Início » Rio Grande do Sul » Nova Roma do Sul


Nova Roma do Sul - Rio Grande do Sul



Nova Roma do Sul faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

Cercado pelos Rios das Antas e da Prata, com vales profundos, as terras de Nova Roma, passaram a ser colonizadas a partir de 1880 por imigrantes poloneses, suecos, e russos. Em 1888 iniciou a vinda de italianos que em alguns anos passaram a formar a maioria da população.

O território do atual município de Nova Roma do Sul pertenceu ao município de Antônio Prado durante mais de um século. A comissão de colonização dividiu-o em oito linhas onde se estruturaram 14 comunidades, cada qual com sua capela. Castro Alves foi a primeira e durante algum tempo parecia tornar-se a sede das oito linhas. Mas o povoado de Nova Treviso, na Linha Blessmann, passou a ser a nova sede, a partir de 1894, originando, com isso, inúmeras rivalidades entre os dois povoados.

História da cidade de Nova Roma do Sul Rio Grande do Sul - RS

O Município de Nova Roma do Sul foi criado em 30 de novembro de 1987. Até então, pertenceu ao município de Antônio Prado.

O início da colonização iniciou em 1880 quando famílias de eslavos, poloneses, suecos e alguns russos se instalaram na região principalmente às margens do Rio das Antas. A partir de 1888 chegaram os imigrantes italianos ocupando os lotes disponíveis.

Devido a rivalidade entre dois povoados, Castro Alves e Nova Treviso, ficou definida a sede entre estes dois pontos, nascendo Assim NOVA ROMA em homenangem ao país de origem. Durante a 2ª guerra mundial, quando o Brasil também declarou guerra a Itália mudou-se o nome para GUARARAPES e logo em seguida para GUAICURUS. Em 1949 por vontade popular, voltou a sua primeira denominação NOVA ROMA. Com a emancipação política em 1987 ficou NOVA ROMA DO SUL ( já havia em Goiás um município com o nome de Nova Roma).

Superadas as dificuldades iniciais da colonização, Nova Roma foi aos poucos criando uma estrutura econômica baseada na agropecuária o que propiciou o surgimento de estabelecimentos comerciais e pequenas indústrias como moinhos e matadouros. A abertura da estrada Júlio de Castilhos integrou o então distrito de Nova Roma, com o Estado e País.

Com base no trabalho comunitário ainda hoje é conservada a bagagem cultural trazida do país de origem principalmente a língua, costumes, lazer, artesanato e tantos outros aspectos.

Com a aceleração da industrialização no Brasil após 1960 e a falta de uma política agrícola para as pequenas propriedades, muitos novaromenses foram para as cidades buscar empregos. A agropecuária precisou então buscar novas alternativas como criação de gado leiteiro, aviários, hortigranjeiros e fruticultura, atividades que tiveram apoio fundamental do FUNDEC e poder público municipal a partir de 1989.

Atualmente há uma preocupação constante em conseguir melhores vias de acesso,que não conta com rodovias asfaltadas. é visível também a preocupação do município com

o aspecto cultural, como a Semana da Poesia e La Prima Vendemmia realizadas anualmente nos meses de novembro e janeiro respectivamente.

Nosso município é soma de um povo trabalhador com uma terra produtiva e suas belezas naturais, que pode proporcionar em pouco tempo uma estrutura que possibilitará aos novaromenses uma qualidade de vida invejável.

Gentílico: nova-romense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nova Roma, por ato municipal nº 38, de 1901-1923, subordinado ao município de Antônio Prado.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Nova Roma figura no município de Antônio Prado.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII1937.

Pelo decreto estadual nº 7842, de 30-06-1939, confirmado pelo decreto-lei federal nº 1307, de 31-05-1939, o distrito de Nova Roma passou a denominar-se Guararapes.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito já denominado Guararapes figura no município de Antônio Prado.

Pelo decreto-lei estadual nº 720, de 29-12-1944, o distrito de Guararapes passou a denominar-se Guaicurus.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito já denominado Guaicurus figura no município de Antônio Prado.

Pela lei municipal nº 95, de 25-03-1950, o distrito de Guaicurus passou a denominar-se Nova Roma.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito já denominado Nova Roma figura no município de Antônio Prado.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Roma do Sul , pela lei estadual nº 8423, de 30-11-1987, alterada em seus limites pela lei estadual nº 9038, de 08-02-1990, desmembrado de Antônio Prado. Sede no antigo distrito de Nova Roma, atual Nova Roma do Sul. Constituído do distrito Sede. Instalado em 01-01-1989.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais

Nova Roma para Guararapes alterado, pelo decreto estadual nº 7842, de 30-06-1939,

confirmado pelo decreto-lei federal nº 1307, de 31-05-1939.

Guararapes para Guaicurus alterado, pelo decreto-lei estadual nº 720, de 29-12-1944.

Guaicurus para Nova Roma alterada, pela lei municipal nº 95, de 25-03-1950.

Nova Roma para Nova Roma do Sul alterada, pela lei estadual nº 8423, de 30-11-1987,

alterada em seus limites pela lei estadual nº 9038, de 08-02-1990.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 149,054: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 1: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 320: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 123: matrículas
Número de unidades locais: 166: unidades
Pessoal ocupado total: 802: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 29.394,06: reais
População residente : 3.343: pessoas
População residente - Homens: 1.708: pessoas
População residente - Mulheres: 1.635: pessoas
População residente alfabetizada: 3.008: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 699: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 3.135: pessoas
População residente, religião espírita: 7: pessoas
População residente, religião evangélicas: 161: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 4.088,49: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 3.174,51: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 755,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 850,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,741:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Nova Roma do Sul: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Nova Roma do Sul? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: