Início » Bahia » Senhor do Bonfim


Senhor do Bonfim - Bahia



"Bonfim""

Senhor do Bonfim é uma cidade localizada no interior da Bahia.

O município foi criado em 1885. A data magna do município é 28 de maio.

História da cidade de Senhor do Bonfim

O município de Senhor do Bonfim teve origem no povoamento da região por portugueses, com elementos escravos e indígenas, ao seguirem a rota das bandeiras que se dirigiam às margens do Rio São Francisco, ou às minas de ouro de Jacobina, que atraíam inúmeros aventureiros.

A área onde está localizada a cidade de Senhor do Bonfim, ainda no século XVII, abrigava apenas rancharia de tropeiros. Esse primitivo núcleo demográfico situava-se à margem de uma lagoa, recentemente drenada e coberta aos fundos da atual praça Juracy Magalhães, na confluência com as ruas José Jorge, Visconde do Rio Branco e Irecê.

A povoação mais próxima, naquela época, era o Arraial de Missão do Sahy, em cujas proximidades se localizava o aldeamento dos índios patachós, primitivos habitantes da região. Aquele Arraial era dirigido pelos religiosos franciscanos que ali, em 1697, erigiram conventos e igrejas, sobre a invocação de Nossa Senhora das Neves.

Em torno da primitiva rancharia foram contruídas novas habitações à margem da "Estrada das Boiadas", atualmente Estrada Real Bonfim - Juazeiro, desenvolvendo-se uma povoação que em 1750, recebeu oficialmente o nome de Arraial do Senhor do Bonfim da Tapera.

Pela Lei provincial nº 2.499, de 28 de maio 1885, a Vila Nova da Rainha foi elevada à categoria de cidade, com o topônimo de Bonfim que, também, designava o município até 1944. Instalado este em 7 de janeiro de 1887, pelo juiz de direito interino Dr. Aurélio Pires de Carvalho e Albuquerque, ficou constituído de dois distritos: Bonfim e Jaguarari.

De acordo com a Lei nº 628, de 30 de dezembro 1953, o Município de Senhor do Bonfim passou a ser contituído de cinco distritos: Senhor do Bonfim ( sede), Carrapichel, Andorinha, Igara e Tijuaçu.

Mas passado aquele momento histórico, em que Bonfim mergulhava em um mar turvo de que emergira galhardamente, cônscio do seu dever civíco, destemida reação se fez sentir e o nome de cidade de Senhor do Bonfim ou simplesmente Bonfim, como carinhosamente a identifica o povo, voltou aos corações bonfinenses vitorioso. Assim, em 28 de maio de 1885 foi elevado de Vila Nova da Rainha para cidade do Senhor do Bonfim.

A ferrovia exerceu influência fundamental na estruturação e no desenvolvimento de Senhor do Bonfim, em especial no que concerne ao aumento da dinâmica comercial, em função da maior agilidade no transporte de mercadorias e do acesso facilitado de viajantes.

A cidade de Senhor do Bonfim sedia uma diocese, criada pelo papa Pio XI em 06 de abril 1933. O bispado de Senhor do Bonfim abrange uma grande área do Norte baiano, aqui instalado desde 19 de dezembro de 1935, na presença de Dom Augusto álvaro, o Cardeal da Silva.

Senhor do Bonfim é a terra do primeiro governador constitucional da Bahia, Dr. José Gonçalves, como também a primeira localidade na Bahia onde foi hasteada a bandeira nacional no pós-república. Esta bandeira é a que representa nosso país na atualidade. Sempre esteve, o povo bonfinense, participando dos movimentos políticos desde o império até a era republicana, fazendo valer sua presença nos movimentos populares, que foram ajudando a formar o pensamento nacional.

Fonte: Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim. IBGE

Código do Município

2930105

Gentílico

bonfinense

Prefeito

CARLOS ALBERTO LOPES BRASILEIRO

População
População estimada [2018]78.588 pessoas  
População no último censo [2010]74.419 pessoas  
Densidade demográfica [2010]89,93 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]9.057 pessoas  
População ocupada [2016]11,2 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]46,7 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]3,7  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,1  
Matrículas no ensino fundamental [2017]11.171 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]4.170 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]630 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]303 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]82 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]14 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]9.854,55 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]89,9 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,666  
Total de receitas realizadas [2017]129.265,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]125.534,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]21,82 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]47 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]789,361 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]54,7 %  
Arborização de vias públicas [2010]64,3 %  
Urbanização de vias públicas [2010]10,8 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Senhor do Bonfim: Imagens da cidade e Região

imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-1
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-2
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-3
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-4
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-5
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-6
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-7
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-8
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-9
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-10
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-11
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-12
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-13
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-14
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-15
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-16
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-17
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-18
imagem de Senhor+do+Bonfim+Bahia n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Senhor do Bonfim e arredores.


Você conhece a cidade de Senhor do Bonfim? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. CLARINDO ESTEVÃO APARECIDO MORGDO's avatarCLARINDO ESTEVÃO APARECIDO MORGDO

    Não conheço. Mas tenho um grande desejo de conhecer e a REgião. Sou do Estado do Paraná, São Jerônimo da Serra, meu falecido Pai CLARINDO ESTEVÃO DE MORGADO, sai dai ainda jovem, veio com mais quatro irmãos para São Paulo, dai veio para o Paraná, onde casou com minha Mãe Da.Dolores. Espero conhece-la.

    abraço.

    #1 – 01/02/2018 - 17:04

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: