Início » Mato Grosso do Sul » Aral Moreira


Aral Moreira - Mato Grosso do Sul



Aral Moreira é uma cidade da região Centro-Oeste, localizado no estado de Mato Grosso do Sul. A história de Aral Moreira foi muito rápida, com curto de desenvolvimento de agropecuária e agricultura, e transformou-se de Distrito em Município dentro de poucos anos, mas sabe-se que o seu primeiro nome foi Rio Verde do Sul tendo como sede a Vila Caú passando a Município a ex-Vila Fronteira Rica com sede do atual Município de Aral Moreira, local do maior centro populacional. Foi distrito do município de Ponta Porã até 1976, ano o qual foi elevado a categoria de cidade.

O município de Aral Moreira está localizado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no sudoeste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Dourados). Encontra-se na latitude de 22º11’28” Sul e longitude de 55°56’51” Oeste. Distâncias:

No município de Aral Moreira são encontrados os seguintes tipos de solos: Predomínio de Latossolo. São solos minerais, não hidromórficos, altamente intemperizados, caracterizados por apresentarem um horizonte B latossólico. No geral, são profundos e muito profundos, bem drenados e acentuadamente drenados, friáveis e bastante porosos.

Aral Moreira

O desbravamento do município de Ponta Porã começou pela região de Aral Moreira.

Em 1883 Thomas Laranjeira instalava suas ranchadas a margem direita do Rio Verde, nas proximidades da atual Vila Caú, fundava a Cia. Mate Laranjeira, e iniciava a exploração da erva mate. Estava dando inicio ao Ciclo da Erva-Mate no sul do Estado, que duraria mais de 60 anos.

Inicialmente o número de brasileiros na região era pequeno. A maior parte da mão de obra empregada na extração de erva-mate era paraguaia.

No final do Século XIX famílias riograndenses, fugindo da revolução, chegaram ao município e, maravilhados com os vastos campos que encontraram, deram inicio a atividade do pastoreio na região.

Na década de 1940, em pleno Século XX, o município recebe nova leva de famílias vindas do Rio Grande do Sul. Anteriormente tinham vindo os Marques, os Freire, os Maciel e outros. Posteriormente vieram os Cardinal, os Portela, os Bataglin, entre outros. São os pioneiros na colonização do futuro município de Aral Moreira.

Depois da 2ª Guerra Mundial, a pecuária sobrepujou a erva-mate em importância econômica. Após o corte das importações da erva-mate pelo governo da Argentina, a atividade entra em declínio na região.

A partir de 13 de dezembro de 1943 a área do município passa a fazer parte do Território Federal de Ponta Porã (Dec.- Lei n.º 5.812) e é integrada ao Estado de Mato Grosso em l8 de julho de 1946.

Na década de 1950, o presidente Getúlio Vargas cria a Colônia General Dutra, marco da importância do desenvolvimento da região. Infelizmente a distribuição das terras inicialmente foi feita com objetivos políticos.

Em 15 de dezembro de 1953, através da Lei n.º 702, é criado o Distrito de Paz do Rio Verde do Sul, com sede na então Vila de Rio Verde, atual Vila Caú.

A partir de 1970 começaram a chegar paranaenses e riograndenses ao distrito de Rio Verde do Sul. São as famílias Soligo, Bonacina, Dall´Algnoll, Cerruti, Pierezan, David, entre outras, que irão influenciar definitivamente no progresso e no desenvolvimento da futura cidade.

A história da região é bastante rápida. Com o surto de desenvolvimento da pecuária e da agricultura, Aral Moreira passa de Distrito à Município em curto espaço de tempo. Sabe-se que o seu primeiro nome foi Rio Verde do Sul, teve como sede a Vila Caú.

Quando da emancipação política do Município, o Distrito de Vila Fronteira Rica, por sua densidade populacional, é escolhido como sede da cidade que estava nascendo.

O nome do município é em homenagem póstuma ao Deputado Estadual Aral Moreira.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Rio Verde do Sul, pela Lei Estadual nº 702, de 15-12-1953 (ex-povoado), subordinado ao município de Ponta Porã.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Rio Verde do Sul figura no município de Ponta Porã.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1971.

Elevado à categoria de município com a denominação de Aral Moreira (ex-Fronteira Rica), pela Lei Estadual nº 3686, de 13-05-1976, desmembrado do município de Ponta Porã.

Sede no povoado de Fronteira Rica.

Constituído do distrito sede. Instalado em 01-02-1977.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Alteração toponímica distrital

Rio Verde do Sul para Aral Moreira (ex-Fronteira Rica), alterado pela Lei Estadual nº 3.686, de 13-05-1976.

Fonte: www.aralmoreira.ms.gov.br/site/index.phppg=historia

Código do Município

5001243

Gentílico

aral-moreirense

Prefeito

ALEXANDRINO ARÉVALO GARCIA

População
População estimada [2018]11.963 pessoas  
População no último censo [2010]10.251 pessoas  
Densidade demográfica [2010]6,19 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,1 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]979 pessoas  
População ocupada [2016]8,4 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]41,6 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]90,7 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4.7  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.1  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.185 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]378 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]139 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]51 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]9 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]3 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]50.236,19 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]89,3 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.633  
Total de receitas realizadas [2017]46.129,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]40.265,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]12,58 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]4,7 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]7 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.655,660 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]2,8 %  
Arborização de vias públicas [2010]80,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]7,2 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Aral Moreira: Imagens da cidade e Região

imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-1
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-2
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-3
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-4
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-5
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-6
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-7
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-8
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-9
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-10
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-11
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-12
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-13
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-14
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-15
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-16
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-17
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-18
imagem de Aral+Moreira+Mato+Grosso+do+Sul n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Aral Moreira e arredores.


Você conhece a cidade de Aral Moreira? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: