Início » Rio de Janeiro » Três Rios


Três Rios - Rio de Janeiro



Três Rios faz parte do estado do Rio de Janeiro. Sua população urbana aferida em 2010 pelo Censo é de 77.503 habitantes mas possui uma população flutuante que gira em torno de 400 mil pessoas devido ser cidade-polo da região centro sul fluminense, atraindo visitantes de todas os munícipios vizinhos e também de munícipios de Minas Gerais em busca de empregos, comércio e lazer.

Os três rios que fizeram o município receber essa denominação são os rios: Piabanha, Paraibuna e Paraíba do Sul. A cidade, antes chamada de Entre-Rios, foi elevada à categoria de município em 1938, chamando-se Três Rios. Porém, manteve-se o nome Entre-rios em várias instituições e estabelecimentos comerciais, como forma de resguardar a história da região.

Encontra-se a uma latitude 22º07′00" sul e a uma longitude 43º12′33" oeste, estando a uma altitude de 269 metros. A população avaliada em 2006 era de 76.422 habitantes, com uma densidade demográfica de 204,65 hab/km². Possui dois distritos: Três Rios (sede) e Bemposta. O município fica na microrregião Centro-Sul Fluminense (ou de Três Rios), dentro da mesorregião Centro Fluminense e tem este nome devido ao encontro de três rios (Rio Paraíba do Sul, Paraibuna e Piabanha) que acontece em seu território, o que é considerado seu principal ponto turístico. O município perdeu três de seus distritos, que hoje formam as cidades de Comendador Levy Gasparian - que ao se emancipar levou consigo o distrito de Afonso Arinos - e Areal. Também sofreu um grande esvaziamento econômico com o fechamento da Companhia Industrial Santa Matilde, fábrica de vagões ferroviários.

História da cidade de Três Rios

Território onde se encontra o atual Município de Três Rios era primitivamente denominado Paraíba Nova.

Sabe-se que em 1597, Martim Corrêa de Sá, filho de Salvador de Sá, passou pela região, utilizando o itinerário marítimo-terrestre, via Parati, para alcançar as "Minas Novas" ou "Minas Gerais", o que em parte, presume-se, contribuiu para seu desbravamento.

Foi entretanto nos primeiros decênios do Século XVIII, segundo crônica da época, que Pedro Dias Paes Leme, continuando a obra de seu pai, Garcia Paes Leme, fez construir, dedicada à Nossa Senhora do Monte Serrat, uma capela em terras do atual Distrito de Afonso Arinos. Mais tarde, ali se instalaria o destacamento efetivo do "Registro", com a missão de impedir o contrabando de ouro e diamante e de arrecadar os direitos reais da "Passagem".

Enquanto essa região era colonizada, outra surgia em consequência da fundação, pelo legendário capitão Tira-Morros, José Antônio Barbosa, de uma fazenda, a que deu o nome de Bemposta.

Em decorrência de sua posição no itinerário da "Estrada Real", que ligava o Rio a Minas, novo núcleo populacional ali se formou. Uma capela foi erguida, tendo São Sebastião de Entre Rios como Padroeiro.

Até antes de 1858, o território do atual Distrito constituía apenas uma colônia dependente da Fazenda de Cantagalo, de propriedade de Antônio Barroso Pereira, 1.º Barão de Entre Rios.

Por essa época, seguindo com a estrada de rodagem Petrópolis-Juiz de Fora, Mariano Procópio adquiriu, do referido barão, 81.840 braças quadradas de terras, construindo a grande e suntuosa Estação de Entre Rios, que mais tarde acolheu a comitiva imperial, quando da inauguração, em 18 de março de 1858, do trecho nas terras do Município, da famosa União e Indústria.

Foi a partir da instalação dessa parada, com os melhoramentos introduzidos pela companhia concessionária da rodovia e com a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro D. Pedro II, em 1867, que Entre Rios passou a desenvolver-se com o surgimento de ricas fazendas onde o elemento negro escravizado fazia a fortuna de seus proprietários.

Entretanto, é interessante notar-se que, apesar de todo o progresso observado na localidade de Entre Rios, apenas em 1890 foi esta elevada à categoria de Distrito, quando Bemposta (com o nome de Nossa Senhora da Conceição Bemposta) e Nossa Senhora de Monte Serrat (atual Afonso Arinos), receberam em 1855 e 1884, respectivamente, predicativos de paróquias ou freguesias e, portanto, de Distritos.

As condições de desenvolvimento propiciaram a emancipação, que ocorreu em 1938, recebendo o Município a denominação de Entre Rios, modificado em 1943 para Três Rios.

Gentílico: trirriense

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Entre Rios, pelo or decreto estadual nº 114, de 13-08-1890, pela deliberação estadual de 21-08-1891 e decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, no município de Paraíba do Sul.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Entre Rios, figura no município de Paraíba do Sul.

Assim permencendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Elevado a categoria de município com a denominação de Entre Rios, pelo decreto estadual nº 634, de 14-12-1938, desmembrado de Paraíba do Sul. Sede no antigo distrito de Entre Rios. Constituído de 4 distritos: Entre Rios, Areal, Bemposta e Monte Serrat. Todos desmembrado do município de Paraíba do Sul. Instalado em 01-05-1939.

Pelo decreto-lei nº 1056, de 31-12-1938, o município de Entre Rios passou a denomina-se Três Rios. Sob o mesmo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, o municipio de Três Rios adquiriu o distrito de Afonso Arinos e ainda sob o mesmo decreto o distrito de Monte Serrá, foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito de Afonso Arinos.

Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o município é constituído de 4 distrito: Três Rios, Afonso Arinos, Areal, Bemposta.

Pela lei nº 2382, de 18-01-1955, é criado o distrito de Serraria e anexado ao município de Três Rios. Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Três Rios, Afonso Arinos, Areal, Bemposta e Serraria.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-Vll-1960.

Pelo decreto estadual n.º 99, de 30-01-1963, o distrito de Serraria passou a denominar-se Comendador Levy Gasparian.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 5 distritos: Três Rios, Afonso Arinos, Areal, Bemposta e Comendador Levy Gasparian.

Pela lei estadual nº 1923, de 23-12-1991, desmembra do município de Três Rios os distritos de Comendador Levy Gasparian e Afonso Arinos, para formar o novo município de Comendador Levy Gasparian.

Lei Estadual nº 1986, de 10 de abril de 1992, desmembra de Três Rios, o distrito de Areal, elevado a categoria de município.

Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituído de 2 distritos: Três Rios e Bemposta.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica municipal

Entre Rios para Três Rios, teve sua denominação alterada, por força do decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 326,757: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 33: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 11.331: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 3.023: matrículas
Número de unidades locais: 2.731: unidades
Pessoal ocupado total: 30.001: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 43.522,24: reais
População residente : 77.432: pessoas
População residente - Homens: 37.014: pessoas
População residente - Mulheres: 40.418: pessoas
População residente alfabetizada: 67.510: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 22.502: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 47.353: pessoas
População residente, religião espírita: 2.588: pessoas
População residente, religião evangélicas: 21.000: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.635,34: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.361,47: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 402,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,725:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Três Rios: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Três Rios? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: