Início » Bahia » Tucano


Tucano - Bahia



Tucano é um município localizado na região nordeste do Estado da Bahia. Seu nome tem origem bastante discutível; para alguns originou-se de uma aldeia de índios “tucanos” (versão contestada, uma vez que os índios tucanos, ocupavam o noroeste da Amazônia); para outros, é oriundo das aves da família dos Ranfastídeos caracterizados pelo bico curvilíneo e acentuado e que abundavam nas suas matas (hoje extintas).

Economicamente o município sobrevive da agricultura (feijão e milho), pecuária (bovinos, ovinos e caprinos), turismo, sendo seu ponto principal a Estância Hidromineral de Caldas do Jorro, cujo potencial turístico é um dos fortes atrativos o desenvolvimento da região. Outras atrações para muitos turistas que visitam Tucano é passar no Buraco do Vento, belíssimas formações rochosas, esculpida pela própria natureza. Tem ainda a Cachoeira do Inferno, formações rochosas, tipo quênio, com queda d’água, esculpida também pela própria natureza, de muita beleza. A feira de Tucano não deve ficar de fora do roteiro; ela acontece nos sábados, e como as feiras nas cidades do sertão são bem interessantes, o visitante encontra uma série de novidades e em um rápido passeio pode perceber-se a autêntica geografia humana da região.

Tucano tem ainda vocação econômica voltada para a manufatura artesanal, sendo o Povoado de Tracupá um pólo de artesões de artefatos de couro, nas confecções de carteiras, bolsas, ponchetes, cintos, roupas, bonés etc; cuja produção exporta-se para os estados de São Paulo, Paraná, Brasília, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Pará, Maranhão, Minas Gerais e Ceará. Pratica-se também o artesanato de palha, fibras, cipó, madeira, cerâmica etc.

História da cidade de Tucano

A região era primitivamente habitada pelos índios tucanos.

Até 1727, o local era uma aldeia de índios, onde o catequista frei Apolônio edificou a capela de Nossa Senhora Santana.

Ainda sob a influência catequista, a aldeia tomou ares de povoado, resultando na criação do distrito em 1754.

Em 1837, foi elevado à categoria de vila, e criado o município, que perdurou até 1931, quando foi supresso e anexado a Monte Santo.

O topônimo tem sua origem na designação dos índios tucanos que anteriormente habitavam a região.

Gentílico: tucanenses

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Tucano em 1754.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Tucano, pela lei provincial nº 51, de 21-03-1837, desmembrado de Itapicuru. Sede na antiga povoação de Tucano. Constituído do distrito sede. Instalada em 26-05-1837.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituído do distrito sede.

Pela lei municipal nº 11, de 30-04-1917, aprovada pela lei estadual nº 1199, de 03-06-1917, é criado o distrito de Triunfo e anexada a vila de Tucano.

Nos quadros de apuração do Recenseamento geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 2 distritos: Tucano e Trinfo.

Pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931, e 7479, de 08-07-1931, a vila é extinta, por este ultimo decreto o território foi anexado ao município de Cipó, como simples distrito.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Tucano, pelo decreto estadual nº 8447, de 27-05-1933, desmembrado do município de Cipó. Sede no antigo distrito de Tucano. Constituído do distrito sede. Reinstalada em 24-06-1933.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 4 distritos: Tucano, Araci, João Vieira e Triunfo.

Assim permencendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, foram extintos os distritos de Araci e João Vieira, sendo seus territórios anexados ao distrito sede do município de Serrinha.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Tucano e Triunfo.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, retificado pelo decreto estadual nº 12978, de 01-06-1944, o distrito de Triunfo, passou a denominar-se Quijinque.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído do distrito sede.

Assim permencendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 1640, de 15-03-1962, desmembra do município de Tucano o distrito de Quijingue. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permencendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Tucano. Prefeitura Municipal; IBGE

Autor do Histórico: JOãO CALDAS NETO

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Tucano: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Tucano? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: