Início » Ceará » Quixeramobim


Quixeramobim - Ceará



Quixeramobim faz parte do estado do Ceará, localizado na Mesorregião dos Sertões Cearenses.

Segundo a tradição, os primitivos habitantes da região eram os índios quixarás. Os primeiros civilizados que penetraram às terras do atual Município vieram do Jaguaribe, seguindo o rio Banabuiú. Eram membros das famílias Correia Vieira e Rodrigues Machado, que ali se estabeleceram com fazendas de criar. A povoação parece ter nascido precisamente dessas fazendas. No ano de 1704, foram concedidas por Carta Régia muitas léguas de terras a vários portugueses e, entre eles, ao portuense Antônio Dias Ferreira. Além das que Ihe foram concedidas, adquiriu este boas terras às margens do rio que o gentio chamava de Ibu, fundando ali a Fazenda de Santo Antônio do Boqueirão. Tratou logo de erigir, nas proximidades da sua casa de morada, uma pequena capela, sob a invocação de Santo Antônio de Pádua, mais tarde Santo Antônio de Quixeramobim. Com a construção da capela, Antônio Dias Ferreira muito concorreu para o desenvolvimento da região, "atraindo-lhe os moradores". Vinte e cinco anos mais tarde, a capelinha arruinada era substituída pela Igreja, que seria a futura Matriz da cidade, edificada pelo portuense, "homem solteiro de avultada fortuna, que possuía 20 léguas de terras". O volume 16º da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, edição de 1959, fundamenta que quixeramobim tinha a denominação de Nova Vila de Campo Maior(página 456).

História da cidade de Quixeramobim Ceará -CE

Segundo a tradição, os primitivos habitantes da região eram os índios quixarás.

Os primeiros civilizados que penetraram às terras do atual Município vieram do Jaguaribe, seguindo o rio Banabuiú. Eram membros das famílias Correia Vieira e Rodrigues Machado, que ali se estabeleceram com fazendas de criar. A povoação parece ter nascido precisamente dessas fazendas.

No ano de 1704, foram concedidas por Carta Régia muitas léguas de terras a vários portugueses e, entre eles, ao portuense Antônio Dias Ferreira. Além das que Ihe foram concedidas, adquiriu este boas terras às margens do rio que o gentio chamava de Ibu, fundando ali a Fazenda de Santo Antônio do Boqueirão. Tratou logo de erigir, nas proximidades da sua casa de morada, uma pequena capela, sob a invocação de Santo Antônio de Pádua, mais tarde Santo Antônio de Quixeramobim.

Com a construção da capela, Antônio Dias Ferreira muito concorreu para o desenvolvimento da região, "atraindo-lhe os moradores".

Vinte e cinco anos mais tarde, a capelinha arruinada era substituída pela Igreja, que seria a futura Matriz da cidade, edificada pelo portuense, "homem solteiro de avultada fortuna, que possuía 20 léguas de terras".

Gentílico: quixeramobinense ou quixeramobiense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Quixeramobim, por provisão de 15-11-1755.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Quixeramobim, por ordem régia de 22-07-1766. Instalado em 13-06-1789.

Elevado à categoria de cidade com a denominação de Quixeramobim, pela lei provincial nº 770, de 14-08-1856.

Pelo ato de 08-11-1910, é criado o distrito de São João e anexado ao município de Quixeramobim.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Quixeramobim e São João.

Por ato estadual de 14-09-1912 e criado o distrito de Uruquê e anexado ao município de Quixeramobim.

Pelo decreto estadual nº 1156, de 04-12-1933, é criado o distrito de Boa Viagem, Canafístula, Madalena, Olinda. Sob o mesmo decreto o distrito de Uruquê passou a denominar-se Francisco Sá.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 9 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Boa Viagem, Canafistula, Madalena, Olinda, São Francisco Sá ex-Uruquê e São João.

Pela lei estadual nº 260, de 28-12-1936, desmembra do município de Quixeramobim os distritos de Boa Viagem e Olinda, para formar o novo município de Boa Viagem.

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município aparece constituído de 9 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Belém Quirim, Canafistula, Francisco Sá, Madalena, São João e São José de Castro.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de São José de Castro, passou denominar-se simplesmente Castro, Canafistula a denominar-se Pirabibu, Francisco Sá voltou a denominar-se Uruquê e São João a denominar-se Lacerda. Sob o mesmo decreto é extinto o distrito Belém Quirim, sendo seu território anexado ao distrito sede de Quixeramobim.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 8 distritos: Quixeramobim, Algodão, Belém, Castro ex-São José de Castro, Lacerda ex-São João, Madalena, Pirabibu ex- Canafistula e Uruquê ex-Francisco Sá.

Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Belém passou a denominar-se Itatira, Algodão passou a denominar-se Manituba e Castro denominar-se Macaoca.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 8 distritos: Quixeramobim, Itatira ex-Belém, Lacerda, Macaoca ex-Castro, Madalena, Manituba ex-Algodões, Paraibu e Uruquê.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1950.

Pela lei estadual nº 1.153, de 22.11.1951 o distrito de Itatira é desmembrado do município de Quixeramobim e para formar o município de Itatira.

Pela lei estadual nº 2.153, de 22-11-1951, é criado o distrito de Passagem anexado ao município de Quixeramobim.

Pela lei estadual nº 2.158, de 09-12-1953, são criados os distritos de Encantado e São Miguel ambos com terras desmembrados do distrito de Lacerda e anexado ao município de Quixeramobim.

Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 10 distritos: Quixeramobim, Encantado, Lacerda, Madalena, Macaoca, Manituba, P1rabibu, Passagem, São Miguel e Uruquê.

Pela lei estadual nº 11.274, de 23-12-1986, desmembra do município de Quixeramobim os distritos de Madalena, Macaoca, para formar o novo município de Madalena.

Em divisão territorial datada de 1988 o município era composto de 8 distritos: Quixeramobim, Encantado, Lacerda, Manituba, Pirabibu, Passagem, São Miguel e Uruquê.

Pela lei municipal nº 1.063, de 01-03-1990, o distrito de Pirabibu passa a denomina-se Algodões, com sua sede no povoado de Algodões que é elevado a categoria de Vila.

Pela lei municipal nº 1.469, de 26-04-1990, é criado o distrito de Nenelândia e anexado ao município de Quixeramobim.

Pela lei municipal nº 1475, de 05-06-1990, é criado o distrito de Belém e anexado ao município de Quixeramobim.

Em divisão territorial datada de 17-01-1991, o município é constituído de 10 distritos: Quixeramobim, Algodões ex-Pirabibu, Belém, Encantado, Lacerda, Manituba, Nenelândia, Passagem, São Miguel e Uruquê.

Pela lei municipal nº 1568, de 28-03-1994, o distrito de Algodões passou a denominar-se Damião Carneiro.

Em divisão territorial datada de 01-07-1995, o município é constituído de 10 distritos: Quixeramobim, Belém, Encantado, Lacerda, Manituba, Nenelândia, Passagem, Damião Carneiro, ex-Algodões, São Miguel e Uruquê.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 3.275,625: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 35: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 11.888: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 3.098: matrículas
Número de unidades locais: 974: unidades
Pessoal ocupado total: 6.066: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 9.315,59: reais
População residente : 71.887: pessoas
População residente - Homens: 35.729: pessoas
População residente - Mulheres: 36.158: pessoas
População residente alfabetizada: 50.878: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 23.301: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 59.790: pessoas
População residente, religião espírita: 103: pessoas
População residente, religião evangélicas: 8.601: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 718,18: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.388,81: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 145,71: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 275,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,642:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Quixeramobim: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Quixeramobim? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: