Início » Amapá » Amapá


Amapá - Amapá



Amapá é uma cidade localizada no leste do estado homônimo. A população estimada em 2005 era de 7413 habitantes e a área é de 9169km², o que resulta numa densidade demográfica de 0,79 hab/km².

Seus limites são o Oceano Atlântico a norte e leste, Macapá e Cutias a sul, Tartarugalzinho e Pracuúba a sudoeste e Calçoene a oeste e noroeste.

O município foi criado em 22 de outubro de 1901 e sua história está basicamente ligada a questões litigiosas com a França, que reivindicou soberania sobre a área. Nos episódios diplomáticos e de batalhas militares que culminaram com a conquista brasileira desse território em 1900, teve destaque a figura de Francisco Xavier da Veiga Cabral (o Cabralzinho), que por seus atos de bravura e coragem tornou-se uma figura heróica para o Estado.

O Município de Amapá, que tem o mesmo nome do Estado, foi criado pela Lei no 0798, em 22 de outubro de 1901. Está localizado ao norte do estado (Meso Região Norte), a 312 km da Cidade de Macapá. Com dois distritos: Amapá (distrito sede = Cidade, situada à margem direita do Rio Amapá Pequeno, que deságua no Rio Amapá Grande) e Sucuriju. Limita-se com os municípios: Macapá, Calçoene, Cutias, Tartarugalzinho e Pracuúba.

O nome Amapá é oriundo de uma espécie de árvore brasileira (Hancornia Amapá, Hub.) da família das apocináceas, parecida com a mangabeira, seus frutos são maiores e de cor roxa. O leite do amapazeiro é utilizado para fins fitoterápicos.

Histórico: O município originou-se da incorporação ao Estado do Pará, pelo Dec. no 938, em 21 de janeiro de 1901, de toda área do antigo Contestado do Amapá, ou seja, a área limitada ao norte pelo Rio Oiapoque e ao sul pelo Rio Araguari (antiga região de litígio entre Brasil e França). Sua primeira denominação foi Território de Aricari, e possuia duas circunscrição: Amapá e Cassiporé, depois pela Lei no 799, de 22 de outubro de 1901, transformados em municípios: Amapá e Monte Negro. Que posteriormente pela Lei Estadual no 820, de 14 de outubro de 1902, foram reincorporado em um só, Município de Monte Negro, em homenagem ao então governador do Pará, Augusto Monte Negro. Mais em 10 de novembro de 1937 pelo Decreto-Lei estadual no 2.972, recebeu a denominação de Veiga Cabral. E finalmente recuperando pelo Decreto-Lei Estadual no 3.131, de 31 de outubro de 1938, o nome original de "Amapá".

O município é riquíssimo em recursos naturais: no reino vegetal possui a andiroba, ucuúba, patauá, copaíba, etc.; no pescado destacam-se o pirarucú, o tucunaré, e no litoral atlântico é abundante em gurijuba, bagre, a pirapema, a uritinga, o mero, etc.; entre os animais silvestres: veados, queixadas, caititus, jacarés, lontra, etc.

Possui áreas de reservas: Reserva Biológica do Lago Piratuba, localizada entre os município de de Amapá e Calçoene, a Estação Ecológica ddas ilhas de Maracá e Jipióca e Foresta Nacional do Amapá.

Economia: é um município estritamente ligado ao subsetor pecuário (setor primário), tem grandes perspectivas nessa exploração, por oferecer todas as condições favoráveis (concentração dos chamados campos inundáveis) muito bons para o desenvolvimento do gado bubalino, que, aliás, vem gradativamente substituindo o rebanho bovino. é o representante do estado no que se refere a criação de gado bovino (produção de carne, matrizes e reprodutores), bubalino e equino, e é o maior produtor de leite e de queijo do Estado,

O município também utiliza a criação de suínos, da pesca (gurijuba, pirarucu, uritinga, pirapema, tucunaré, apaiari, branquinha, etc), bem assim da cultura da mandioca, da macaxeira, do milho e do arroz. Também é pescado na costa desse município o camarão rosa, muito procurado, por ser um camarão grande e muito saboroso.

Possui um acervo de recursos minerais (Setor Secundário), como a cassiterita e a tantalita. No vegetal, algumas serrarias exploram: a andiroba, patauá e ucuúba. Existem também algumas padarias.

No setor terciário: pequeno comércio (mercearias), boates e alguns bares.

Atração Turística: Tem como principal atrativo a Base Aérea, que também já chamada Museu da Segunda Guerra, por ter servido de apoio ao Exército e a Marinha Americana a qual está sendo transformada de fato em Museu da Segunda Guerra Mundial. No local ainda existem componentes remanescentes da Segunda Guerra, como a torre de atracação de zepelins, o paiol de munição, as sucatas de um jeep, de um trator e de um carro de bombeiros. Além da Cachoeira Grande, que pertence aos Municípios de Calçoene e Amapá, (ficando mais próximo da Cidade de Amapá). Possui também a frente da cidade uma estátua em concreto de seu herói o Cabralzinho.

Eventos Culturais: Todo ano no mês de maio se realiza na sede do município, a festa do Divino Espírito Santo, padroeiro da cidade. Entretanto, um dos eventos mais importante (economicamente) nesse município é a Agropesc-feira agropecuária (uma expo-feira), no Parque de Exposições Tancredo Neves, onde comparecem criadores de quase todos os municípios, inclusive de outras Unidades da Federação. Assim também como o Festival da Gurijuba (peixe da família dos Bagres), em julho.

Fonte: SOUZA, Manoel Dorandins Costa de. A Evolução Política, Demográfica e Sócio-Econômica do Amapá. Coordenação do Curso de História. Universidade Federal do Amapá.Macapá/AP, 1995. 101 p. (trabalho de conclusão de curso)

Autor do Histórico: JOEL LIMA DA SILVA

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 9.167,617: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 7: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.763: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 452: matrículas
Número de unidades locais: 72: unidades
Pessoal ocupado total: 715: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 19.563,02: reais
População residente : 8.069: pessoas
População residente - Homens: 4.211: pessoas
População residente - Mulheres: 3.858: pessoas
População residente alfabetizada: 6.164: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 3.167: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 5.484: pessoas
População residente, religião espírita: 30: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.930: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 971,52: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.828,86: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 161,71: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 240,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,642:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Amapá: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Amapá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: