Início » Alagoas » Estrela de Alagoas


Estrela de Alagoas - Alagoas



Estrela de Alagoas faz parte do estado de Alagoas. A população avaliada em 2004 era de 16.729 habitantes.

Conta a tradição que, em meados do século XIX, havia na região muitos animais selvagens, entre os quais se destacava o tatu-bola. Daí haver sido denominado de Bola o novo povoamento, que se formou em terras pertencentes ao município de Palmeira dos Índios.

Registra a história que seus fundadores pertenciam a família dos Gonzagas, tendo destaque os nomes de Antônio Gonzaga, Manoel Gonzaga e Augusto Gonzaga que, incansavelmente, lutaram pela prosperidade do novo povoado.

História da cidade de Estrela de Alagoas

Conta a tradição que em meados do século XIX, havia na região muitos animais selvagens, entre os quais se destacava o Tatu-Bola. Daí haver sido denominado de Bola o novo povoamento que se formou em terras pertencentes ao município de Palmeira dos índios.

Registra a história que seus fundadores pertenciam a família dos Gonzagas, tendo destaque os nomes de Antônio Gonzaga, Manoel Gonzaga e Augusto Gonzaga que incansavelmente lutaram pela prosperidade do novo povoado.

Em 1952, o padre Ludgero, vigário da paróquia de Palmeira dos índios, celebrou a primeira missa no povoado e vendo a necessidade da população de instrução escolar, trouxe a primeira escola que começou a funcionar em casa de Honorato Gonzaga, tendo como instrutora a professora Laura.

Por sugestão do referido padre foi mudado o nome do povoado de Bola para Estrela, tendo em vista o progresso que teve a localidade em pouco tempo de existência, justificando esta localidade é uma estrela brilhante.

No dia 09 de janeiro de 1959, por idéia do Sr. Luiz Duarte, comerciante, foi criada a primeira feira livre o que concorreu para um maior desenvolvimento.

A idéia de emancipação foi crescendo entre a população e foi concretizada com a criação do novo Município que recebeu o nome de Estrela de Alagoas, em 05 de outubro de 1989, e emancipação e m 05/10/1992, tendo como seu primeiro prefeito, Sr. Adalberon Alves Duarte, tomado posse no dia 01 de janeiro de 1993, data da instalação do Município.

O município se destaca pelas festividades, tendo como principais a Festa do Caju, a Emancipação Política e do padroeiro.

ASPECTOS FíSICOS: Localizado na Mesorregião do Agreste Alagoano e na Microrregião de Palmeira dos índios, o município é limitado ao norte pelo município de Bom Conselho (PE); ao sul pelo município de Igaci; a leste pelo município de Palmeira dos índios; a oeste pelos municípios de Minador do Negrão e Cacimbinhas.

CLIMA: Localizado em latitudes baixas, possui clima tropical megatérmico, quente durante quase todo o ano, e subúmido de tipo seco. As temperaturas médias mensais mantêm-se quase que uniformes ao longo do ano, elevando-se um pouco além da média anual (cerca de 24ºC) de novembro a abril (entre 25 e 26ºC) e decrescendo no trimestre de inverno (junho a agosto) com a chegada das chuvas mais constantes (21 a 22ºC). De novembro a março as temperaturas variam de 32 a 33ºC. O regime de chuvas apresenta-se com as características da chamada "Zona do Agreste".

Os totais anuais são relativamente pequenos (1.000 mm) e com probabilidade de maior concentração de chuvas nos meses de abril a agosto (75% em média), sobretudo de maio a julho. No restante do ano, chove muito menos do que na Zona da Mata, porém bem mais que no Sertão, entretanto, com exceção dos meses de junho, julho e agosto, os demais meses não possuem chuvas suficientes para a demanda ambiental, pois além de chover bem menos, suas temperaturas e evapotranspiração são muito altas.

Solo - Latsol vermelho amarelo eutrófico textura média e prodzólico vermelho amrelo equivalente eutrófico textura média.

Vegetação: é, em sua maioria, do tipo arbustiva. Existem ainda alguns focos de matas, onde pode-se encontrar madeiras de várias espécies e pastos naturais. Como o tempo, a vegetação nativa foi dando lugar a fruticultura a ao plantio de capins de tipos variados, para sustentação dos rebanhos.

Riquezas Naturais: Na parte vegetal, ainda restam boas quantidades de madeira, próprias para construção e plantas medicinais. No mineral , existem jazidas de pedras cálcareas, mármore de excelente quantidade,mica, ferro e sal-gema. No reino animal são encontrados tatus, raposa etc.

Meio Ambiente - A fauna é constituída por animais silvestre comuns à região, tais como raposas, guaxinins, tatus, guarás, gambás, cassacos, preás, furão, saguins, dentre outros. Aves, enumeramos as mais comuns que são: galhos de Campinas, papa capim, codornizes, azulões, caboclinho, rolinhas, anuns, gaviões, garças azulões etc.

A flora é constituída por arbustos e fruteira naturais, tipo seriguela, pinheira, cajueiro, umbuzeiro e pequenas matas, que estão dando lugar a pasto artificiais e expansão do cultivo de fruteira para comercialização. Nos focos remanescentes de mata, encontramos Pau D`Arco amarelo, murici, amarelo, jatobá, sapucaia, angico e etc.

ÁREA: 264,41 Km.

Fonte: IBGE

Código do Município

2702553

Gentílico

estrelense

Prefeito

ARLINDO GARROTE DA SILVA NETO

População
População estimada [2018]18.153 pessoas  
População no último censo [2010]17.251 pessoas  
Densidade demográfica [2010]66,41 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,6 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]813 pessoas  
População ocupada [2016]4,4 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]56 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]96,7 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,1  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,1  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.259 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]400 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]113 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]17 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]10 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]5.412,68 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]97,3 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,534  
Total de receitas realizadas [2017]56.329,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]45.959,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]26,74 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,2 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]13 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]260,772 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]6,4 %  
Arborização de vias públicas [2010]73 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Estrela de Alagoas: Imagens da cidade e Região

imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-1
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-2
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-3
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-4
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-5
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-6
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-7
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-8
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-9
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-10
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-11
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-12
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-13
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-14
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-15
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-16
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-17
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-18
imagem de Estrela+de+Alagoas+Alagoas n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Estrela de Alagoas e arredores.


Você conhece a cidade de Estrela de Alagoas? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: