Início » Minas Gerais » Novorizonte


Novorizonte - Minas Gerais



Novorizonte faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2004 era de 4.886 habitantes.

O município de Novorizonte foi criado pela lei estadual nº 12030, de 21 de dezembro de 1995, desmembrado de Salinas.

História da cidade de Novorizonte

No Indaiá, então distrito do município de Salinas/MG, residia um senhor fazendeiro, cuja Fazenda Córrego da Xícara lhe pertencia. Produzia muito café, bovinos, fabricava cachaça e cultivava lavouras em geral.

Este fazendeiro cujo nome era João Bernardino de Souza, o popular João Davilino, dentro de suas atividades era um homem popular e muito trabalhador. Além de seu trabalho cotidiano exercia outras atividades, tais como: Inspetor de Quarteirão (o equivalente a Auxiliar de Delegado), era também Inspetor da Escola Municipal de Indaiá, que funcionava em um grupo escolar construído por conta própria, juntamente com dois amigos, também fazendeiros na região do Indaiá: o Sr. Adão Rufino da Silva e o Sr. Macário de Almeida. Isto por volta de 1934.

E assim seguiu no desempenho em prol de seu trabalho comunitário, e com o decorrer do tempo, em 1948, seus líderes políticos lhe fazem o convite para participar das eleições como candidato a vereador. Esta eleição foi realizada no dia quinze de novembro de 1947 e o Sr. João Bernardino não foi eleito. João Bernardino não sendo eleito ficou muito aborrecido por falta de apoio naquele povoado, pois lá tinha 16 casas e 8 delas eram suas. Por isso resolveu mudar do Indaiá.

No início de 1949 ele mudou-se para o estado de São Paulo, para um lugar chamado São João do Pau D Alho, e por lá comprou um terreno de matas nativas, cultivando café e outras lavouras brancas. Mas sempre vinha dar assistência na sua fazenda que rodeava o Indaiá.

Ele tinha um grande desejo de construir uma igreja cuja padroeira fosse Nossa Senhora da Conceição. Próximo do Indaiá havia uma chapada com extensão de planície muito boa, de um lado pertencia à família Almeida e do outro à família Ferreira.

Realizou a primeira reunião, isto foi no dia 15 de agosto de 1953, onde participaram 23 pessoas. O assunto foi para formar uma Igreja no lugar chamado Novo Indaiá, o que foi aceito pelas famílias Almeida e Ferreira, doando o terreno para a realização desta obra. Foram doados os recursos financeiros para a construção da Igreja pelos participantes, que se fizeram presentes naquela data.

Logo após, João Bernardino formou uma diretoria composta de sete membros, como a comissão de construção.

A partir do dia 03 de setembro de 1953, em mutirão reuniram-se no local para medir e desbravar a praça onde ia ser construída a Igreja, vinte e cinco homens de ferramentas nas mãos, machado, foice, enxadão, facão, etc. E ao terminarem a medição da praça da Igreja, seguiram a explorar como seria feito o abastecimento de água, pois a distância era de aproximadamente dois quilômetros. E em seguida, João Bernardino deu início aos trabalhos, limpando o terreno onde construiu dois cômodos, uma casinha e um quarto de dormida. O trabalho seguiu com a base da Igreja, e como a dificuldade era grande demorou muito a ser construída.

João Bernardino demoliu todas as casas que tinha no Indaiá e trouxe o material para reconstruir outras ao redor da Igreja.

Doutor Costa era o prefeito de Salinas, como prefeito lhe fez uma visita neste lugar, que ainda se chamava Novo Indaiá, em 06 de outubro de 1953 - Dr. Costa deu uma voltinha naquela chapada e disse a João Bernardino: " isto aqui é um muito bonito, é um horizonte". Por isso foi colocado o nome de Novorizonte, pois merece um nome bonito e foi aceito, e assim conversavam o dois.

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Novorizonte, pela lei estadual nº 12030, de 21-12-1995, desmembrado de Salinas. O distrito sede foi instalado em, 01-01-1997.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Novorizonte, pela lei estadual nº 12030, de 21-12-1995, desmembrado de Salinas. Sede no atual distrito de Novorizonte Constituído do distrito sede. Instalado em, 01-01-1997.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Francisco, Ederico. Raízes do Passado.

Autor do Histórico: JOSé ORALDO MEIRELLES ROCHA

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.






































Aniversários dos Municípios



























<: Voltar









Selecionar local









Estados















Municípios



Todos

Por estado





Selecione o estado:



  • Acre

  • Alagoas

  • Amapá

  • Amazonas

  • Bahia

  • Ceará

  • Distrito Federal

  • Espírito Santo

  • Goiás

  • Maranhão

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Minas Gerais

  • Paraná

  • Paraíba

  • Pará

  • Pernambuco

  • Piauí

  • Rio Grande do Norte

  • Rio Grande do Sul

  • Rio de Janeiro

  • Rondônia

  • Roraima

  • Santa Catarina

  • Sergipe

  • São Paulo

  • Tocantins








0 de5570 municípios









Nenhum município encontrado.












Nenhum município encontrado.





























Código do Município



3145372




Gentílico



novorizontino




Prefeito



ARLEY COSTA MENDES































































































































































































































































































































































































































































































































































População

População estimada
[2018]


5.273

pessoas  :






População no último censo
[2010]


4.963

pessoas  :






Densidade demográfica
[2010]


18,25

hab/km²  :








Trabalho e Rendimento

Salário médio mensal dos trabalhadores formais
[2016]


1,4

salários mínimos  :






Pessoal ocupado
[2016]


413

pessoas  :






População ocupada
[2016]


7,8

%  :






Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo
[2010]


43,6

%  :








Educação

Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade
[2010]


96,8

%  :






IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental
[2015]


5.7

 :






IDEB – Anos finais do ensino fundamental
[2015]


4.5

 :






Matrículas no ensino fundamental
[2017]


704

matrículas  :






Matrículas no ensino médio
[2017]


201

matrículas  :






Docentes no ensino fundamental
[2015]


54

docentes  :






Docentes no ensino médio
[2017]


19

docentes  :






Número de estabelecimentos de ensino fundamental
[2017]


5

escolas  :






Número de estabelecimentos de ensino médio
[2017]


1

escolas  :








Economia

PIB per capita
[2015]


7.624,24

R$  :






Percentual das receitas oriundas de fontes externas
[2015]


95

%  :






Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)
[2010]


0.616

 :






Total de receitas realizadas
[2017]


15.999,00

R$ (×1000)  :






Total de despesas empenhadas
[2017]


14.897,00

R$ (×1000)  :








Saúde

Mortalidade Infantil
[2014]


-

óbitos por mil nascidos vivos  :






Internações por diarreia
[2016]


2,1

internações por mil habitantes  :






Estabelecimentos de Saúde SUS
[2009]


4

estabelecimentos  :








Território e Ambiente

Área da unidade territorial
[2017]


271,610

km²  :






Esgotamento sanitário adequado
[2010]


4,6

%  :






Arborização de vias públicas
[2010]


59,9

%  :






Urbanização de vias públicas
[2010]


0

%  :








Notas &: Fontes











Notas:




  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100



  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100



  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100



  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.



  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000



  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100



  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100



  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100








Fontes:




  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018



  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011



  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)



  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010



  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus -
    SUFRAMA



  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015



  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD



  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014



  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente



  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009



  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística



  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010



  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010


















População

















População no último censo

4963 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4274º





No Estado


1º

853º



619º






Na micro região


1º

17º



14º







Acessar página de ranking










Densidade demográfica

18.25 hab/km²





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3417º





No Estado


1º

853º



526º






Na micro região


1º

17º



4º



























Pirâmide Etária






















































































100 ou mais















95 a 99
90 a 94
85 a 89
80 a 84
75 a 79
70 a 74
65 a 69
60 a 64
55 a 59
50 a 54
45 a 49
40 a 44
35 a 39
30 a 34
25 a 29
20 a 24
15 a 19
10 a 14
5 a 9
0 a 4
Homens  :  :  :  :  :  :  :  :  :  : Mulheres
Brasil












População residente por religião

( Unidade:
pessoas

)







Católica apostólica romana




Evangélica




Espírita




































Trabalho e Rendimento








Em 2016, o salário médio mensal era de 1.4 salários mínimos.
A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 7.8%.
Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 736 de 853 e 670 de 853, respectivamente.
Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 5092 de 5570 e 3867 de 5570, respectivamente.
Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 43.6% da população nessas condições, o que o colocava na posição 207 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 2295 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Salário médio mensal dos trabalhadores formais

1.4 salários mínimos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



5092º





No Estado


1º

853º



736º






Na micro região


1º

17º



9º







Acessar página de ranking










Pessoal ocupado

413 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4591º





No Estado


1º

853º



671º






Na micro região


1º

17º



14º







Acessar página de ranking










População ocupada

7.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3867º





No Estado


1º

853º



670º






Na micro região


1º

17º



8º


















Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo

43.6 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2295º





No Estado


1º

853º



207º






Na micro região


1º

17º



16º




































Educação








Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 5.7 no IDEB.
Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 4.5.
Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 587 de 853.
Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 460 de 853.
A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 96.8 em 2010.
Isso posicionava o município na posição 615 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 3870 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade

96.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3870º





No Estado


1º

853º



615º






Na micro região


1º

17º



11º


















IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental

5.7





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2122º





No Estado


1º

853º



587º






Na micro região


1º

17º



11º


















IDEB – Anos finais do ensino fundamental

4.5





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1890º





No Estado


1º

853º



460º






Na micro região


1º

17º



9º



























Matrículas

( Unidade:
matrículas

)







Ensino pré-escolar




Ensino fundamental




Ensino médio




Ensino superior




































Economia

















PIB per capita

7624.24 R$





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4472º





No Estado


1º

853º



761º






Na micro região


1º

17º



11º







Acessar página de ranking










Percentual das receitas oriundas de fontes externas

95 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



862º





No Estado


1º

853º



92º






Na micro região


1º

17º



5º


















Total de receitas realizadas

15999 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4689º





No Estado


1º

853º



660º






Na micro região


1º

17º



13º







Acessar página de ranking










Total de despesas empenhadas

14897 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4498º





No Estado


1º

853º



606º






Na micro região


1º

17º



13º







Acessar página de ranking




























Saúde








A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de - para 1.000 nascidos vivos.
As internações devido a diarreias são de 2.1 para cada 1.000 habitantes.
Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 1 de 853 e 116 de 853, respectivamente.
Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 1 de 5570 e 1485 de 5570, respectivamente.




















Mortalidade Infantil

- óbitos por mil nascidos vivos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1º





No Estado


1º

853º



1º






Na micro região


1º

17º



1º







Acessar página de ranking










Internações por diarreia

2.1 internações por mil habitantes





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1485º





No Estado


1º

853º



116º






Na micro região


1º

17º



4º




































Território e Ambiente








Apresenta 4.6% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 59.9% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 0% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).
Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 814 de 853, 470 de 853 e 805 de 853, respectivamente.
Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 4853 de 5570, 3691 de 5570 e 4835 de 5570, respectivamente.




















Esgotamento sanitário adequado

4.6 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4853º





No Estado


1º

853º



814º






Na micro região


1º

17º



14º


















Arborização de vias públicas

59.9 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3691º





No Estado


1º

853º



470º






Na micro região


1º

17º



13º


















Urbanização de vias públicas

0 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4835º





No Estado


1º

853º



805º






Na micro região


1º

17º



15º





































© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística| v4.3.8.18.9


































Novorizonte: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Novorizonte? Então deixe seu comentário!


Comentários (3)

  1. joao pedro da silva's avatarjoao pedro da silva

    eu não conhece esta cidade mais pretende conhecer

    #3 – 27/11/2015 - 23:56

  2. joao pedro da silva's avatarjoao pedro da silva

    eu achei muito bonito novo horizonte mg

    #2 – 27/11/2015 - 23:53

  3. joao pedro da silva's avatarjoao pedro da silva

    caizas do pasado muito bonito mesmo

    #1 – 27/11/2015 - 23:52

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: