Início » Rio Grande do Norte » Patu


Patu - Rio Grande do Norte



Patu é uma cidade no interior do estado do Rio Grande do Norte, localizado na Mesorregião do Oeste Potiguar e Microrregião de Umarizal, e a 314km de distância da capital, Natal. De acordo com o IBGE, no ano 2008 sua população esta estimada em 11.634 habitantes. Possui área territorial de 319km² e é considerada um dos melhores lugares do mundo para a prática do voo livre de asa delta em particular a categoria Parapente (Paraglider). A cidade encontra-se numa região serrana construída no sopé da Serra do Lima, uma zona de agricultura e pecuária, que no início da colonização estava ligado ao ciclo dos currais.

O município tem como maior atração turística a Serra do Lima, sede do monumental Santuário do Lima ou de Nossa Senhora dos Impossíveis, um dos locais de maior religiosidade do Nordeste.

Os primeiros habitantes da terra foram os índios Cariris, depois os colonos criadores de gado, por volta do Século XVIII e do Século XIX. Houve um povoamento muito lento, os primeiros povoadores vieram de Apodi, entre eles o Padre Francisco Pinto de Araújo, o Coronel Antônio de Lima, Abreu Pereira, e os capitães Leandro Saraiva de Moura e Geraldo Saraiva de Moura. Algumas das primeiras casas do povoado ainda existem.

História da cidade de Patu Rio Grande do Norte - RN

O povoamento teve início em 1718, com a concessão de uma sesmaria ao padre Francisco Pinto de Araújo, na Serra do Patu. Mais tarde, em 1742, o Capitão Leandro Saraiva de Moura destacava-se como proprietário de Patu de Fora, e, posteriormente, do Sítio Boqueirão no ano de 1755. A primeira residência da localidade foi construída pelo Sr. Raimundo Basílio.

O principal destaque no início da criação de Patu foi o Coronel Antônio de Lima Abreu Perreira, Comandante do Regimento de Ordenanças da Ribeira do Apodi, na Serra do Patu, que no ano de 1758, fez doação de terras para a construção da Capela de Nossa Senhora dos Impossíveis, erguida na majestosa serra que ficou conhecida como a Serra do Lima.

No dia 25 de setembro de 1890, através da Lei nº 53, Patu desmembrou-se de Martins, tornando-se município do Rio Grande do Norte. é sede de comarca com 01 termo: Messias Targino.

Gentílico: patuense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Patu, pela resolução provincial nº 260, de 03-04-1852, subordinado ao município de Martins.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Patu, pelo decreto lei estadual nº 53, de 25-09-1890, desmembrado de Martins. Sede no atual distrito de Patu. Constituído do distrito sede. Instalado em 02-11-1890.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pela lei estadual nº 603, de 31-10-1938, são criados os distritos de Almino Afonso e Olho- D′

Água do Borges e anexado ao município de Patu. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Patu, Almino Afonso e Olho-D′água do Borges. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Pela lei estadual nº 912, de 24-11-1953, desmembra do município de Patu os distritos de Almino Afonso e Olho-D′água do Borges, para formar o novo município de Almino Afonso. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Patu: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Patu? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: