Início » Pernambuco » Afogados da Ingazeira


Afogados da Ingazeira - Pernambuco



Afogados da Ingazeira é uma cidade localizada na microrregião de Pajeú, estado de Pernambuco. Sua população em 2012 foi estimada pelo IBGE em 35.416 habitantes, distribuídos em 378 km² de área.

Destaca-se por ser o segundo principal centro comercial do Vale do Pajeú e por ser sede de diversos órgãos públicos como a Gerência Regional de Educação, a Gerência Regional de Saúde, o 23º Batalhão de Polícia, o TG 07-020 sétima região, o Sassepe, o Hospital Regional, a 24º Ciretran Especial, entre outros, além de possuir instituições de nível superior e abrigar a Diocese de Afogados da Ingazeira, única diocese de sua microrregião. É a única cidade pernambucana com menos de 50.000 habitantes classificada pelo IBGE como Centro Subregional B, devido sua rede de influência. Está localizado a 386 km de distância da capital, Recife.

Administrativamente, o município é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Carapuça e Queimada Grande.

História da cidade de Afogados da Ingazeira Pernambuco - PE

A área territorial do município de Afogados da Ingazeira pertencia a Data de Dois Riachos e de Santiago, sendo seu primeiro proprietário o Sr Eusébio da Gama, e que foi adquirida da Casa da Torre de Garcia D′avila, na Baia de São Salvador, o território onde se localiza a sede municipal, era uma fazenda de criação de gado bovino, localizada à margem esquerda do Rio Pajeu, e era de propriedade do Coronel Manoel Francisco da Silva.

Como a sede da fazenda estava localizada à margem do Rio Pajeu, e existia uma capela sob a invocação do Senhor Bom Jesus dos Remédios, atual padroeiro do município, a localidade era conhecida por "Passagem da Barra", cuja a denominação foi motivada por um sítio denominado Barra, localizado na outra margem do Rio Pajeu. Com o crescimento da sede da fazenda, havia uma vez por mês, celebração religiosa, realizada pelo então padre José Antonio Ibiapina, que vinha da vila de Baixa Verde (Triunfo), com destino a cidade de Ingazeira. Numa dessas visitas pastorais, no último sábado do mês, o padre Ibiapina realizou um casamento de uns noivos provenientes do sítio Dois Riachos, os quais, quando atravessavam o referido Rio Pajeu, que estava num período de cheia, pereceram afogados no local. Isto ocorreu por volta do ano 1840, quando o local passou a ser conhecido por "Passagem dos Afogados".

Em virtude da Lei Provincial nº 1403 de 12 de maio de 1879, a "Passagem de Afogados" foi denominada simplesmente de "Vila de Afogados", a qual posteriormente foi designada popularmente com "Afogados da Ingazeira" por motivo de pertencer administrativamente ao município de Ingazeira, como era costume na época, acrescer o nome nas localidades do município a que pertenciam.

O distrito foi criado por força da Lei Provincial nº 1403, de 12 de maio de 1879 e o município em 1º de julho de 1909, pela Lei estadual nº 991.

Na ocasião o município era composto dos distritos de: Afogados da Ingazeira (sede), Espírito Santo (atual Tabira), Ingazeira e Varas (atual Jabitacá). A partir de 1933, ficou assim formado: Afogados da Ingazeira, Macacos (atual Iguaraci), Varas (atual Jabitacá), Bom Jesus (atual Taparetama), Jangada (atual Solidão) e Tabira. Atualmente o município é distrito único.

Gentílico: afogadense

Formação Administrativa:

O distrito foi criado por força da Lei Provincial nº 1403, de 12 de maio de 1879 e o município em 1º de julho dde 1909, pela Lei estadual nº 991.

Formação Judiciária:

O Termo foi criado pela Lei Provincial de nº 1260, de 26 de maio de 1877, com sede na então cidade de Ingazeira e a Comarca em 31 de março de 1938, pela Lei Estadual nº 92.

Formação Religioosa:

A Paróquia que era localizada na então cidade de Ingazeira, que foi rebaixada a condição de vila em 1909, foi transferida para este município em 21 de novembro de 1879, sendo seu primeiro vigário o padre João Vasco Cabral de Algornez e o coadjutor o padre Pedro de Souza Pereira.

A diocese de Afogados da Ingazeira, foi criada em 02 de julho de 1956, pela Bula Papal "Qui Volente Deo" e foi instalada no dia 19 de maio de 1957, sendo o seu primeiro Bispo Dom João José da Mota e Albuquerque.

Localização Municipal:

O município está localizado na Macroregião do Sertão Pernambucano e na Microregião do Pajeu, com uma área territorial de 384,4 Km2, limitando-se ao Norte com Solidão, ao Sul com Carnaíba, ao Leste com Tabira e Iguaraci, ao Oeste com Carnaíba.

A sede Municipal está a 525m de altitude em relação ao nível do Mar, tem sua posição geográfica determinada pelo paralelo de -7º45′03.65 da latitude E -37º38′20,4 de longitude.

O clima é semiárido quente, com temperaturas variando entre 20ºC e 36ºC.

Algumas Datas Históricas:

A Lei Provincial nº 295, de 05 de maio de 1852, criou o município de Ingazeira, com território desmembrado do município de Flores, e foi instalado em 07 de janeiro de 1853. O distrito de Afogados foi Criado por força da Lei 1403 de 12 de maio de 1879, o município foi criado por força da Lei Estadual nº 991 de 1º de julho de 1909 e Ingazeira passoa a fazer parte integrante do atual município, por força da Lei Estadual nº 418 de 31 de dezembro de 1948, perdeu os distritos de Tabira, Solidão, Ingazeira e Tuparetama.

Fonte: IBGE

Código do Município

2600104

Gentílico

afogadense

Prefeito

JOSE COIMBRA PATRIOTA FILHO

População
População estimada [2018]37.111 pessoas  
População no último censo [2010]35.088 pessoas  
Densidade demográfica [2010]92,90 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,6 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]3.234 pessoas  
População ocupada [2016]8,8 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]47,9 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,3 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,4  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]5.778 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.366 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]274 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]104 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]32 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]5 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]10.460,83 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]84,8 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,657  
Total de receitas realizadas [2017]84.524,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]84.200,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]12,25 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]22 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]377,696 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]71 %  
Arborização de vias públicas [2010]86,7 %  
Urbanização de vias públicas [2010]1,3 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Afogados da Ingazeira: Imagens da cidade e Região

imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-1
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-2
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-3
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-4
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-5
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-6
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-7
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-8
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-9
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-10
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-11
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-12
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-13
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-14
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-15
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-16
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-17
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-18
imagem de Afogados+da+Ingazeira+Pernambuco n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Afogados da Ingazeira e arredores.


Você conhece a cidade de Afogados da Ingazeira? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Bejamin flor's avatarBejamin flor

    Bela cidade saudades dos meus .

    #1 – 06/01/2017 - 17:14

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: