Início » Ceará » Assaré


Assaré - Ceará



Assaré faz parte do estado do Ceará. A população avaliada em 2006 era de 21.822 habitantes. É a terra natal do poeta Patativa do Assaré é uma terra de muitas tradições culturais.

O topônimo Assaré vem do Tupi Guarani IÇÁ (estaca) e ERE (Partícula afirmativa) e significa naturalmente alguma estaca ali encontrada pelos índios e que atraiu-lhes a atenção ou do Tapuia AÇA-RÉ(a atravessia diferente) e significa atalho. Sua denominação original era Assaípio de Assaré′ e desde 1950 Assaré.

Município localizado no antigo territórios os índios Jucá, Caryri, Inhamun, Cariú.

História da cidade de Assaré Ceará - CE

Até o ano de 1775, o local onde assenta a cidade de Assaré não era povoado em suas adjacências, num raio de 3 léguas, consistindo apenas em um campo nu de vegetação, à exceção de algumas carnaubeiras e moitas de "pereiros", uma ou outra oiticica às margens de pequenos regatos que sulcam o terreno e correm no inverno; e mais uma infinidade de pequenos olhos-d′água, nas encostas da serra e nas gargantas e cachoeiras e a soberba pastagem nas várzeas e "escalvados", tornavam-no apropriado para a criação em geral.

Naquele ano Alexandre da Silva Pereira, filho de Manoel da Silva, adquirindo as terras do local e adjacências, veio estabelecer-se com a família, criação e escravatura, à margem do regato mais volumoso da região, ficando-lhe ao norte a várzea de carnaubal, e ao sul, os campos de "lagoa da pedra".

O proprietário tornou-se em breve conhecido e respeitado, mesmo em zonas distantes, dada a facilidade de comunicação, por que aí se cruzavam as mais movimentadas estradas da época: a Cariri -Inhamuns com a Piauí - Sertões do Baixo (Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte); resultando um "pouso certo" e confortável para os transeúntes que aproveitavam as ocasiões para transações, transformando a fazenda em entreposto comercial.

Visando a promover o povoamento fêz o proprietário diversas doações de terras em torno da fazenda, tendo o cuidado de reservar uma parte para o patrimônio do orago da futura freguesia.

Em 1823, os independentes do Ceará Grande, organizando a expedição que foi conhecida por "Marcha de Caxias", a fim de sufocar os rebeldes do Piauí, transformaram o povoado em campo de concentração, ficando aí aquartelados, o que concorreu para melhorar as condições do Povoado.

Em 1831 ia ser elevado a distrito de paz, quando a revolução de Joaquim Pinto Madeira irrompeu no Cariri, vindo estas terras a ser teatro de lutas entre liberais e corcundas.

A sede da freguesia, entretanto, ficou em Santana do Brejo Grande (1838), local impróprio. A construção da igreja matriz começou em 1842 no local da primitiva capelinha.

Em 1844, foi construído, a expensas da padroeira, o açude "Banguê", depois denominado "Açude de Nossa Senhora".

Assaré passou a sede de freguesia em 1850, com a transferência, para aí, da de Santana do Brejo Grande (Santana do Cariri), com a nova denominação de Nossa Senhora das Dores.

O Município de Assaré surgiu a 19 de julho de 1865, completando, este ano, o seu primeiro centenário.

Origem Topônimo: Palavra índigena composta de Içá (estaca) e ERE (Partícula afirmativa) "Naturalmente alguma estaca ali encontrada pelos índios e que atraiu-lhes a atenção. Para o Barão de Studart: AÇA-Ré, ou seja "A travessia diferente", "A Talho". Pompeu Sobrinho. Presume que o vocábulo Tupico, mas Tapuia.

Gentílcio: assareense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Assaré, pela lei provincial nº 520, de 04-12-1850.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Assaré, pela provincial nº1152, de 19-071865, desmembrado de Saboeiro. Sede na povoação de Assaré. Connstituído do distrito sede. Instalado em 11-01-1869.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Pelo ato estadual de 07-06-1920, é criado o distrito de Tarrafas e anexado ao município de Assaípio de Assaré.

Pelo decreto estadual nº 1156, de 04-12-1933, é criado o distrito de Amaro e anexado ao município de Assaré.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 6 distritos: Assaré, Amaro, Araras, Brejinho, Chique-Chique e Tarrafas. Sendo Brejinho e Chique-Chique pertencente ao extinto município de Araripe.

Pelo decreto estadual nº 1540, de 03-05-1935, desmembra do município de Assaré o distrito de Chique-Chique. Para formar o novo município de Araripe.

Em divisão territorial datadas de 31-XII-1936, o município é constituído de 5 distritos: Assaré, Amaro, Araras, Brejinho e Tarrafas.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, o município é constituído de 4 distritos: Assaré, Amaro, Araras e Tarrafas. Não figurando o distrito de Brejinho passou a pertencer ao município de Araripe

Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Araras passou a denominar-se Aratama.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 4 distritos: Assaré, Amaro, Aratama ex-Araras e Tarrafas.

Pelo decreto estadual nº 2194, de 15-12-1955, Assaré adquiriru o distrito de Altaneira do município de Quixabá.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Assaré, Amaro, Aratama e Tarrafas.

Pela lei estadual nº 4396, de 18-12-1958, desmembra do município de Assaré o distrito de Altaneira. Elevado à categoria de muicípio.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos: Assaré, Altaneira, Amaro, Aratama e Tarrafas.

Pela lei estadual nº 6333, de 14-06-1963, desmembra do município de Assaré o distrito de Amaro. Elevado à categoria de município com a denominação de Amaro do Ceará.

Pela lei estadual nº 6568, de 18-09-1963, desmembra do município de Assaré o distrito de Aratama. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 6810, de 03-12-1963, desmembra do município de Assaré o distrito de Tarrafas. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, Assaré adquiriu os extintos municípios de Amaro, Aratama e Tarrafas.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 4 distritos: Assaré, Amaro, Aratama e Tarrafas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.

Pela lei estadual nº 11360, de 21-10-1987, desmembra do município de Assaré o distrito de Tarrafas. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 3 distritos: Assaré, Amaro e Aratama.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Código do Município

2301604

Gentílico

assareense

Prefeito

FRANCISCO EVANDERTO ALMEIDA

População
População estimada [2018]23.417 pessoas  
População no último censo [2010]22.445 pessoas  
Densidade demográfica [2010]20,11 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,5 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.384 pessoas  
População ocupada [2016]6,0 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]54,4 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]96,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,8  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,7  
Matrículas no ensino fundamental [2017]3.035 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.144 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]190 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]69 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]11 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]3 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]6.510,21 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]95,4 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,600  
Total de receitas realizadas [2017]52.235,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]42.903,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]7,91 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]10 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.116,331 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]20,4 %  
Arborização de vias públicas [2010]91,8 %  
Urbanização de vias públicas [2010]5,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Assaré: Imagens da cidade e Região

imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-1
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-2
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-3
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-4
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-5
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-6
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-7
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-8
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-9
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-10
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-11
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-12
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-13
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-14
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-15
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-16
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-17
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-18
imagem de Assar%C3%A9+Cear%C3%A1 n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Assaré e arredores.


Você conhece a cidade de Assaré? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: