Início » Paraná » Francisco Beltrão


Francisco Beltrão - Paraná



Francisco Beltrão é uma cidade localizada no sudoeste do estado do Paraná. Segundo estimativas do IBGE em julho de 2012 possui uma população de 80.727 habitantes, sendo o maior município e também a maior cidade da Mesorregião do Sudoeste Paranaense. Foi oficialmente fundado em 14 de dezembro de 1952, sendo desmembrado do município de Clevelândia. Nesta época sua área estendia-se, a partir do norte, desde o Rio Iguaçu até a divisa com Santa Catarina, ao sul. Após seguidos desmembramentos na década de 1960, o município foi consolidado com uma área de 735km². Sua economia é importante para a região por concentrar diversos tipos de serviços bancários, educacionais e médicos além de um amplo número de estabelecimentos comerciais. No âmbito estadual sua indústria se destaca pela produção agroindustrial, têxtil e moveleira.

Francisco Beltrão está localizado no centro da Mesorregião do Sudoeste do Paraná, que conta com aproximadamente 500 mil habitantes, pouco menos que 5% da população total do estado. É um dos poucos municípios do Sudoeste que tem mantido taxas positivas de crescimento demográfico ao longo das últimas duas décadas. De acordo com a estimativa do IBGE, contava com 79.850 habitantes em Dezembro de 2011, dos quais cerca de 68 mil vivendo na sua área urbana. Concentra boa parcela dos serviços públicos, médicos-hospitalares, educacionais, comerciais e industriais da região.

Nos últimos anos o município recebeu investimentos importantes que tem impulsionado seu desenvolvimento, tanto demográfico quanto econômico: Um Hospital Regional de grande porte, com 120 leitos e outro especializado em Oncologia de médio porte; a instalação de uma Casa de Detenção Estadual, a instalação da Universidade Paranaense, da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e outra da UNISEP.

História da cidade de A criação de um núcleo de colonização nacional, denominado Colônia Agrícola General Osório, cuja sigla - CANGO - é bem conhecida até hoje, constituiu-se outra iniciativa do governo Vargas no seu próposito de povoar e colonizar o Oeste paranaense. E a CANGO, localizada no interior do atual Município de Francisco Beltrão prestou inestimáveis serviços na obra de desbravamento da região e fundação do município.

A primeira denominação do povoado foi Marrecas, devido a sua localização às margens do rio do mesmo nome.

A denominação do município é uma homenagem ao ilustre engenheiro paranaense, Francisco Trevisani Beltrão, que, na qualidade de Diretor do Departamento do Oeste, foi o iniciador do povoamento da localidade, em 1922.

As primeiras casas construídas no lugar em que se acha a Cidade de Francisco Beltrão datam do ano de 1944 e são fruto do trabalho pioneiro de Ricardo Kintz, descendente de colonos alemães de Santa Catarina.

O segundo morador do povoado foi Fredolino Keres. No mesmo ano, vieram mais os seguintes colonos e respectivas famílias: Pedro Miguel da Fonseca, Dâmaso Gonçalves e Julio de Assis Cavalheiro.

Não há referência sobre a elevação a Distrito, sabendo-se que, em 1951, foi criado o Município de Francisco Beltrão.

Gentílico: beltronense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Francisco Beltrão, pela lei estadual n.º 790, de 14-11-1951, desmembrado da primeira zona do distrito de Pato Branco do município de Clevelândia. Sede no distrito de Francisco, ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 14-12-1952.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei municipal n.º 92, de 12-08-1961, é criado os distritos de Barra Grande, Boa Esperança do Iguaçú, Jacutinga, Jaracatiá Nova, Concórdia, Salto do Lontra, São Pio X (exkm 20), Sede Progresso e Vista Alegre e anexado ao município de Francisco Beltrão.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 10 distritos: Francisco Beltrão, Barra Grande, Boa Esperança do Iguaçú, Jacutinga, Jaracatiá, Nova Concódia, Salto do Lontra, São Pio X, Sede Progresso e Vista Alegre e anexado ao município de Francisco Beltrão.

Pela lei estadual n.º 4859, de 28-04-1964, transfere o distrito de Barra Grande do município de Francisco Beltrão para o novo município de Itapejara D′Oeste.

Sob a mesma lei desmembra do município de Francisco Beltrão o distrito de Jaracatiá. Elevado à categoria de município com a denominação de Enéas Marques.

Pela lei estadual n.º 4823, de 18-02-1964, desmembra do município de Francisco Beltrão o distrito de Salto do Lontra. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual n.º 4729, de 24-06-1963, é extinto o distrito de Sede Progresso, sendo sua terra anexado ao distrito sede do município de Francisco Beltrão.

Pela lei municipal n.º 145, de 22-04-1963, é criado o distrito de Rio do Mato e anexado ao município de Francisco Beltrão.

Pela lei estadual n.º 4838, de 26-02-1964, é extinto os distritos de Jacutinga e São Pio X e Rio do Mato são extintos, sendo seus territórios anexados ao distrito sede do município de Francisco Beltrão.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 2 distritos: Francisco Beltrão e Nova Concórdia.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído de 5 distritos: Francisco Beltrão, Jacutinga, Nova Concórdia, São Pio X e Secção Jacaré.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Francisco Beltrão: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Francisco Beltrão? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: