Início » Paraíba » Umbuzeiro


Umbuzeiro - Paraíba



Umbuzeiro ou Imbuzeiro - Spondias tuberosa, L., Anacardiaceae, árvore de pequeno porte (mede até seis metros de altura) de copa larga (até quinze metros de largura) originária dos chapadões semi-áridos do Nordeste brasileiro, que se destaca por sombra e aconchego. Nos tempos do Brasil Colônia era chamado de ambu, imbu, ombu, corruptelas da palavra tupi-guarani "y-mb-u", que significava "árvore-que-dá-de-beber" (embora haja a possibilidade de que seja, de fato, uma palavra de origem Kariri). Dada a importância de suas raízes, foi chamada "árvore sagrada do Sertão" por Euclides da Cunha. Sua raiz conserva água e produz uma batata, que em época de grande estiagem, é utilizada como alimento. O Umbuzeiro vive mais ou menos 100 anos, e é um símbolo de resistência.

A partir de projetos de beneficiamento do umbu em mini-fábricas do sertão baiano, essa fruta passou a ter importância na geração de renda e organização das comunidades rurais daquela região

História da cidade de Umbuzeiro Paraíba - PB

O TERRITóRIO começou a ser devassado em meados do século XVII. Os primeiros desbravadores a esquadrinhar a região procediam da Bahia e demandavam a zona do brejo, transpondo a Serra dos Cariris Velhos, ramificação da Borborema. Depois vieram os tropeiros e viajantes, seguindo o mesmo rumo. Vencida a escalada, detinham a marcha no alto da serra e ali arranchavam. O local era assinalado pela existência de frondoso umbuzeiro, espécie vegetal de grande porte e abundante na região, e que Ihes oferecia sombra e frutos.

Em pouco tempo já se constituía no antigo Pouso do Umbuzeiro, o núcleo de mesmo nome e, próximo, o de Natuba, este de maior progresso, inicialmente. Impulsionavam-nos econômicamente a lavoura e a criação de gado. Em princípios do século XVIII Natuba já possuía capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, e aspecto de povoação em ascensão. Anos mais tarde, porém, aquele núcleo entrou em declínio e Umbuzeiro passou a uma fase de progresso mais acentuado. Por volta de 1830 foram edificadas as primeiras casas de tijolos, radicando-se no lugar, entre outros, José da Silva Pessoa, Coronel Assunção, Gervásio Travassos Sarinho, Coronel Calafange e mais os de sobrenome Figueiredo, Costa Lima, Gonçalves e Gomes, o primeiro originário de Alagoas, o segundo e o terceiro de Pernambuco, e os demais, de Ingá e Itabaiana, na Paraíba, que constituíram o tronco de famílias ainda hoje ali existentes.

A tentativa de mudar a designação toponímica para Pio IX, promovida pelo padre José Maria de Ibiapina, conhecido por Frei Ibiapina, não vingou por falta de receptividade entre a população. Segundo interpretação aceita pelos indianistas, Umbuzeiro provém de Umbu, corruptela da expressão indígena am-bur, e significa - "que está de pé", referindo-se ao tronco reto da planta nativa que prolifera em cultura espontânea em vários pontos da Serra da Borborema.

Gentílico: umbuzeirense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Umbuzeiro, pelo decreto nº 15, de 02-051890, desmembrado de Ingá. Sede na povoação de Umbuzeiro.

Pelo decreto-lei estadual nº 25, de 02-05-1892, transferiu a sede da povoação de Umbuzeiro para a povoação de Barra da Natuba.

Pela lei estadual nº 225, de 19-11-1904, foi restabelecida a sede com a denominação de Umbuzeiro.

Pela lei estadual nº 12, de 25-10-1905, são criados os distritos de Aroeiras, Mata Virgem e Pirauá e anexado ao município de Umbuzeiro.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 5 distritos: Umbuzeiro, Aroreiras, Mata Virgem, Natuba e Pirauá.

Nos quadros de Apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município aparece constituído de 6 distritos: Umbuzeiro, Aroeiras, Mata Virgem, Natuba, Pirauá e Rio.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído do distrito sede.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 5 distritos: Umbuzeiro, Aguapada, Aroeiras, Mata Virgem e Natuba.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela lei estadual nº 980, de 02-12-1953, desmembra do município de Umbuzeiro o distrito de Aroeiras. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Umbuzeiro, Mata Virgem, Natuba e Pirauá ex-Aguapaba.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 2601, de 29-11-1961, desmembra do município de Umbuzeiro o distrito de Natuba e Pirauá, para formar o novo município de Natuba.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Umbuzeiro e Mata Virgem.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.

Pela lei estadual nº 3959, de 16-01-1979, é criado o distrito de Santa Cecília e anexado ao município de Umbuzeiro.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído de 3 distritos: Umbuzeiro, Mata Virgem e Santa Cecília.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1995.

Pela lei estadual nº 6176, de 13-12-1995, desmembra do município de Umbuzeiro o distrito de Santa Cecília. Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Cecília do Umbuzeiro.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 2 distrito: Umbuzeiro e Mata Virgem.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Umbuzeiro: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Umbuzeiro? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: