Início » Rio Grande do Norte » Angicos


Angicos - Rio Grande do Norte



Angicos faz parte do estado do Rio Grande do Norte, localizado na microrregião homônima.

De acordo com o IBGE, no ano 2004, sua população era estimada em 11.956 habitantes (11.626 registrados no censo do ano 2000). Área territorial de 806km².

O município foi emancipado de Assu em 11 de abril de 1833. A emancipação foi suprimida pela Lei Provincial nº 26, de 28 de março de 1835 e restaurada em 13 de outubro de 1836 pela Resolução Provincial nº 9.

História da cidade de Angicos Rio Grande do Norte - RN

O Município está localizado na Zona do Sertão com 109 metros de altitude, à margem esquerda do rio Pataxó ou Angicos, dista, em linha reta, 156 quilômetros da Capital estadual. A área municipal mede 1.072 quilômetros quadrados. O clima é ameno e salubre, apresentando, em graus centígrados, as seguintes temperaturas: média das máximas - 33; média das mínimas - 25; média compensada - 29.

Habitavam primitivamente a região os índios da tribo Pataxó, pertencente à nação gê ou tapuia. Acredita-se que as primeiras penetrações no território ocorreram em 1760 e que o fundador do povoado é o tenente Antonio Lopes Viegas, descendente da família Dias Machado. Consta que em 1783, quando foi criada a Vila Nova da Princesa (hoje cidade do Açu), abrangendo os Municípios de Açu, Angicos, Macau e Santana do Matos, já se localizavam no território de Angicos diversas fazendas de criar.

Cerca de 80% da população economicamente ativa dedica-se a agropecuária. A cultura e o beneficiamento do algodão constituem a principal fonte de renda do Município. Ali se produz um dos melhores algodões do Estado, cultivando-se preferencialmente a espécie mocó. Em 1959, a cultura do algodão ocupou uma área de 18.000 hectares, tendo alcançado uma produção de 1.800 toneladas . Este volume representou 91 % do total da produção agrícola municipal naquele ano.

Gentílico: angicano

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Angicos, por resolução do conselho do governo, de 11-04-1833.

Pelas leis provinciais nº 26, de 28-03-1835 e 158, de 02-10-1847, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Macau.

Elevado à categoria de município, Pelas resoluções provinciais nºs 9, de 13-10-1836 e 219, de 27-06-1850, desmembra de Macau. Sede na povoação de Angicos. Instalado em 08-12-1850.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual n.º 603, de 31-10-1938, são criados os distritos de Afonso Bezerra,

Epitácio Pessoa e Fernando Pedrosa e anexado ao município de Angicos. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Angicos, Afonso Bezerra, Epitácio Pessoa e Fernando Pedrosa.Pela estadual n.º 146, de 23-12-1948, desmembra do município de Angicos o distrito de Epitácio Pessoa. Elevado à categoria de município com a denominação de Pedro Avelino. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Angicos, Afonso Bezerra e Fernando Pedrosa. Pela lei estadual n.º 20, de 27-10-1953, desmembra do município de Angicos o distrito de Afonso Bezerra. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Angicos e Fernando Pedrosa.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.

Pela lei estadual n.º 6301, de 26-06-1992, desmembra do município de Angicos o distrito de Fernando Pedrosa. Elevado à categoria de município com a denominação de Fernando Pedroza.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 741,582: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 7: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.685: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 480: matrículas
Número de unidades locais: 205: unidades
Pessoal ocupado total: 1.000: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 9.113,73: reais
População residente : 11.549: pessoas
População residente - Homens: 5.656: pessoas
População residente - Mulheres: 5.893: pessoas
População residente alfabetizada: 7.956: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 3.266: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 9.518: pessoas
População residente, religião espírita: 22: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.358: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 845,45: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.316,76: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 204,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 255,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,624:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Angicos: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Angicos? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. SIM, CONHEÇO, SOU FILHO NATURAL DESSA TERRA QUE AMO DE PAIXÃO, MAIS INFELIZMENTE OS NOSSOS POLÍTICOS ATUAIS ESTÃO DEIXANDO A DESEJAR, POIS UMA CIDADE AS MARGENS DE UMA BR-304, CONTINUA SUB-DESENVOLVIDA, OS POLÍTICOS PRECISAM DEIXAR DE CURTIREM COM FESTAS,'s avatarSIM, CONHEÇO, SOU FILHO NATURAL DESSA TERRA QUE AMO DE PAIXÃO, MAIS INFELIZMENTE OS NOSSOS POLÍTICOS ATUAIS ESTÃO DEIXANDO A DESEJAR, POIS UMA CIDADE AS MARGENS DE UMA BR-304, CONTINUA SUB-DESENVOLVIDA, OS POLÍTICOS PRECISAM DEIXAR DE CURTIREM COM FESTAS,

    SIM, CONHEÇO, SOU FILHO NATURAL DESSA TERRA QUE AMO DE PAIXÃO, MAIS INFELIZMENTE OS NOSSOS POLÍTICOS ATUAIS ESTÃO DEIXANDO A DESEJAR, POIS UMA CIDADE AS MARGENS DE UMA BR-304, CONTINUA SUB-DESENVOLVIDA, OS POLÍTICOS PRECISAM DEIXAR DE CURTIREM COM FESTAS, BEBEDEIRAS E FARRAS E CORREREM ATRÁS DE EMPRESAS QUE QUEIRAM INVESTIR NESSA CIDADE, INSTALANDO SUAS EMPRESAS E COM ISSO GERAR EMPREGO PARA NOSSO POVO, ATÉ PORQUE NÓS FICAMOS NO CENTRO DO RN, ASSIM FICA MAIS FÁCIL ESCOAREM SEUS PRODUTOS, PORQUE QUE A CIDADE DE ASSÚ É BEM DESENVOLVIDA E A CIDADE DE SANTANA DO MATOS EMBRENHADA LA NO PÉ DA SERRA TEM MAIS DESENVOLVIMENTO DO QUE ANGICOS, FICA AÍ A DICA.

    #1 – 25/09/2017 - 13:14

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: