Início » Minas Gerais » Mantena


Mantena - Minas Gerais



Mantena faz parte do estado de Minas Gerais. Segundo os dados fornecidos pelo IBGE referentes a última contagem da população, feita em 2007 a população da cidade era de 26.721 habitantes, o que representou uma diminuição de 151 habitantes, se comparado com o último censo demográfico realizado em 2001 onde foram encontrados 26.872 pessoas. Estes números de habitantes são menores, mais o censo omite dados interessantes, pois a cidade de Mantena tinha próximo de 50.000 habitantes antes da emancipação dos distritos de Sao Joao do Manteninha e Nova Belem que se elevaram a cidade e seus respectivos distritos de Divino das Palmeiras, Santa Rita e Vargem Grande, que juntos faziam parte de seu município e nessas emancipações diminuíram cerca de 20.000 habitantes.

Segundo o Dicionário Aurélio XXI de Aurélio Buarque de Holanda, Mantena, no Brasil, em Goiás, significa bom ou ótimo. A palavra refere-se também a uma personagem que desempenha o papel do rei dos cristãos e dos mouros, nas cavalhadas do município de Franca em São Paulo. Também designa os cavaleiros pertencentes à Associação Cavalaria de São Gonçalo e São Benedito de Guaratinguetá, Aparecida e Lorena, todas cidades do Vale do Paraíba, interior de São Paulo. O nome "Mantena" é indígena e quer dizer: "Terra Boa - Solo Fértil".

Por volta de 1920, o território começou a ser povoado. Isso aconteceu graças aos padres capuchinhos, entre eles, Frei Inocêncio de Comiso. Naquela época, as terras que hoje formam o nosso Município pertenciam ao Município de Itambacuri, fazendo parte do Distrito chamado Lajão, depois o Distrito de Lajão foi desmembrado de Itambacuri, surgindo o Município de Conselheiro Pena. Em 1930, o Emiliano Ferreira Júnior, comprou grande parte dessas terras e veio ocupá-las juntamente com sua família.

História da cidade de O topônimo Mantena significa terra boa, que se conserva farta, etc.

O município teve, anteriormente, dois nomes: o de "Barra do Córrego dos Ilhéus", em virtude sua localização nas margens do Córrego de propriedade do Sr. Cândido Ribeiro Gonçalves, vulgo, Cândido Ilhéus, e mais tarde, o de "Patrimônio de Benedito Quintino", em homenagem ao ilustre engenheiro Benedito Quintino dos Santos, que é considerado um grande explorador da região, e a quem deve Mantena grande parte de sua existência.

A região foi inicialmente desbravada pelos exploradores desejosos de se apossarem das terras e pelos padres capuchinhos, Frei Serafim de Gorizia, Frei ongelo de Sassoferato, Frei Gaspar de Módica e Frei Inocêncio de Comiso.

O primeiro morador do local, onde hoje se ergue a cidade de Mantena, foi o Sr. Emiliano Ferreira Júnior, que partindo do município de Ipanema em 1933, e atravessando o Rio Doce na Pedra da Lorena, acima da cidade de Aimorés, em busca de matas, subiu a serra do Cuparaque e cruzou as águas do São José em plena mata virgem, atingindo a barra do ribeirão dos Ilhéus, onde fez a primeira derrubada. Seus Companheiros eram, Francisco Perigosa e Cândido Ribeiro Gonçalves, conhecido pela alcunha de "Cândido Ilhéu".

Emiliano Ferreira Júnior apossou-se da barra do Córrego dos Ilhéus até a confluência do Córrego do Turvo. Francisco Perigoso limitou sua posse com o Córrego do Turvo e Antônio Perigoso apossou-se das margens do ribeirão São Francisco.

No princípio de 1934, Emiliano Ferreira Júnior perdeu sua primeira filha, de nome Elisa, sepultada no local onde se encontra hoje a Igreja de Santo Antônio de Mantena e, desgostoso com esse acontecimento, vendeu sua posse para Cândido Ribeiro Gonçalves, que a doou mais tarde a Santo Antônio de Mantena.

FORMAçãO ADMINISTRATIVA:

A região do braço sul do São Mateus ou Cricaré, onde esta localizado o município de Mantena, pertenceu, desde a fundação de Filadélfia, em 1852 até 1918, ao distrito de Itambacuri, do município de Teófilo Otoni. Com a emancipação de Itambacuri ficou, pertencendo aquela região ao novo município.

Em 1938 foi criado o distrito de Bom Jesus do Mantena, compreendendo toda a região do São Mateus do Sul.

Em 1943, o Decreto-Lei número 1.058, de 30 de dezembro, criou o município de Mantena, cuja instalação se verificou em 1º de janeiro de 1944.

Atualmente é a seguinte composição distrital do município: A sede, Barra do Ariranha e Limeira de Mantena.

FORMAçãO JUDICIáRIA:

Sentindo a necessidade da criação da Comarca de Mantena, o governo estadual baixou em 1944, o Decreto-Lei nº 1.011, de 30 de dezembro, que a instituiu, verificando-se sua instalação solene em 1º de janeiro de 1945.

TURISMO E EVENTOS:

A festa máxima é o dia 13 de Junho, festa do padroeiro de Mantena "Santo Antônio de Pádua", comemorado com procissão, durante a semana a partir do dia 4 de junho, funcionam barracas, palco para apresentação da danças "Folclóricas" das cidades vizinhas inclusive, outras atrações como bailes, vaquejadas, atletismo, etc.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: GILMAR MORAES DE FREITAS

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 685,208: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 17: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.548: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 886: matrículas
Número de unidades locais: 813: unidades
Pessoal ocupado total: 4.626: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 11.533,11: reais
População residente : 27.111: pessoas
População residente - Homens: 13.087: pessoas
População residente - Mulheres: 14.024: pessoas
População residente alfabetizada: 21.618: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 7.435: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 11.079: pessoas
População residente, religião espírita: 10: pessoas
População residente, religião evangélicas: 12.065: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 890,10: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.679,19: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 220,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 403,33: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,675:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Mantena: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Mantena? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: