, alterada em seus limites pela lei estadual nº 8980, de 09-01-1990,desmembrado de Gaurama e Viadutos. Sede no antigo distrito de áurea. Constituído de 2 distritos: áurea e Centenário, desmembrado de Gaurama. Instalado em 01-01-1989.

Pela lei estadual nº 9618, de 20-03-1992, desmembra do município de áurea o distrito de Centenário. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 2001, o município de áurea é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais

Treze de Maio para Princesa Isabel alterada, pelo decreto estadual nº 7199, de 31-03-1938.Princesa Isabel para áurea alterada, pelo decreto-lei estadual nº 720, de 29-12-1944.

Transferência distrital

Pela lei estadual nº 2530, de 15-12-1954, transfere o distrito de áurea do município de Erechim para o de Gaurama.

Fonte: IBGE e Prefeitura Municipal.

Código do Município

4301552

Gentílico

aurense

Prefeito

ANTONIO JORGE SLUSSAREK

População
População estimada [2018]3.573 pessoas  
População no último censo [2010]3.665 pessoas  
Densidade demográfica [2010]23,15 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,0 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]665 pessoas  
População ocupada [2016]17,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]28,8 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]99,1 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]-  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,8  
Matrículas no ensino fundamental [2017]354 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]110 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]35 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]14 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]2 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]28.130,87 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]88,9 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,707  
Total de receitas realizadas [2017]16.465,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]14.531,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]58,82 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]1 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]158,291 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]52,2 %  
Arborização de vias públicas [2010]84 %  
Urbanização de vias públicas [2010]7,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  11. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  16. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  17. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  18. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  19. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  21. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Áurea: Imagens da cidade e Região

imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-1
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-2
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-3
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-4
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-5
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-6
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-7
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-8
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-9
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-10
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-11
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-12
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-13
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-14
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-15
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-16
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-17
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-18
imagem de %C3%81urea+Rio+Grande+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Áurea e arredores.


Você conhece a cidade de Áurea? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: