Início » Bahia » Barreiras


Barreiras - Bahia



"Capital da Soja"

"Barreiras Grande"

"BRS"

História da cidade de Barreiras

A origem do município de Barreiras está relacionada à atividade pecuária extensiva, agricultura mercantil e ao comércio, através da navegação do Rio Grande, maior afluente a margem esquerda do Rio São Francisco

A partir de 1870, o então povoado de São João das Barreiras recebeu um grande número de imigrantes vindos das regiões sul e sudeste do país, que chegaram impulsionados pelo extrativismo e exportação da borracha da mangabeira, o que determinou um rápido crescimento econômico do lugarejo. A agroindústria da cana-de-açúcar inicia, assim, os seus primeiros passos no século XIX. As fazendas já possuíam seus engenhos, suas rústicas casas de farinha e rodas dágua para mover as engenhocas de beneficiar o arroz e o milho.

No início do século XX, a agricultura e a pecuária continuavam a se desenvolver nos mesmos moldes, mas já se cultivava o algodão e a mamona, que eram exportadas ao natural ou beneficiadas em descaroçadeiras e prensas para extrair o óleo. A navegação era a única forma de transporte da região. A produção de algodão e mamona crescia e era toda escoada pelo porto de Barreiras, determinando o progresso do município.

Com a implantação da hidrelétrica, a segunda da Bahia, construída por Dr. Geraldo Rocha, em 1928, Barreiras viveu uma época de grande prosperidade. A chegada da energia elétrica impulsionou as usinas beneficiadoras de cereais e algodão, possibilitou a instalação de uma fábrica de tecidos e fios de algodão e de um curtume industrial instalados pelo Cel. Baylon Boaventura.

Nesta mesma época, Dr. Geraldo Rocha, havia fundado a empresa Cia. Sertaneja e, através dela, muito realizou para o progresso de Barreiras. Na década de 1930, Dr. Geraldo Rocha, constrói um grande Frigorífico Industrial que produzia e exportava charque, paio, salame e salsicha.

Gentílico: barreirense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Barreiras, pela lei estadual nº 237, de 06-04-1891, desmembrado do município de Angical. Sede na antiga povoação de Barreiras. Constituído do distrito sede. Instalado em 26-05-1891.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Barreiras, pela lei estadual nº 449, de 19-05-1902.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 4 distritos: Barreiras, Santana, São Desidério e Várzeas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1933.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 8 distritos: Barreiras, Bonfim, Palmares, Rio Branco, Santana, São Desidério, Sítio Grande e Várzeas.

Pelo decreto-lei estadual nº 11089, de 30-11-1938, o município sofreu as seguintes modificações: o distrito de Bonfim tomou a denominação de Boa Sorte, Rio Branco a chamar-se Barrocas e Santana teve seu topônimo alterado para Catão. E, ainda pelo mesmo decreto-lei estadual acima citado o distrito de Palmares foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito de São Desidério, do mesmo município de Barreiras.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 7 distritos: Barreiras, Barrocas (ex-Rio Branco), Boa Sorte (ex-Bonfim), Catão (ex-Santana), São Desidério, Sítio Grande e Várzea.

Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto estadual nº 12978, de 01-06-1944, o distrito de Boa Sorte tomou a denominação de Tapiracanga.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 7 distritos: Barreiras, Barrocas, Catão, São Desidério, Sítio Grande, Tapiracanga (ex-Boa Sorte) e Várzeas.

Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, o distrito de Barrocas foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede de Barreiras.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos:Barreiras, Catão, São Desidério, Sítio Grande, Tapiracanga e Várzeas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 1621, 22-02-1962, desmembra do município de Barreiras o distrito de São Desidério e Sítio Grande, para constituírem o novo município de São Desidério.

Pela lei estadual nº 1758, 27-07-1962, desmembra do município de Barreiras o distrito de Catão. Elevado à categoria de município com a denominação de Catolãndia.

Pela lei estadual nº 1776, de 30-07-1962, desmembra do município de Barreiras os distritos de Tapiracanga e Várzeas, para constituírem o novo município com a denominação de Baianópolis.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Barreiras: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Barreiras? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: