Início » Ceará » Itatira


Itatira - Ceará



Itatira faz parte do estado do Ceará. É localizado na Mesorregião do Norte Cearense, Microrregião de Canindé.

O topônimo Itatira vem do Tupi ita(pedra) e tira(áspero) e significa pedra de aparência áspera. O topônimo Itatira faz assim uma alusão acordilheira de serras e pedras da região. Sua denominação original era Serra da Samabaia, depois Sítio São Gonçalo, Belém, Belém de Quinim e desde 1943, Itatira.

As terrras da serra da Samambaia, da serra da Mariana e às margens do dos naecentes do rios: Curu e Banabuiú, era habitada por diversas etnias Tapuia, sendo as mais conhecidas as dos Jenipapo, Kanyndé,

História da cidade de Itatira Ceará - CE

Os primeiros exploradores das férteis serranias conhecidas dos índios por serra da Samambaia, foram os portugueses Antônio Ferreira Braga e Jerônimo Machado. O nome desse último foi transferido ao lugar - serra de Machado - em memória do notável e arrojado desbravador. Na última década do século XVIII, um morador da fazenda Tatajuba, situada no sertão de Quixeramobim, de nome Antônio José de Souza, estabeleceu-se ao nascente da serra com uma pequena posse, denominado-a Sítio Sào Gonçalo, sendo aí edificada uma capelinha sob a inviocação desse santo.

Com a morte do proprietário e a retirada dos habitantes por ocasião da terrível seca que devastou os sertões do Ceará em 1825, a povoação e a capelinha foram abandonadas. Posteriormente, outros moradores sucederam aqueles, fundando novas situações na serra do Machado, surgindo, por isso, com o crescimento da população sempre e sempre aumentada com a vinda de agricultores atraídos pela fereza das abas serranas, o povoado de Belém, onde Antônio Alves Guerra mandou edificar uma capelinha dedicada ao Menino Deus, a qual, concluída em 1870, foi inaugurada e benta a 23 de dezembro do mesmo ano pelo padre Manuel Carlos da Silva Peixoto, professor do Seminário de Fortaleza. O patrimônio da capela de Belém se constituía de 400 braços de terras, doadas por Antônio Alves Guerra e José Francisco de Brito, nas quais se constitui lentamente a cidade.

Gentílico: itatirense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Belém, pelo ato provincial de 10-10-1873, subordinado ao município de Quixeramobim.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Belém, figura no município Quixeramobim.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual nº 169, de 31-03-1938, retificado pelo decreto estadual nº 378, de 20-101938, o distrito de Belém passou a denominar-se Belém do Quinim.

Pelo decreto estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Belém passou a denominar-se Itatira.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito Itatira figura no município de Quixeramobim.

Elevado à categoria de município com a denominação de Itatira, pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, desmembrado de Quixeramobim. Sede no antigo distrito de Itatira. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-03-1959.

Pela lei estadual nº 2209, de 19-12-1953, é criado o distrito de Lagoa do Mato e anexado ao município de Itatira.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Itaitira e Lagoa do Mato.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.

Pela lei estadual nº 7180, de 16-03-1964, é criado o distrito de Bandeira e anexado ao município de Itatira.

Em divisão territorial datada de 3I-XII-1968, o município é constituído de 3 distritos: Itatira, Bandeira e Lagoa do Mato.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.

Pela lei municipal nº 303, de 24-04-1989, são criados os distritos de Cahoeira e Morro Branco e anexado ao município de Itatira.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 5 distritos: Itatira, Bandeira, Cachoeira, Lagoa do Mato e Morro Branco.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas distritais

Belém para Belém de Quinim alterado, pelo decreto estadual nº 169, de 31-03-1938, ratificado pelodecreto estadual nº 378, de 20-10-1938.Belém de Quinim para Itatira alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 31-12-1943.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itatira: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Itatira? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: