Início » Mato Grosso » Alta Floresta


Alta Floresta - Mato Grosso



Alta Floresta é um município do estado de Mato Grosso.

No início da década de 70, durante a intensa atividade seringueira na Amazônia, o empresário Ariosto da Riva adquiriu uma grande área no norte de Mato Grosso, com a intenção de instalar um novo projeto de colonização.

Abrir caminhos no meio da floresta tropical foi uma árdua missão, porém, em um processo arrojado e com a força e determinação de famílias vindas em sua maioria do sul do País, no dia 19 de maio de 1976 fundou-se a município de Alta Floresta com o propósito de ter uma economia baseada na agricultura. A emancipação político-administrativa se deu em 18 de Dezembro de 1979.

História da cidade de Alta Floresta

A cidade de Alta Floresta foi fundada pelo colonizador Ariosto da Riva, apelidado pelo jornalista David Nasser de "O último Bandeirante", por ter a ousadia de penetrar na floresta amazônica e implantar um projeto de colonização.

Naquele tempo, abrir estradas era um ato de coragem e determinação, o trabalho marchava lento, enfrentando árvores gigantes de angelins, mogno, castanha-do-pará dentre outras. Em maio de 1976, três anos após o começo da abertura da estrada, é que se acabou de desmatar a primeira clareira onde a cidade de Alta Floresta iria ser construída.

O nome de Alta Floresta deu-se em função da própria natureza da região, com mata alta e densa, já que o local se encontrava na região da Amazônia mato-grossense.

Empresa de caráter privado, o chefe, Ariosto da Riva sempre dava a última palavra. Mas pela prática de colonizações, Riva se fazia assessorar por pessoas tarimbadas em serviços de emergência e imprevistos. Os apodos altissonantes dados a Riva provinham do projeto duplo: ao mesmo tempo colonizar e pesquisar a Amazônia. Para o êxito da colonização eram necessários conhecimentos cabais da natureza local, a fim de lhe tirar o máximo proveito. Enquanto abria espaço para o estabelecimento de infraestrutura, abria também canteiro de pesquisas agrícolas.

O município foi criado a 18 de dezembro de 1979, através da Lei Estadual nº 4.157. Em 3 de junho de 1980, o Presidente da República, João Figueiredo, visitou Alta Floresta e escutou de Ariosto da Riva a seguinte frase "...Alta Floresta terá o direito de se orgulhar por ter sido a cidade que em tempo recorde - apenas quatro anos - se tornou município, fato esse certamente único na história do País".

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Alta Floresta, pela lei estadual nº 3921, de 19-09-1977, subordinado ao município de Aripuanã.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o distrito de Alta Floresta, figura no município de Aripuanã.

Elevado à categoria de município com a denominação de Alta Floresta, pela lei estadual nº 4157, de 18-12-1979, desmembrado do município de Aripuanã. Sede no atual distrito de Alta Floresta. Constituído do distrito sede. Instalado em 07-02-1981.

Pela lei estadual nº 4352, de 04-10-1981, é criado o distrito de Paranaíta e anexado ao município de Alta Floresta.

Pela lei estadual nº 4983, de 30-04-1986, é criado o distrito de Nova Bandeirantes e anexado ao município de Alta Floresta.

Pela lei estadual nº 4978, de 30-04-1986, é criado o distrito de Apiacás e anexado ao município de Alta Floresta.

Pela lei estadual nº 5004, de 13-05-1986, desmembra do município de Alta Floresta o distrito de Paranaíta. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 5111, de 09-04-1987, é criado o distrito de Carlinda e anexado ao município de Alta Floresta

Pela lei estadual nº 5113, de 09-04-1987, é criado o distrito de Alto Paraíso e anexado ao município de Alta Floresta.

Pela lei estadual nº 5122, de 18-05-1987, é criado o distrito de Monte Verde e anexado ao município de Alta Floresta

Pela lei estadual nº 5322, de 06-07-1988, desmembra do município de Alta Floresta o distrito de Apiacás. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído é constituído de 5 distritos: Alta Floresta, Alto Paraíso, Carlinda, Monte Verde e Nova Bandeirantes.

Pela lei estadual nº 5903, de 20-12-1991, desmembra do município de Alta Floresta o distrito Nova Bandeirantes. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 5915, de 20-12-1991, desmembra do município de Alta Floresta o distrito de Monte Verde. Elevado à categoria de Nova Monte Verde.

Pela lei estadual nº 6594, de 19-12-1994, desmembra do município de Alta Floresta o distrito de Carlinda. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 2 distritos: Alta Floresta e Alto Paraíso.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios

Código do Município

5100250

Gentílico

alta-florestense

Prefeito

ASIEL BEZERRA DE ARAUJO

População
População estimada [2018]51.615 pessoas  
População no último censo [2010]49.164 pessoas  
Densidade demográfica [2010]5,48 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,2 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]12.060 pessoas  
População ocupada [2016]24,1 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]33,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5.9  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.7  
Matrículas no ensino fundamental [2017]7.403 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]2.501 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]536 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]228 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]29 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]14 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]31.623,80 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]-  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.714  
Total de receitas realizadas [2017]146.440,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]118.288,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]10,91 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,7 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]37 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]8.953,191 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]17 %  
Arborização de vias públicas [2010]37,7 %  
Urbanização de vias públicas [2010]3 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  18. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  19. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  21. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Alta Floresta: Imagens da cidade e Região

imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-1
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-2
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-3
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-4
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-5
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-6
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-7
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-8
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-9
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-10
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-11
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-12
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-13
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-14
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-15
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-16
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-17
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-18
imagem de Alta+Floresta+Mato+Grosso n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Alta Floresta e arredores.


Você conhece a cidade de Alta Floresta? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. marcelo aparecido da silva's avatarmarcelo aparecido da silva

    m mudei para a cidade de AFL MT no ano de 1979

    #1 – 07/04/2017 - 00:16

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: