Início » Paraíba » Paulista


Paulista - Paraíba



Paulista faz parte do estado da Paraíba. Encontra-se a uma latitude 06º35′38" sul e a uma longitude 37º37′27" oeste, estando a uma altitude de 160 metros. A população avaliada em 2006 era de 11.460 habitantes. Possui uma área de 577km².

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

O atual município de Paulista tem sua história iniciada em 1851, quando um rico proprietário local o Capitão mor José Felix Machado, doou o terreno para seu patrimônio. Foi logo construído o primeiro marco neste local que foi a construção de uma capela feita de tijolos e pedras que ficou pronta no mesmo ano e foi oferecida a São José, tendo como vigário o Pe. João Gualberto. Após muitos anos essa capela chega a ser demolida em parte, pelo Pe. Vicente de Freitas. O que restou da capela foi aumentada, restaurada, e uma igreja foi o que resultou deste trabalho, a qual ainda hoje permanece com as formas e estruturas antigas. Muito antes de sua fundação passaram por aqui homens ilustres de Pombal, como Oliveira Ledo e Arruda Câmara deixando, ambas, vestígios de uma povoação. Novos moradores foram chegando das mais diferentes regiões e logo se formou ali, uma povoação promissora e ordeira. O desenvolvimento da comunidade foi rápido, e em 1924 pela Lei Nº 398 de 18 de março, Paulista foi elevado a categoria de Distrito. Anos depois, mais precisamente em 1930, Paulista foi invadida por um grupo de cangaceiros sob o comando do Sr. José Pereira, os quais criminosamente incendiaram e destruíram casas comerciais, levando ouro, dinheiro e objetos de grande valia e alguns moradores. Na época era Sub-delegado o Sr. Vicente Carreiro de Almeida, que quase nada podia fazer para evitar tais acontecimentos, uma vez que a polícia não tinha recursos materiais e nem humanos para enfrentar tamanha desordem. Em 1941, pela Lei Nº 520, de 31 de dezembro, Paulista teve seu nome mudado para Piranhas, devido o Rio que corta o município, em direção Oeste Leste, entretanto os habitantes continuaram a chamar pelo nome inicial e em 1949, pelo decreto Lei Nº 318 de janeiro, voltou a ser o nome de Paulista, publicação pelo Diário Oficial do Estado. Com ritmo do desenvolvimento, Paulista recebeu em 1951: Mercado Público, Correio e Luz graças aos esforços do Coronel Manoel Arruda de Assis, prefeito de Pombal, município a qual Paulista pertencia.

História da cidade de Paulista - PB

Nos fins do século XVII, haviam passado pelo local Oliveira Ledo e Arruda Câmara, os quais teriam deixado na área onde hoje figura o município, vestígios de uma povoação.

O atual município de Paulista tem sua história iniciada em 1851, quando o rico proprietário local, capitão-mor José Félix Machado, doou o terreno para o seu patrimônio. Foi logo construída uma capela, que ficou pronta no mesmo ano e oferecida a São José.

A povoação foi se formando na década de 1930, período da construção dos açudes de Curema (Coremas) e Boqueirão (Cajazeiras), que deram perenização ao rio Piranhas que corta o município de sul a norte. O aglomerado tomou impulso, desenvolvendo-se rapidamente com a exploração das lavouras e criação de gado.

Acredita-se que o nome do município tenha sido dado em homenagem a um paulista, Domingos Jorge Velho, que esteve na região deixando sua marca e os primeiros vestígios de uma povoação.

Gentílico: paulistense ou paulistano.

Formação Administrativa

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, figura no município Pombal o distrito de Paulista.

Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Paulista passou a denominar-se Piranha.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de Piranha ex-Paulista, figura no município de Pombal.

Pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949, o distrito de Piranha voltou a denominar-se Paulista.

Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o distrito Piranha, figura no município de Pombal.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Paulista, pela lei estadual nº 2666, de 22-12-1961, desmembrado de Pombal. Sede no antigo distrito de Paulista. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-12-1961.

Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-08-1988.

Pela lei estadual nº 4108, de 21-11-1979, é criado o distrito de Mimoso e anexado ao município de Paulista.

Em divisão territorial datada de 18-08-1988, o município é constituído de 2 distritos: Paulista e Mimoso.

Pela lei municipal nº 91, de 08-07-1991, é criado o distrito de Ipueiras e anexado ao município de Paulista.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos: Paulista, Ipueiras e Mimoso.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais

Paulista para Piranha alterado, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943. Piranha para Paulista alterado, pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Paulista: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Paulista? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: